Mensagens – Álvaro e Jesus e Outros

***

Prezados Amigos e Caminheiros:

Ainda vos lembrais da Parábola do Filho Pródigo?

Em que um filho pede ao seu Pai para lhe dar a sua parte da herança e parte para o Mundo!?

O PAI assim fez e viu partir o filho, mas, reza a Parábola, que esse PAI todos os dias olhava a estrada na esperança de vero o filho voltar…

O filho foi para o Mundo, viveu como desejou viver e, pouco a pouco, ficou na miséria…

Arranjou emprego a guardar porcos e, o patrão, avarento como era, não lhe dava de comer suficiente…

Esse filho passava fome… até que começou a comer a comida dos porcos…

Um dia… Pensou na Casa Farta de Seu Pai, e resolver regressar…

O PAI, que olhava a estrada, viu seu filho a vir e ficou muito FELIZ…

Abraçou o seu Filho e fez uma Grande Festa.

Lembrais-vos disto?

Quem é este Pai e quem é este Filho, que a Parábola nos relata?

O que Lição nos deseja esta Parábola transmitir?

Prezados Amigos e Caminheiros:

Este PAI é o nosso Divino Pai/Mãe/Criador…

E este Filho é cada Um de Nós.

O PAI deu-nos Vida e Liberdade (Livre-arbítrio), e nada mais nos pode dar, sem que tenha a nossa autorização.

Por isso Ele nos veio dizer:

– Porque vos criei Livres, nada vos posso exigir.”

Os filhos, sendo Livres, escolhem, e é isso que temos feito sempre…

– “As Escolhas são sempre vossas.” – Nos diz o PAI.

O PAI, depois da Vida e da Liberdade, apenas nos dá o que Lhe autorizamos dar.

E Espera, desejando ver-nos a regressar à Sua Casa.

Neste sagrado momentum, sabemos que este PAI está ‘mãos largas’, dispensando-nos de muita coisa…

A TERRA, a nossa Sagrada Mãe Escola Planetária, vive o que nunca viveu ao mesmo tempo, deixando também de ser um Plano de Purgação e de Provas, para Ser um Plano Regenerativo, e, o PAI, olhando a isso, oferece-nos a Ascensão à 5D. Mas avisa-nos que temos de Ser algo diferente, do que temos sido.

Vamos ouvi-Lo e fazer o que Ele nos pede, para sermos Muito FELIZES no regresso à santa Unidade, e para que haja FESTA no Céu?

Sim!?

Então vamos lá…

Na Luz,

Eu Sou Álvaro de Jesus

***

PRIMÍCIAS DE UM NOVO DIA 

***

CHAMADA DO ALÉM

Missionários da História de Portugal

 

Mensagens de:

Luís de Camões, Vasco da Gama, Fernando Bulhões, Pedro Álvares Cabral, Gago Coutinho (Gualdim Pais), Fernão Lopes, Fernando Pessoa, Isabel de Aragão, António de Oliveira Salazar, Eça de Queirós, D. João de Avis, D. Afonso Henriques e Irmã Lúcia, a Pastorinha de Fátima.

Prefaciado por Mãe Maria, Excelsa Mãe de Jesus

***

Edições Fraternidade

Calçada de Santo António, 14-A, 14-B

1200 LISBOA

 

***

Prefácio

 

É com a maior alegria que me dirijo ao Mundo, uma vez mais, através de Portugal e de mediadores portugueses, assinalando a passagem do 70º aniversário da minha manifestação em Fátima. Esta ocasião é particularmente importante e, por isso, ofereci-me para apresentar este livro, no qual são publicadas mensagens de 12 insignes seres que encarnam importantes e decisivas personalidades na História de Portugal.

As palavras que escreveram falam por si próprias e vós as julgareis no tribunal dos vossos corações. Devo, no entanto, com justiça, afirmar que desde aquele que seja tido pelo Mundo como o mais indiscutível exemplo, até aquele que levante maior controvérsia, todos são importantes servidores do Plano de Deus em todos os seus aspectos de manifestação e todos estão particularmente empenhados no auxílio ao conjunto de discípulos e de pessoas de boa vontade que, neste momento, em Portugal, no Brasil, na Índia e em todo o planeta trabalham afanosamente na preparação da vinda do Messias, que se aproxima.

É portanto a vós, leitores, que se destina, em primeiro lugar, esta obra. Faço um apelo aqueles que, todos os anos, a 13 de Maio, Agosto e Outubro se reúnem em Fátima para que, em conjunto, orem pela Paz, pelo Amor e pela Justiça no Mundo. A vossa colaboração é preciosa nos poucos anos que ainda faltam para o ressurgimento do Cristo. Que o vosso uníssono apelo soe bem alto na esfera terrestre.

Ficai cientes de que as vossas orações e preces impessoais serão todas canalizadas para o imenso reservatório de energias que constitui o canal pelo qual vem já descendo o Messias.

Quando, há 70 anos, anunciei em Fátima o fim da Grande Guerra, não previa talvez que a ambição de alguns homens a prolongasse por tanto tempo mais. Na realidade, ela não terminou em 1918, nem em 1945, mas dura ainda nos dias presentes. Reveste-se de formas mais sofisticadas mas mantém-se ainda em diversas frentes.

Agora sim, afirmo-vos. Orem, orem com fervor, nomeadamente pelo uso da Invocação Intermédia neste livro publicada. Posso-vos garantir que, se o fizerdes com convicção, assistireis à libertação deste Planeta de todos os tipos de opressão num prazo de tempo muito curto.

Não quero com isto dizer que algumas dores não tenham ainda que ser sofridas antes que tal suceda. Mas, se as dores forem entendidas como sinónimo de que a libertação está iminente, por certo serão recebidas com alegria e gratidão.

Quero por último lançar um apelo à minha discípula Lúcia que, não por imposição exterior mas por decisão do seu próprio Ego, se remeteu a uma vida de clausura e de silêncio. Lúcia, minha filha, estás dispensada do teu voluntário silêncio para poderes anunciar ao Mundo o que ficou por dizer 70 anos atrás. Só tu o deves fazer, como te mandei, e essa tua revelação será a 13ª Mensagem a incluir nas próximas edições deste livro. É importante que não deixes de cumprir esta Missão.

Não vou atrasar mais, leitores amigos, a leitura atenta que ides fazer dos testemunhos que se seguem.

Em nome do Cristo que vem, lanço sobre todos vós uma bênção de Amor, de Paz, de Esperança e de Salvação.

Bem hajam,

Maria

***

GRANDES MENSAGENS PARA O MUNDO

1ª Mensagem

Luís de Camões

 

Salvé, Irmãos! A Grande Fraternidade de seres Luminosos saúda todos os homens de todas as crenças, raças e religiões, de todos os continentes do mundo inteiro!

Chegou o momento para que uma curta série de mensagens de conteúdo universal possa chegar às vossas mãos e, esperamo-lo, a uma infinidade de pessoas, galvanizadas pela energia que assim se manifesta entre vós. A Palavra, no seu verdadeiro significado, é a manifestação directa, ou melhor, é o instrumento directo, do Poder Divino. Escutai, pois, estas palavras e outras que se lhes seguirão, e permiti que elas façam germinar a Sabedoria no vosso seio, tornando-vos criadores no Serviço de auxílio amoroso a todos os homens. Permiti que elas façam nascer nos vossos corações o Amor e o prazer de ajudar que são as primeiras e principais manifestações do «Cristo em nós, esperança de glória»! Então, deixai vir a Luz que elas transportam, procurai a Sabedoria oculta naquilo que é dito, tentai sentir quão bom e verdadeiro é o que se vos transmite, a fim de que sejam vossas a Fé e a convicção. A convicção é o modo pelo qual sentireis, nas vossas emoções, que aquilo que vos faz mover veio do Alto: de muito longe mas, simultaneamente, de muito perto, porque a maior elevação existe em vós, aguardando para ser despertada.

Nesta primeira mensagem, que vos chega graças à colaboração de um irmão que, como vós, pugna por um mundo melhor, queremos incitar-vos a nunca abdicar de servir aos homens. Queremos dizer-vos que o homem verdadeiramente grande é aquele que abraça toda a Humanidade nos seus pensamentos e acções.

Pois ele sabe e sente que todos fazemos parte da mesma unidade, façamos o que fizermos, digamos o que dissermos. Todos são nossos mestres: amigos e inimigos, pensem ou não como nós, sintam ou não o que sentimos, façam ou não como nós desejamos. Com todos podemos aprender a lição da humildade e do aperfeiçoamento porque todos têm algo de positivo a mostrar-nos, e todos podem fornecer-nos ocasião para progredir. É isso que estamos todos a fazer: progredir. O universo progride, as constelações, os sistemas solares, os planetas, os homens ou os anjos, os animais, as plantas e os minerais, tudo progride.

A Lei da Evolução assim o exige, e a Providência, que se mostra na actividade de legiões de seres luminosos que auxiliam o progresso evolutivo de outros seres menos evoluídos, zela para que cada qual tenha a sua oportunidade de evoluir e ajudar outros a evoluírem. O santo dos tempos modernos é o homem que sabe manifestar Amor (e o Amor ajuda, move, alimenta toda a Evolução) em todas ocasiões: ele guia o seu automóvel com Amor, aguardando o momento de passar, ou cedendo a vez, ou tolerando com calma e compassivamente os erros dos outros, ou deixando passar um peão; ele sente um prazer que só as consciências tranquilas sentem, quando espera o carro e não empurra nem acotovela ninguém, sabendo que assim irradia energia benéfica; ele sorri perante a maledicência, e diz sempre: “talvez seja verdade que ele (a) fez isso, é mais caridoso não lhe enviarmos esse pensamento negativo»; ou: «talvez seja verdade, mas eu tenho como certo que ele já fez coisas boas».

Irmãos, vimos dizer-vos que nos dias que, agora, aqui, neste e noutros países, e mundo, estais perante uma maravilhosa oportunidade de evoluir e servir. Aproximam-se tempos conturbados que servirão para que afirmeis a vossa coragem e o vosso amor. Disso falaremos noutra mensagem. Contudo, queremos dizer-vos que a primeira coisa a aprender, no serviço do Amor, é o valor do pensamento e da Sabedoria. Por isso, deveis vigiar o vosso pensamento e treiná-lo, evitando pensamentos negativos mas, principalmente, cultivando a leitura de bons autores, pensando muito por vós próprios e, sobretudo, pensando naquilo que é belo, positivo, caridoso, construtivo. Vale mais construir uma virtude do que criticar mil defeitos, e vale mais construir um pensamento bom do que combater mil pensamentos maus para os quais não temos alternativa.

Quem pensa correctamente ama melhor; e  quem admirará tal coisa?

Deus criou o Universo pela força da Sua Mente Infinita, do mesmo modo que os grandes Mestres, como Cristo, criam religiões ou ciências pela força das suas mentes consagradas ao Serviço da Humanidade e inspiradas pelo Divino que há neles próprios e em toda a parte. Pois bem, irmãos, o pensamento é uma formidável força criadora que nós não sabemos valorizar porque os seus efeitos demoram muito tempo a manifestar-se. Contudo, o Buda e o Cristo, e outros grandes Mestres da Humanidade, têm influenciado, com o seu pensamento, milhares de anos de História e milhares de milhões de homens. E vós? Não podereis influenciar a vossa vida, ou a dos vossos amigos, ou da empresa onde trabalhais, se pensardes correctamente, criativamente, procurando construir sempre? Garantimos-vos que sim.

A maledicência, a preguiça mental, a crítica, a intolerância ou a esperteza feita para conquistar o nosso mesquinho interesse expandem energia negativa, invocam os seres das trevas, são destrutivas; mas o importante é que pensemos bem, que encontremos o lado positivo de todos os seres, para nele pensarmos, expandindo luz, invocando os seres da Luz amorosa, construindo um mundo novo.

Irmãos! Pedimos-vos, mas não tanto que gasteis a vossa energia a lutar Contra o mal; então, o Bem crescerá até ao ponto de preencher toda a vossa vida. Pensai no Bem, e trareis o Bem à Terra; e pensai em Cristo, pois em breve Ele virá à Terra!…

Saúdo-vos, irmãos, falando por todos aqueles que, mais e menos elevados do que eu, comigo estão na luta pelo Bem.

Luís de Camões

***

2ª Mensagem

Vasco da Gama

 

Sou grato, irmãos, pela possibilidade que me é dada de contactar convosco, a qual confirma o grande princípio da Fraternidade de todas as almas e vislumbra o radioso Futuro em que encarnados e desencarnados conviverão livremente. Que a Luz, o Amor e o Poder de Deus e dos Seus maiores representantes se derramem abundantemente sobre vós, inundando o vosso ser, iluminando as vossas mentes, enchendo os vossos corações e arrebatando as vossas vontades. Outrora, os portugueses tiveram que resolver o problema de encontrar o caminho marítimo para a Índia.

Hoje, está perante eles uma empresa ainda maior que é descobrir o caminho espiritual para a verdadeira Luz. Outrora, os portugueses descobriram novos mundos físicos. Nos vossos dias, contudo, é-vos proposta uma aventura ainda maior que é descobrir os mundos superiores, os mundos supra-físicos de Luz. Esta, irmãos, é uma proposta naturalmente colocada a todos os povos da Terra. Todavia, existe uma razão especial para que a um punhado de almas que já estiveram encarnadas em terras portuguesas tivesse sido sugerida a preparação e a transmissão destas mensagens e eu vos direi qual é.

A razão, amados companheiros, é que em Portugal, sim, em Portugal pequenino e apagado no actual concerto das nações, existe um dos principais centros mundiais através dos quais se manifestará urna nova e poderosa expansão de Luz. Existe apenas um pequeno número destes centros na Terra e, contudo, um deles está assente em Portugal! A todos nós que amamos esta nossa Pátria que erguemos e fizemos grande com sangue, suor e lágrimas, esta presente realidade espiritual enche de Alegria.

Em Portugal, está hoje encarnado um conjunto de almas das mais evoluídas entre os homens, um conjunto de almas que desde há séculos estão consagradas ao Serviço Divino e que, nesta época de viragem do nosso Planeta, baixaram à manifestação física para colaborarem na nova vitória de Cristo. Este grupo de almas, desconhecido e oculto, é o centro através do qual fluirão potentes energias que devem tocar e contagiar um outro conjunto mais alargado de almas encarnadas em Portugal, as quais também já se destacam pela sua nobreza. E este conjunto expandir-se-á em círculos ainda mais alargados.

Eis, portanto, porque todos vós sereis chamados. Digo que sereis chamados mas isso não significa que vos irão bater à porta, dizendo-vos: «segui-nos!». Não, o chamamento devereis senti-lo dentro de vós quando começarem as radiantes boas-novas que se aproximam. Porque, irmãos, eu posso-vos assegurar que em breve, num amanhã muito próximo, se anunciarão luminosas realidades, daquelas que só surgem de milhares em milhares de anos.

E vós, portugueses, vós sobretudo, que estais já despertos para a causa do espiritualismo, tendes o dever e a responsabilidade de a elas aderir de alma desperta, e coração e mente abertas. Por isso, irmãos, vos pedimos que estejais atentos e preparados. Redobrai o vosso esforço, intensificai o vosso Amor e procurai aprender sempre e cada vez mais, para mais facilmente e melhor serdes tocados e vos constituirdes instrumentos da Nova Luz que vem. Deveis amar muito, sim, mas não com um Amor desarrazoado e simplista.

Reparai que digo «Simplista» e não simples», porque o Amor deve ser simples mas não simplista. Procurai um Amor que possa ser poderoso e iluminadamente dirigido, porque mesclado com Sabedoria. Buscai, pois, a Sabedoria. Não a vã Sabedoria dos homens, que é «loucura aos olhos de Deus», conforme disse um grande Mestre quando foi São Paulo; mas sim a Sabedoria, a Ciência viva das coisas do Espírito e de Deus.

Sede ambiciosos nesta busca, erguendo os olhos para horizontes mais amplos, saindo da repetição banal das coisas que já sabeis. Procurai sempre novas perspectivas, novos ensinamentos e mais Luz, a fim de que, quando a grande hora chegar, junteis a vossa pequena Luz Àquele Cujo Ser é Luz. Apressai o vosso caminho para o Alto, desligando-vos dos ilusórios freios da matéria.

Que estejais preparados para receber a Nova Luz que vem ao Mundo e que Ela penetre profundamente até ao íntimo das Vossas almas; que nestas cresça cada vez mais o apelo que clama «vinde, Senhor Cristo!»: e que possais vir a colaborar conscientemente na Nova Vitória de Cristo, são os votos deste vosso irmão que vos ama.

Vasco da Gama

***

3ª Mensagem

Fernando Bulhões

 

Queridos Irmãos, Espiritualistas de Portugal e do Mundo:

Sou aquele que muitos conhecem por Santo António de Lisboa. De facto, numa de minhas diversas encarnações, desci ao mundo físico num dia 14 de Agosto, pouco importa em que ano, neste caso, pois os homens discutem esse aspecto, sem se deterem no importante, como frequentemente acontece. Um dia sabereis com mais profundidade a importância que tem o dia 14 de Agosto para Portugal e para o Mundo. Por isso, foi programado o meu nascimento para esse dia, não pela minha importância pessoal, que nenhuma era, nem é, mas sim pelo enquadramento da missão que me trazia, da qual poucos hoje terão conhecimento.

No cumprimento dessa missão, viajei por vários países e tive a rara ventura de conviver e servir com esse Grande Ser que na época dava pelo nome de S. Francisco de Assis, hoje um dos mais elevados, sábios e amados Mestres da Hierarquia Oculta que trabalha pelo Progresso do nosso planeta e suas gentes e a quem tenho a honra de continuar a Servir de muito perto. A arte popular e religiosa faz representar a minha imagem com um livro na mão esquerda e com o Menino Jesus sentado sobre esse livro, ambos apertados contra o coração. A lenda popular atribui-me dotes casamenteiros.

Quero realçar esses dois pormenores que à maioria das pessoas cultas provocam um esgar de desconfiança, senão mesmo de rejeição. Pois não se está mesmo a ver que vivi doze séculos depois do nascimento do Mestre de Nazaré e que advoguei convictamente o celibato? Devo dizer-vos, no entanto, que a intuição popular raras vezes, ou mesmo nunca, se engana. Pode é não compreender em toda a extensão e profundidade o significado dos símbolos que a sua clarividência vislumbra. Senão Vede: Pois é claro que eu trazia, e prezo-me de trazer, o menino Jesus permanentemente no meu peito, brotando do meu coração aberto. Presença Crística em constante crescimento, símbolo do Amor, do Sacrifício e da Mediação.

Quero que seja bem visível essa presença aos olhos de quem a pode ver, para que todos façam nascer na sua própria Gruta de Belém, que é o seu centro cardíaco, rosa em botão, Graal que desponta, o menino-Cristo, presença divina em ponte para o Pai, salvação da Humanidade. E é o símbolo do Amor que nos redime e ninguém vai ao Pai senão por ELE. Pois é claro que eu trago comigo um livro maravilhoso sobre o qual se apoia o menino. Ou melhor, o menino e o livro são duas partes de um todo. Se o menino simboliza o Amor, o livro simboliza a Sabedoria, Luz da nossa Alma, uma porta aberta sobre o Reino do Eterno, do Perene, do que está para além dos efeitos e das aparências, Casa do Pai, Reino de Deus, Império das Almas Puras e das Grandes Fraternidades.

É pois o caminho do AMOR-SABEDORIA que eu quero mostrar ao Mundo, e os seus símbolos básicos foram bem compreendidos pelo bom Povo-Meu-Irmão!

E essa faceta casamenteira, que terá ela de verdade?

Que simbolizará?

O que é o Casamento, meus Irmãos?

Não será o símbolo máximo da União entre os homens?

Que maior União se pode conceber ao nível físico?

Comunhão da carne, do sangue, do intelecto, da emoção, da dor, do prazer, do trabalho, do repouso, da paternidade, da criação?

Não será a União matrimonial e seus atributos a mais perfeita reprodução, ao nível físico, da Luz do Amor e do Poder, triângulo básico da expressão divina na contraparte inferior?

Tomando esta União como base, não poderemos alargá-la em círculos sucessivos até ao infinito?

Do ponto de partida União-matrimonial não chegaremos à União omni-abarcante, casamento místico com toda a Criação e com o Criador?

É esta a minha mensagem casamenteira. E se advoguei o celibato naquela minha encarnação e naquela conjuntura, foi porque queria exprimir o Amor Total, por tudo e por todos, e parecia-me ser uma limitação a este, o comprometimento exclusivo de uma vida de casado. Nesse exagero místico confesso que errei e não recomendo tal atitude a ninguém desta época, salvo em raríssimas excepções. É, sem dúvida, mais fácil o caminho do celibato para o místico, mas não eximindo-se às dificuldades que averbam os pontos mais valiosos. É passando por elas e vencendo-as. Por isso, continuarei a interceder e a ajudar quem a mim se dirija com um pedido de União sincero e amoroso.

Sede unidos e amai-vos na Graça de Deus! E caminhai alegremente, rumo ao Amor e à Sabedoria, com os olhos postos nesse outro Cristo que há-de vir em breve, para de novo se sentar à mesa com os seus fiéis e arrebanhar a Humanidade para os destinos da Salvação. Preparai-vos todos, interior e exteriormente, para esse grande momento que se aproxima. Através de uma vida correcta, uma actividade correcta, uma visão correcta, um discurso correcto, um raciocínio correcto, uma decisão correcta, uma labuta correcta e uma meditação correcta, atingireis essa preparação, e, de mãos dadas com o Cristo, transporeis as portas do Reino. Alegria, muita alegria, porque a hora está a chegar.

Fernando de Bulhões

***

4ª Mensagem

Pedro Álvares Cabral

 

Irmãos! É chegada a hora das grandes revelações, prelúdio do momento pelo qual a Humanidade tem ansiosamente esperado durante os últimos dois milénios. É preciso que aqueles cujos horizontes pessoais de expressão espiritual se encontram já libertos dos grilhões dos dogmas e do sectarismo sejam a guarda avançada da multidão que vai formar em redor de um Grande Mestre que em breve se vai revelar ao Mundo.

Quisera Ele descer com o conhecimento e apoio das Igrejas, mas tal, infelizmente não é possível, já que as pedras vivas andam arredadas de tais edifícios, residindo algumas isoladas na sua desilusão dos colectivos estácticos, e outras no seio de pequenos grupos de livres-pensadores, de ocultistas, de espiritualistas em geral. Por isso, foi decidido fazer espalhar as revelações primeiras entre estes grupos e essas pessoas.

 

A forma deste pequeno País chamado Portugal obedeceu a desígnios altíssimos das Forças Ocultas que velam pela evolução planetária. Para não entrar em pormenores e compartimentações que, por agora, só causariam confusão, dir-vos-ei somente que essas Forças são geralmente apelidadas de «GRANDE FRATERNIDADE BRANCA».

A ela pertencem elementos encarnados e desencarnados, desde os mais valiosos estudantes da Sabedoria Universal. A ela pertencem, ou com ela colaboram, embora disso não tenham conhecimento consciente, muitos de vós, Irmãos que me ledes neste momento.

Os desígnios que presidiram à formação de Portugal, País que geograficamente não tem fronteiras plausíveis, mas que se mantém uno e independente dentro delas há mais tempo do que qualquer outro País europeu, são de ordem transcendente e espiritual. Portugal foi criado para ser o porta-chaves do Quinto Império. Na sua formação, foi determinante a acção dos Templários, Ordem então detentora dos mais preciosos segredos ocultos e instrumento da Grande Fraternidade Branca e da sua Hierarquia, nome que se atribui ao escol de Altos Iniciados, ou Irmãos Maiores, ou Mestres da Sabedoria que a governam. Ao longo da sua História foi palco do desenvolvimento do Grande Plano que presentemente se aproxima do seu ápice espiritual tendo tido a expressão física mais saliente na Época dos Descobrimentos. No período dessa incomparável Epopeia, destaco pelo relevo material e espiritual que contêm, os dois objectivos fulcrais: a abertura da via directa para a Índia e a descoberta do Brasil.

Na primeira, caberia aos Portugueses dar o passo inicial, para depois cederem o lugar aos Britânicos, seus aliados em todos os planos de manifestação, a quem estava destinado o prosseguimento do Plano reservado ao aprofundamento dos laços entre o rico Oriente e o Ocidente Europeu. Aprendi que em tudo existe uma faceta e um motivo oculto, pelo que, quando digo rico Oriente, refiro-me, não às especiarias, tecidos, pedras preciosas e outros bens materiais, mas à riquíssima tradição e conhecimento espiritual que aí se encerravam desde há milénios e que era necessário que fossem divulgados e absorvidos nesta parte do Mundo. Foi, portanto, dada aos Britânicos a tarefa de trazer a rica tradição do passado Oriental para a projectarem no presente Europeu.

Coube aos Portugueses a Grande Missão que principia onde termina aquela: a de pegarem no presente Europeu, enriquecido com o passado Oriental, para o projectarem no futuro Brasileiro, centro da circunferência que conterá a Humanidade do Terceiro Milénio, Pátria onde se tornará urna palpável e maravilhosa realidade o Quinto Império, o Império Espiritual. Coube-me a mim, humilde Discípulo, o papel de ser o instrumento que oficializou os dois actos mais significativos da passagem que acabo de descrever, embora pela ordem inversa e com uma distância temporal de quase 500 anos.

No ano de 1500, encarnado com o nome de Pedro Álvares Cabral implantei no Brasil o Padrão da Coroa portuguesa, abrindo o Caminho do Futuro. No ano de 1947, encarnado com o nome de Gandhi (2 de Outubro de 1869 – 30 de Janeiro de 1948), negociei o fim do domínio Britânico sobre a India, lido que já estava o Livro do Passado. A Missão material dos Portugueses no Brasil está há muito cumprida. Começa agora uma Missão de um teor infinitamente mais elevado e da qual mal se vislumbram os contornos. É preciso que todos vós, espíritos abertos ao Progresso e ao Amor, colaboreis em tão maravilhoso Plano. Para tal vos convoco solenemente. Bem hajam!

Pedro Álvares Cabral

***

5ª Mensagem

Gago Coutinho (Gualdim Pais)

 

Em nome de Cristo, Mestre, Guia e Pastor de todos nós, em nome da Nova Era que alvorece já nos corações puros e nas mentes iluminadas, em nome da imperecível Fraternidade dos Filhos de Deus, saúdo-vos, irmãos! Ao dirigir-me agora em particular aos espiritualistas de Portugal, que me seja permitido evocar a minha ligação secular à mesma Pátria de que sois filhos. No seu solo terreno encarnei por quatro vezes: primeiro, na figura de Gualdim Pais; pouco depois, sob a personalidade de Afonso Domingues; logo a seguir, com o nome de Diogo Cão; e séculos mais tarde, na minha última existência terrena como Gago Coutinho. Embora sem cair num separatismo que não pode já ter lugar nos nossos dias, não posso, pois, deixar de sentir uma ligação profunda e vibrante à mesma Pátria de que sois igualmente parte. Revelando-vos algumas das minhas encarnações, fi-lo com vários propósitos, um dos quais é permitir apresentar imagens que sintetizam simbolicamente grande parte do que vos tenho para dizer.

O nosso grande irmão Pedro Álvares Cabral, que me antecedeu na transmissão desta série de mensagens falou-vos já um pouco sobre a importância do Brasil na nova civilização e na nova espiritualidade. Séculos atrás, aquele irmão, sulcando os mares, dominando as águas, que significam, em toda a simbologia oculta, espiritualista e religiosa, as instáveis ilusões materiais, chegou a Terras de Vera Cruz, firmando um primeiro e fecundo traço de união. Passados quase quinhentos anos, coubera-me a mim (que nada, em comparação com ele, sou) e a um outro irmão, atingir o território brasileiro mas agora por outra via. Tratou-se, então, de uma ligação por ar que é símbolo da intuição e da liberdade do espírito que voa ao encontro das sublimes paisagens do Reino de Deus. Devendo vós saber que o plano físico não é mais do que o reflexo onde se manifestam as vontades, os propósitos e as causas originárias dos planos espirituais, não vos parecerá por certo estranho que nesse facto possamos encontrar um significado que é importante a vós conhecer.

Na verdade, irmãos, a ligação de Portugal ao Brasil, Coração do Novo Mundo e Pátria do Evangelho Eterno que, de novo, vai ser proclamado, tem que continuar a existir e cada vez mais, até que o Pai e o Filho sejam um só, como Cristo é uno com o Pai. Essa ligação, todavia, prezados amigos, não deve agora ser basicamente terrena e formal mas sim em espírito e em fraterna colaboração de esforços, a redenção do planeta; não é tanto união de corpos mas, sim, união de almas e de vontades. Aqui em Portugal abrigou-se a semente da Árvore do Futuro que ora brota do solo brasileiro e cujos frutos de Amor e Saber Divinos alimentarão a Humanidade do Terceiro Milénio.

As imagens simbólicas que nas encarnações que vos apresentei permitem recolher não acabam contudo, por aqui. Se como Diogo Cão eu viajei só por mar, mais tarde, como Gago Coutinho, numa volta mais alta da espiral evolutiva, coube-me também viajar já pelo meio mais rápido e livre, mais espiritualizado do ar. Também em vós irmãos, este simbolismo se deve tornar em realidade. Vós devereis agora passar dos interesses mais ligados às coisas da aparência para a superior vida espiritual. Não vejais nisto apenas uma sugestão de desapego das coisas mundanas. De facto, o que vos quero transmitir é mais vasto e ambicioso. Vós devereis igualmente, nos vossos esforços espiritualistas, tentar passar dos interesses mais imediatos e visíveis para voos mais ousados nas realidades superiores. Necessitais de procurar concepções mais elevadas na mesma direcção mas em planos mais altos do que aqueles em cuja repetição talvez estejais estacionados. Necessitais de não vos aterdes apenas em mais e sucessivas comprovações de existência de vida além do que, erradamente, chamamos morte. Essa é, sem sombra de dúvida, uma verdade importante e digna de ser proclamada aos que não a aceitam. Mas a quem já a conhece e dela se convenceu indiscutivelmente, não são precisas mais comprovações. Diferentemente, tomando essa e outras verdades espirituais como ponto de partida, deveis lançar-vos em estudos e, sobretudo, em serviços mais profundos.

Eis, portanto, que vos proponho que não basta ir uma vez por semana a um qualquer Centro ouvir o que outros dizem ou repetir as mesmas coisas. Deveis pensar por vós próprios, tentando fazê-lo sempre mais profundamente e alcançar mais Sabedoria em Espírito pois quem mais longe avançar na Sabedoria das coisas de Deus mais poderosa e sabiamente pode ajudar os seus irmãos. Deveis, também, a par dessas actividades a que possais já comparecer, formar grupos mais pequenos (contudo, mais homogéneos e decididos) em que, através do estudo de concentrações, de meditação e de orações, procureis ajudar a evolução da Humanidade. Eu peço, nomeadamente, que em vários Centros espiritualistas ou em grupos mais restritos, estudeis, comenteis e gloseis cuidadosamente as linhas e as entrelinhas deste conjunto de mensagens, tal como igualmente devereis estudar com profundidade outras obras de Sabedoria Espiritual.

Mas, sobretudo, como simples porta-voz do Alto, de Seres que sabem e podem muito mais do que eu, peço-vos que pratiqueis cuidadosamente a psicografia ou escrita inspirada. Essa prática, porém, e de novo volto à passagem das coisas mais aparentes para mais ousados voos no Reino das realidades espirituais, deve procurar obter não propriamente instruções banais referentes a coisas ocasionais, aos vossos pequenos problemas pessoais ou a assuntos já conhecidos. Pela elevação da vossa Consciência, podereis capacitar-vos para receber instruções de interesse geral, portadoras de algo de inovador simultaneamente correcto. Há uma imensidade de coisas, de assuntos e de progressos a transmitir do Alto e que o não são na quantidade desejável por falta de quem queira e seja capaz de os receber. Daí que, em muitas latitudes, este apelo esteja a ser repetido, acompanhado deste aviso: mais facilmente alcançareis mensagens de teor elevado pela Via de registo escrito de imagens, ideias e palavras que surjam nas vossas mentes por transmissão psíquica, do que pelo meio de manifestação mais material da escrita automática ou mecânica. Se bem que esta não seja uma regra absoluta, ficai certos de que é aplicável a uma enorme percentagem de casos. Creio já haver dito o suficiente e rogo apenas que o possais captar e pôr em prática para, desse modo, colaborardes na obra redentora de Cristo, que dentro de poucos anos mostrará a Sua Face aos homens, para os elevar no caminho que conduz a Deus.

Vosso irmão na Luz de Cristo,

Gago Coutinho (Gualdim Pais)

***

6ª Mensagem

Fernão Lopes

 

Possam estas palavras fluir como o mergulhar do mar e o sopro do vento, transportando o apelo futuro da glória passada. Saúdo em vós, herdeiros da pátria portuguesa e das suas tradições, os homens de todas as pátrias em expansão. Testemunhei, neste país, um passado glorioso; possam agora as minhas palavras fazer nascer nos vossos corações a saudade da glória por vir e das conquistas por fazer.

Noutros tempos, Portugal foi grande na luta contra os infiéis detestados porque eram diferentes mas, também, porque cobiçavam o nosso território; e foi grande em feitos guerreiros e grande na coragem perante adversários mais numerosos e aparentemente mais fortes. No entanto, levou-os de vencida, e muito se falou disso em toda a parte, pois a coragem do fraco, que derrota os fortes e vence em si mesmo o medo, o desalento e a falta de Fé, suscitará sempre admiração entre os homens.

Repetidas vezes, meus irmãos, vimos Portugal arremeter contra a adversidade nas suas mais diversas formas, fazendo-se grande à custa de ideias arreigadas, coragem e energia espiritual. Foi assim para derrotar os romanos, e Viriato teve nisso grande papel, ainda que nada tivesse feito sem os lusitanos. Foi assim para firmar a independência e expulsar os sarracenos, mas Afonso Henriques, e Afonso III e todos os outros, nada fariam sozinhos. Foi assim para que o país continuasse nosso, mas nem Nuno Álvares, nem João de Avis, nem o Duque de Bragança fariam o que fizeram, se as gentes não tivessem sentido em si o chamamento para a batalha. Foi ainda assim, arremetendo contra o medo, impulsionados pelo ideal que, como as estrelas no céu, os guiava, que os Portugueses foram à Índia e ao Brasil.

Nenhum Adamastor os reteve, pois eles tinham onde chegar. Contudo, meus irmãos, este país não teve ainda a sabedoria da constância, e às suas glórias feitas de ímpeto, coragem, boa inspiração dos governantes e força espiritual, corresponderam épocas de desventura e de fraqueza. Então, os traidores tiveram a sua tarefa. Apontá-los seria contrário à caridade; contudo sabeis detectá-los facilmente: foram aqueles que venderam, que desistiram, que negaram o espírito da nação, que ameaçaram desviá-la do seu rumo. Muitas vezes, os portugueses souberam assumir-se a si próprios e, mesmo se alguns materializaram essa traição, ela já vivia nos corações de muitos que preferiram procurar a riqueza à custa de tudo e de todos, a mostrar magnanimidade e espírito fraterno e construtivo, ou prepotência escravizadora à verdadeira entreajuda.

Fique como exemplo a acção nociva que resultou do uso, finalmente cobiçado e egoísta, curto de vistas, cego aos efeitos do ouro do Brasil ou das especiarias da Índia. Nesse tempo, as especiarias acabaram por embebedar a pátria; o ouro veio também a ser o chumbo que a fez baixar do seu pedestal.

Assim, queridos irmãos, este país, que é a nossa barca, tem sofrido glórias e desaires, altos e baixos, ou, se preferirdes, variações cíclicas, nem sempre desejáveis. O tipo de impulso a que obedecia um impulso completamente em sintonia com a época de peixes, produzia tais efeitos: um espírito cristão forte, produzindo arroubos de energia espiritual, mas expressando-se no desejo do povo, sempre impetuoso na busca do ideal, mas sempre pronto a fazer naufragar quem se rendesse à simples satisfação dos desejos, mas olhai para o vosso estado actual, aprendei com o passado e encontrai a semente do futuro que já germinou em vós: agora, já não há sarracenos para expulsar.

Também não há ouro e especiarias para cobiçar, nem há mares a conhecer. Já ninguém tem o poder de, sem mais, trair a pátria inteira. E os «castelhanos» não ameaçam integridades territoriais. Mas olhai mais profundamente. Portugal é também uma pátria espiritual, estreitamente unida, no Espírito, a todas as pátrias. Portugal, no seu interior, também a pátria celeste, terra formosa, reino divino, uma Sião face à Babel da nossa ignorância e da nossa desordem espiritual. Não esqueçais isto, como Camões não esqueceu tais reminiscências nos seus poemas, ele, que cantou como ninguém a Alma Portuguesa. Pois, irmãos, nós temos que o conquistar no nosso coração, empedernido como antigas muralhas!

Nós temos que encontrar o ouro espiritual que já pressentimos; nós temos que saborear as especiarias da mesa do Pai, no reino espiritual onde estamos sem fronteiras; nós ternos que destruir os traidores que vivem nos nossos pensamentos mesquinhos e comodistas, no nosso egoísmo e na nossa indiferença pelo trabalho; nós temos, enfim, que defender a integridade da Alma Portuguesa e afirmá-la contra tudo o que tente afogá-la ou desviá-la do seu novo caminho de glória!

Este país não tem que lamentar o passado, nem que deixar-se atraiçoar pelo actual estado de desalento e improdutividade das suas gentes. Não podemos acreditar em cânticos de fado lamentoso, que só um D. Sebastião qualquer pode, em manhã de névoa, salvar um povo indigno. A nossa glória vai ser grande, como nunca foi, porque este povo vai crescer até à altura de, já sem oscilações ao sabor do desejo mas com firme vontade e intelecto aceso, se conquistar a si próprio.

Nessa praça-forte assim levada de assalto, ele encontrará o verdadeiro tesouro, obscurecido no passado, que é a Luz Crística. Erguendo a sua taça, plena dessa Luz, ofertará ao mundo, por todos os meios ao seu dispor, a Energia vivida que já animou tantas vezes, outrora. Essa oferta, conjuntamente com a das taças repletas das almas de todas as nações, trará a todos uma verdadeira abundância, e fará da Humanidade uma só, vitoriosa contra o mal e a doença em si própria, sob o comando do Cristo que somente poderá comandar uma Humanidade digna!… Despeço-me humildemente, como um grato observador destes acontecimentos que estão já a desencadear-se.

Fernão Lopes

 

***

7ª Mensagem

Fernando Pessoa


«Deus quer, o homem sonha, a obra nasce». Permiti, irmãos, que nesta mensagem cite uma das frases daquela outra «Mensagem» que se traduziu no único livro que publiquei durante a minha última encarnação. Não o faço por imodéstia. Na verdade, aquela e muitas das frases que podeis encontrar nesse livro foram escritas por inspiração superior, de que fui o instrumento físico. Daí que, remetendo o mérito para aqueles que me inspiraram, não tenha qualquer inibição em vos recomendar a leitura atenta desse livro, procurando nele o sentido profundo, profético e real que, frequentemente, tem escapado no meio da infinidade de coisas sem sentido que sobre a minha obra tem sido ditas por aqueles que tudo analisam mas nada sentem. Daí, também, que vos solicite que me acompanheis no esmiuçamento daquela frase que consta, afinal dum poema dominado pela figura do maior de todos os Portugueses, o Infante Dom Henrique.

«Deus quer…» Sim irmãos, Deus tem uma Vontade, um Plano para todo o Universo, com todos os seus seres. Da vastidão incomensurável e da beleza inefável desse Plano, não podemos nós, simples peregrinos no caminho de regresso à Casa do Pai, fazer mais do que uma pequena e limitada ideia. Sabemos apenas que a culminação desse Plano Cósmico é a Alegria absoluta e a Perfeição total; e que o Bem supremo que então reinará está muito além da nossa pobre compreensão.

É para essa Glória final que todos os seres e todos os Universos (que também são seres) evoluem. Na verdade, todos nós não somos mais do que um grande exército subindo o Monte do Gólgota, abrindo caminho em luta contra as forças involutivas em nós, até chegarmos ao topo, onde crucificada seja nossa parte mais baixa, na qual se aloja a raiz do mal, ressuscitaremos para a Glória da Vida Eterna que é a nossa herança como Filhos de Deus. Então, perceberemos que todas as lutas, todas as separações, todas as barreiras entre os seres são filhas do mesmo pecado original.

E, largando as armas com que nos ofendíamos, apertar-nos-emos todos num grande abraço, cimentando pela Vida de Deus Uno e pelo Amor puro que é o anseio profundo das nossas almas. Mas este Plano que Deus, tendo esta Glória final que Ele quer para todos nós, vai-se concretizando por etapas, através de Eras sucessivas, cada uma trazendo mais avanços ao caminho que temos que percorrer.

Estamos agora no limiar de uma Nova Era, potencialmente portadora de conquistas ainda por fazer. E também para ela a Providência divina, expressão em que incluímos não só mas também os Seres que servem e tem uma Vontade e um Plano. Uma vez e um Plano que são, é certo, apenas uma cela daquele outro Plano mais vasto de que falei; mas que nem por isso deixam de ser grandiosos e sublimes. Temos agora que, avançar mais no Caminho da Luz e de volver e aperfeiçoar certas qualidades.

Porque Deus quer… «…O homem sonha…». Sim, irmãos, o homem sonha, lúcida e profunda é que os arquétipos do Plano de Deus atingem a sua compreensão. Pelo estado da mente, podemos chamar de sonho, os homens abrem o seu ser à intuição dos propósitos do Alto. As grandes coisas que são novas começam por surgir timidamente, antes de se revelarem ao mundo, nas almas daqueles que são como, de sonhar com perspectivas mais elevadas, a mais nobre aspiração do ser humano, razão por mais Luz, mais Verdade e conquistas nas realidades superiores que distancia a primeira ponte entre os Planos do mundo dos homens. É na nossa alma interior que os progressos começam a nascer, pois Cristo não estava a fazer jogos florais mas a proclamar uma Grande Verdade, quando contrapunha aos que esperavam que o Reino de Deus viesse de fora para dentro em vez de vir do interior para o exterior: «O Reino de Deus está dentro de VÓS!».

Eis pois, irmãos, que devemos mergulhar na profundidade das nossas almas e, por intuição, por conquista de Amor, por contacto íntimo com a Realidade das coisas, perceber um pouco do Plano que Deus tem para a Nova Era, a Nova Era que já está presente no mundo quando o homem sonha… A obra nasce…». E depois que sonhamos, irmãos, as nossas mentes começam a habituar-se cada vez mais às deliciosas brisas das intuições que nos chegaram. Desses sonhos ou inspirações tiram as nossas mentes produtos para trabalharem e reflectirem. E, então, pode a obra começar a nascer no mundo físico.

Nasce, quando as correntes psíquicas, que criámos ao pensar nessas novas qualidades e ao desejá-las, começam a influenciar o ambiente psíquico e a assumirem nas mentes e em nós, sentimentos de outros irmãos. Nasce, quando, pela palavra, pela escrita, pelo exemplo, pela acção, damos aquilo que recebemos do Alto, ensinando, mostrando a Luz e ajudando os outros irmãos a saber também a sonhar e a fazer desses sonhos obras visíveis. É assim que o progresso se tem feito através das Idades.

Irmãos, com quem comungo a filiação do mesmo Deus que a todos dá a Vida, de que sou companheiro na viagem que nos leva ao ponto que já Cristo nos propôs, em dizer Sede perfeitos, como vosso Pai Celestial é Prefeito», com quem sou solidário na aspiração de um mundo melhor, abri as vossas almas ao sonho da Nova Era e ajudai a edificá-la no Mundo! Abri os vossos braços ao Cristo que novo há-de vir! Abri os vossos corações às boas-novas que se aproximam dizendo: «Bendito o que vem em Nome do Senhor»! Abri as vossas mentes à Luz, saí para fora dos domínios do sectarismo e, qualquer que seja a vossa escola do pensamento espiritualista uni-vos no mesmo esforço, reconhecendo e aproveitando as contribuições de todas!

Trabalhai, aprendei, sonhai e ensinai, sem nunca desanimar, mesmo se não virdes de imediato resultados espectaculares, pois conforme também escrevi, «tudo vale a pena se a alma não for tão pequena»! Seja bendito o Mestre, que, de novo, na Sua compaixão incomparável, vem trazer Luz às trevas e encher as Taças dos que buscam com o elixir da Vida Eterna, com Ensinamento Sagrado! E sejam benditos os que sonham com o que Deus quer, para que o edifício da Nova Era nasça no Mundo físico.

Fernando Pessoa

***

8ª Mensagem

Isabel de Aragão

 

“Queridos irmãos: Fala-vos a vossa serva Isabel que há tanto tempo acompanha o caminho deste País (PORTUGAL); venho trazer-vos novas de coisas que estão para vir e incitar-vos a nunca deixar de fazer o que puderdes para que tudo se passe em ordem.  Esta pátria, cujos reais fundamentos são já mais que milenários tem as condições para se fazer novamente grande, desta vez em Luz e inspiração. Dela partirá o anúncio formal ao mundo da vinda do Cristo com toda uma hoste de Mestres, de anjos e servidores para dar ao mundo um novo impulso (as «Novas Escrituras» estão já traduzidas nas principais línguas e espalhada por todo o Planeta). Dela também, queridos irmãos, partirá a palavra de alegria e esperança, a manter perante tempos conturbados de desastres sociais, fomes, epidemias, catástrofes naturais (parece que já estamos a viver o princípio das dores).

Como consequência do retomo das energias negativas acumuladas nos planos psíquicos, como sejam os vícios, a ambição, a impiedade, o egoísmo, a desonestidade, a corrupção, virá pois, um período de provação, que fará apurarem-se na prova do fogo as novas ideias, a nova sociedade que há-de substituir a velha que está a desaparecer, almas novas herdarão o novo mundo redimido. Digo-vos, ciente do que afirmo, que este país está já a começar a ter um papel crucial em tudo isto que afirmo, nele residindo um escol de discípulos capazes de muito fazer e muito saber. Alguns desconhecedores ainda das suas potencialidades estão entre vós.

Aqui em Portugal em fraterna comunhão com todo o planeta existe um grupo que, entre dificuldades, incompreensão e solidão, tudo está a fazer e tudo fará para que quando o Cristo chegar ninguém possa dizer: eu não sabia ou não me ensinaram a conhecê-lo, por isso falhei. Esse grupo avança já em terrenos que desconheceis. Ele está activo em níveis espirituais e o punhado de irmãos nossos que o constituem, encarnados fisicamente, luta para realizar aquilo que antevê. Eles sabem que com Cristo a quem servem tudo é possível. Contudo, sem vós e sem a vossa disposição de, em lugar de passivos, vos fizerdes activos contribuidores do Plano Divino que se realize, o país não desempenhará a parte que lhe compete. Vós podeis e deveis interrogar-vos acerca da maneira como podereis ajudar a manifestação dos desígnios Divinos. Não é digno que procureis, simplesmente, provas e mais provas, que mendigueis o contributo dos Espíritos de Luz para as vossas pequenas vidas, sem nada oferecerdes em troca. E o que podeis oferecer?

Irmãos! Seria mais fácil explicar-vos o que não podeis oferecer. Vós podeis oferecer sempre uma vontade diligente de aprender e investigar sobre as realidades espirituais; podeis também oferecer, na vida diária, o vosso amor, a disponibilidade perante os outros e uma grande alegria de viver. Não é bom que vos preocupeis apenas com as vossas mazelas corporais ou espirituais, pois assim não se cultiva a liberdade do espírito e a coragem de enfrentar os desafios a Luz da esperança renovada às vossas vidas; porque agora começa o tempo de os homens trabalharem para outros reinos da natureza, outras evoluções para todas as criaturas.

Agora é-vos dito que podeis estar entre os primeiros a instituir uma nova maneira de viver num mundo renovado pela misericórdia de Deus e acção do Novo Cristo que se aproxima do mundo dos homens. As simples preces devem tomar-se afirmações. As vossas almas trazem em si a potencialidade que, reanimada pela irradiação energética do Cristo e dos seus servidores abriria novos caminhos de serviço. Deveis aprender a não pedir nada para vós próprios mas tudo para o bem da Humanidade e de todas as criaturas que estão com ela, incluindo os irmãos do reino animal.

Deveis aprender que a energia segue o pensamento e que, se podemos já antever que os pensamentos negativos de muitas gerações desencadearam as energias que agora estão a produzir grandes provações, podemos também antever algo mais: que se todos aprendemos desde já a usar a mente para produzir energia positiva intencionalmente, muito poderá ser feito para aliviar a dor do mundo e para começar a construir-se um mundo Novo.”

Isabel de Aragão

Rainha Santa Isabel

 

***

9ª Mensagem

António de Oliveira Salazar

 

Irmãos! Foi uma maravilhosa e extraordinária concessão, a autorização que me foi dada para me dirigir a vós, neste ciclo de mensagens. Concessão maravilhosa, porque a minha estatura espiritual não se assemelha nem de longe à das insignes figuras que aqui têm vindo, deixar as suas palavras, os seus testemunhos. Concessão extraordinária, porque, ao contrário dos demais, não virei ilustrar com os exemplos positivos de uma encarnação vivida no seio do Povo Lusitano, as palavras que lhe trago. Pelo contrário, é pelos exemplos negativos daquilo que fiz, e alguns apontarei, que espero poder ser-vos útil.

Fui senhor absoluto dos destinos dos portugueses durante quatro décadas. Ninguém deve, ninguém pode ser senhor absoluto. A liberdade, o livre-arbítrio, são o dom mais sagrado que possui o ser humano. Nem o próprio Criador levanta o mais pequeno obstáculo a esse livre-arbítrio, porque é através dele que o Homem progride, evolui. Errando hoje, seguro amanhã. Receoso hoje, determinado amanhã. Um conselho vos dou, a todos, sem excepção: Respeitai integral e solenemente a liberdade de todos quantos vos rodeiam e convosco convivem.

Sede tolerantes para com os vossos filhos. Sede bondosos para com os vossos pais. Respeitai e honrai aqueles a quem servis, para serdes respeitados e honrados por aqueles que vos servem. Durante quatro décadas impedi o progresso e a modernização do meu país. Ninguém deve, ninguém pode opor uma barreira ao Progresso. O medo da mudança é uma atitude reaccionária e anti-natural. Tudo tem que mudar, tudo tem que progredir. Não pode haver sociedades estáticas. É no dinamismo que se processa a evolução e a ascensão.

Colaborai activa e voluntariosamente no progresso e na modernização da sociedade em que estais integrados. Abri as portas às novas ideias, às novas tecnologias, aos novos processos. Se é verdade que uma coisa não é necessariamente boa só por ser nova, também é verdade que, se fechássemos as portas à modernização, ainda viveríamos nas cavernas. Durante quatro décadas impedi o meu País de aprofundar ligações com outros países, tendo instituído o lema do «orgulhosamente sós».

Que monstruosidade! Afirmo-vos que a separatividade é o maior de todos os males. Ninguém deve, ninguém pode ficar orgulhosamente só. É na união, na sã cooperação entre os Homens, entre os Povos, entre as Nações, que se construirá a unidade planetária dos milénios vindouros. E mesmo quando este planeta Terra for uma só Nação, nem então ficará orgulhosamente isolado no Universo. Porque terá já construído uniões mais elevadas com outros planetas, com outros sistemas, com outras galáxias. Caminhando sempre para uniões cada vez mais elevadas até que toda a Criação se reúna com o Criador.

Durante quatro décadas defendi uma Ortodoxia Religiosa Anquilosada e Retrógrada e persegui aqueles que professavam outras crenças…

Ah, como eu errei, Irmãos! Ninguém deve, ninguém pode julgar ser detentor da verdade única sobre Deus. A casa do Senhor tem muitas moradias. Tantas quantas as religiões, as doutrinas, as correntes de pensamento. E todos os habitantes de todas as moradias são igualmente filhos de Deus, e por conseguinte, irmãos. Que me perdoem aqueles que professam hoje as ideias que eu professava então, mas, na realidade, a moradia que eu habitava era daquelas que mais necessitava de um restauro e de umas obras de ampliação, principalmente das portas e das janelas, que são os meios pelos quais se contacta com o exterior e com os habitantes das outras moradias!

Respeitai e abraçai o vosso irmão Budista, o vosso irmão Hindú, o vosso irmão Muçulmano, o vosso irmão Teosofista, o vosso irmão Rosacruciano, o vosso irmão Espiritualista de outra escola de pensamento. Tomai deles a pureza de intenções. Rejeitai o sectarismo, o fanatismo, a separatividade religiosa. Amai o vosso próximo como Deus vos ama a vós, que não conseguistes aprender este princípio durante os dois últimos milénios.

Durante quatro décadas eu fui um travão para com o meu País, não cumpri a sua verdadeira, maravilhosa e elevada missão. Mas porque Portugal está destinado a ser o traço de união entre os povos, porque Portugal será um exemplo de liberdade e de comunhão entre as gentes, porque Portugal abraçará o progresso e a modernização, e sobretudo porque Portugal abrirá as portas do Quinto Império, do Quinto Reino, e será o Espírito Santo das nações, eu não podia deixar de cumprir aqui e agora, em quatro folhas de papel manuscrito transmitidas a quem é muito mais do que eu, aquilo que em quatro décadas não cumpri. Que me perdoem os portugueses e o mundo, todos os erros que eu cometi, e são escassos os que eu enumerei. O meu exemplo é aquele que não se deve seguir. Porque não leva ao Cristo.

António de Oliveira Salazar

 

 *** 

10ª Mensagem

Eça de Queiroz

 

Meus irmãos,

Na minha última encarnação vivi, como vós agora, em Portugal. Este país representa assim um denominador comum entre mim e todos os habitantes da pequena pátria portuguesa. Pequena em extensão, mas grande na sua alma no passado, presente e futuro. No passado foi Portugal grandioso pela sua obra expansionista que contribuiu para a aproximação dos povos e foi grandioso também pelo esforço dos homens que levaram a bom termo essa nobre missão. No presente é grandioso porque, embora se encontre numa época menos próspera do ponto de vista terreno, nele existe um grupo de homens que, apesar de lutarem com os mesmos problemas com que vós lutais, se entregou devotadamente ao serviço redentor.

Na verdade, contribuem para tal da forma mais directa que humanamente é possível pois constituem um dos principais instrumentos do elevado Ser que irá abrir a porta da Nova Era que se aproxima. No futuro, Portugal será grandioso porquanto a alma portuguesa unir-se-á à alma do Brasil, centro vital da era Aquariana. Assim, pelo seu passado, presente e futuro, foi, é e será um país particularmente servidor dos propósitos evolutivos de progresso e união. Como Eça de Queirós, tive oportunidade de conhecer e reflectir sobre a alma portuguesa. Pude observar quão grandiosas são as suas potencialidades, mas infelizmente quanto adormecida ela se encontrava. Não pretendo, neste momento que é de júbilo, tecer críticas ou elogios não merecidos, mas o Portugal que eu conheci há quase cem anos, encontra-se hoje pouco diferente.

Os propósitos de serviço de um povo devem ser activos e não passivos, grupais e não individuais, altruístas e não egoístas, de amor e não de quezílias mesquinhas, de união e não de separabilidade, de perdão e não de vingança. Se reflectirem, vereis que não é de acordo com estes Princípios a quem ninguém pode enganar pois a si próprio se enganará que, embora no limiar do ano dois mil, o homem tem pautado a sua vida. Os acontecimentos que já alguns de vós (infelizmente poucos) pressentis como muito próximos vão alterar profundamente a civilização dos últimos dois milénios. A evolução precisa de todos: todos têm muito que dar para assim poderem receber. É preciso afastar para sempre a errada forma de pensar que só se dá quando se recebe (do ponto de vista do mundo visível) porque, nos planos de Deus, quem der receberá sempre e, voltando a servir, voltará a ser retribuído.

De que outra forma poderia ter sido concebido, senão de acordo com a máxima justiça, o mundo de Deus? Na sua morada habitam o amor, a compaixão e o perdão que não são mais do que partes integrantes da sua justiça. A sugestão que vos dou, para que em conjunto possamos redimir o mundo, é a de que vivais de acordo com as regras do Pai: segui-as e assim segui-lo-eis.

Esta mensagem pretende encorajar todos os que já lutam por um amanhã melhor; um amanhã de verdadeira liberdade (de autêntica Libertação). Que ela sirva também de incentivo a todos os nossos irmãos em quem ainda não despontou o desejo de servir no mundo diferente que se aproxima, para que cedo reduzam às devidas proporções as preocupações materiais e tomem plena consciência da sua real missão.

Eça de Queirós

***

11ª Mensagem

João de Avis

 Irmãos! Foi a minha comunicação seleccionada para ser divulgada ao Mundo, nesta série de doze, imediatamente antes daquela que vos trará o maior de todos os Portugueses, a qual encerrará este ciclo de Mensagens: o Mestre Henrique. Esse grande Ser que, como Rei Afonso Henriques, iniciou a autonomia e individualização permanente do Povo Lusitano e que, como Infante D. Henrique (a quem tive a honra de servir como progenitor físico), iniciou a expansão universal da Ideia Lusitana, instrumento privilegiado da exteriorização do Quinto Reino, que se consubstanciará na fundação do Quinto Império, que desponta já no horizonte.

No plano da manipulação das energias, encontram-se em afanoso trabalho, grupos de Irmãos, encarnados e desencarnados que, tanto em Portugal como no Brasil, seguem rigorosamente as instruções, cuidadosamente preparadas, pelo Mestre Henrique e sua plêiade de colaboradores e assessores. Muitos dos que colaboram fazem-no sem conhecimento consciente ao nível da mente física mas é necessário que a capacidade mediadora (em todos mais ou menos latente) seja devidamente desenvolvida para que cada vez maior número de homens e mulheres possam dar o seu contributo activo e consciente para os trabalhos em curso e para os que se aproximam. Pegando na sugestão já feita pelo querido Irmão Gualdim Pais, venho recomendar a todos que tentem essa maravilhosa e útil ferramenta de serviço e mediação que é a psicografia.

Como já foi insistentemente solicitado ao Mundo pelo Irmão Diamantino Coelho Fernandes (de cujas magníficas obras psicográficas recomendo a leitura, seria óptimo que, pelo menos uma pessoa em cada família, desenvolvesse o dom da psicografia. Haveria então em cada núcleo familiar um elemento de ligação ao Quinto Reino, o Espiritual, encarregado de retransmitir instruções e energias oriundas deste.

Terminado que seja este ciclo de Mensagens, sobre as quais deveis profundamente reflectir e divulgar por todos os meios, nomeadamente através da aquisição e oferta do maior número possível de exemplares do livro que as conterá, e será prontamente publicado, será divulgada um pequeno, conciso e prático «Manual do Psicógrafo» esquematizando os passos essenciais da auto-aprendizagem da mediação psicográfica. Até lá deveis simplesmente retirar-vos para um local sossegado, abstrair-vos de preocupações mundanas e, após focalizardes a vossa atenção mental nas zonas superiores da consciência, pronunciar com convicção concentração a «Fórmula de Protecção», publicada como apêndice a esta Mensagem.

Depois, pousai a vossa caneta sobre uma folha de papel branco sem linhas e esperai. Se a vossa propensão for ainda para a escrita automática, o vosso braço começará a mover-se e as palavras surgirão no papel sem que disso vos apercebais. Se, pelo contrário, a vossa propensão for para a escrita inspirada, essas mesmas palavras e frases surgirão na vossa mente e passá-las-eis conscientemente à linguagem escrita.

É essencial que afasteis completamente de vós as ideias egoístas, de carácter pessoal, fazendo antes uma afirmação de intenção de serviço de carácter universal, em prol da Humanidade globalmente entendida. Abstendo-vos de fazer qualquer tipo de perguntas limitando-vos a ser receptores das instruções que, para bem da Humanidade, o Quinto Reino haja por bem fazer transmitir através de vós.

É inestimável o serviço que prestareis se acaso (e quando) tiverem sucesso as vossas tentativas. Até ao pleno estabelecimento do Quinto Império, em que encarnados e desencarnados se comunicarão directa e universalmente, porque terão sido removidas as barreiras que (aparentemente) os separam, será pela via da psicografia que as grandes comunicações e contactos se farão.

E está para breve o regresso do Cristo. A Humanidade anseia pela Sua manifestação e pelo maravilhoso reencontro do rebanho com o seu Pastor. Compenetrai-vos bem da importância desta afirmação e crede que a concretização de tal regresso depende, em grande medida, da amplitude do apelo de todos nós a esse regresso. Por isso foi compilada uma importante oração, a «Invocação Intermédia», publicada também no fim desta Mensagem, que deveis dizer com ênfase e intenção, pelo menos três vezes ao dia: ao alvorecer, ao meio-dia e antes de vos recolherdes. Foi-lhe chamada «Intermédia» por dois motivos principais:

  1. Porque é dirigida por vós, intermediários entre a Humanidade e o Cristo, a ele Filho, que é intermediário entre vós e o Pai.
  2. Porque é a oração intermédia entre todas as orações anteriores e uma outra, a «Invocação Maior», que será divulgada ao Mundo na altura da manifestação do Messias da Nova Era.

De todos vós é conhecido o poder da oração. A presente foi concebida pelos Irmãos desencarnados, sob orientação superior, segundo uma fórmula perfeitamente adequada à utilização por toda a Humanidade, tendo em vista a consecução do melhor efeito magnético e vibratório conducente ao reaparecimento do Cristo.

Quero endereçar um especial pedido a todos os Irmãos de Portugal e do Brasil: Nos dias 13 de Maio, Agosto e Outubro estejam em sintonia vibratório com todos os Discípulos da Sabedoria Oculta e também com os crentes de todas as religiões, nomeadamente com aqueles que se encontrarão reunidos em Fátima orando por um futuro melhor, pronunciai a «Invocação Intermédia» 12 vezes, num pungente apelo ao regresso do Cristo. Contai sempre com a colaboração deste vosso irmão que espera ansiosamente pelo desenvolvimento das vossas capacidades mediadoras e psicográficas para, também através de vós, fazer chegar ao Mundo a certeza da vida eterna e a esperança na redenção pelo Cristo em nós e connosco

João de Avis

 

INVOCAÇÃO INTERMÉDIA

Ó Cristo, ó nosso Irmão!

Recolhe as emanações incipientes da nossa vontade, dos nossos corações, da nossa actividade!

Emanações que procuramos tornar mais perfeitas. Cada dia, cada hora, cada minuto!

Elas contêm um apelo ao teu rápido regresso e também uma promessa de colaboração integral e consciente na Tua Obra, no Teu Plano, no Teu Amor, que são para nós e connosco devem contar.

Por isso Te afirmamos que esconjuramos o Mal e que por Ti esperamos para Te saudar em glória!

Estamos contigo, ó Santo!

Estamos contigo, ó Redentor!

Estamos contigo, ó Cristo!

Aleluia!

 

FÓRMULA DE PROTECÇÃO

Ó Senhor da Luz Universal! Permite que o Serviço mediador que me proponho fazer, seja cumprido sem interferências oriundas de dentro ou de fora de mim!

Permite que os nossos Irmãos caídos na sombra sejam mantidos fora do círculo em que se polariza a minha mediação! 

Como penhor das minhas intenções prometo solenemente manter o anonimato consciente que estou da minha função de mero instrumento ao Serviço da Luz!

Com a Luz EU SOU!

Na Luz EU SOU!

De Luz EU SOU!

***

AFONSO HENRIQUES

12ª Mensagem

Henrique

 

As minhas palavras são de gratidão. Gratidão, em primeiro lugar, para as almas ilustres que transmitiram as mensagens que esta antecede, irmãos que comigo ajudaram a criar e a engrandecer a bem-amada Pátria Lusitana, que trago ainda no meu coração; que a ela vieram em épocas de crise para inverter o seu rumo, em épocas de glória para aumentar o seu fulgor ou em épocas de trevas para iluminar o Futuro. Eles vos trouxeram o perfume, a cor e o som das qualidades grandes que todos têm, mostrando-vos um pouco do radiante Futuro que se abre a todos os homens. E faço questão de repetir as qualidades que todos têm porque mesmo aquele que humildemente veio reconhecer os erros e as faltas que teve na última encarnação — e sem dúvida os teve, igualmente teve e sobretudo tem méritos, qualidades e virtudes. Gratidão, em segundo lugar, para o conjunto de irmãos de que nos servimos para transmitir estas mensagens. Eles são um exemplo de entrega e receptividade aos impulsos do Alto, exemplo esse que em todos desejamos ver efectivado para que, na grande messe do Senhor, não faltem os trabalhadores que se fazem necessários à realização do Seu Plano de Amor, Luz e Alegria.

Gratidão, finalmente, para os destinatários destas mensagens, aqueles a quem viemos servir para que, por sua vez, possam eles também servir cada vez mais e melhor. Deus permita que estas palavras que vos estamos a dirigir toquem bem fundo nas vossas almas e encontrem tradução nas vossas condutas. Deus permita que o sonho da Nova Era, cujas primícias vos oferecemos torne repleto o Cálice do vosso Coração e vos dê ânimo e vontade para serdes Guerreiros da Luz, Combatentes activos do Bem, Servidores consagrados do Plano de Deus e do Seu Cristo. Deus permita, enfim, que os portugueses e portuguesas dos nossos dias sejam dignos dos seus Egrégios Avós, de alguns dos quais estais a ouvir a voz e que, fazendo cada um a sua parte, permitam que se cumpra Portugal, na missão que lhe foi indigitada na Nova Era que está a nascer.

A Pátria Portuguesa é como um Templo erguido pela Fé, pela Coragem e pelo Amor dos seus Grandes Sacerdotes. Tal Templo, porém, está hoje ocupado por vendilhões, por irmãos nossos, de várias crenças e quadrantes ideológicos, que têm em comum nada terem percebido da Alma Portuguesa e que, por isso, aqui fazem comércio de vícios, de baixezas, de ideias pervertidas e de sentimentos indignos. É preciso que, como o Cristo (que vai voltar em breve) fez em Jerusalém há dois mil anos, os «expulseis», a eles os ignoras, os cegos, os profanadores do Sagrado. Expulsai-os não por ódio, por violência ou por tolas manifestações de instintos descontrolados; mas ofuscai-os com o brilho da Luz que fordes capazes de receber do Alto. Fazei-o com Amor e Compaixão; mas ‘também com Coragem, Decisão e Vontade, pois ISTO TEM QUE SER FEITO!

Só quem sabe realmente pode ensinar. Só quem vê o Caminho, o Caminho de Deus e não os atalhos do mundo tem o direito de conduzir outros homens. Os Caminhos de Deus levam à Ascensão, os atalhos do mundo levam à queda, à decadência e ao desastre!  Surpreendem-vos estas palavras? Julgai-las demasiado voluntariosas e ousadas? Irmãos! Esta é a época das palavras e das atitudes fortes! Não é tempo de violinos e de harpas, de doces e ilusórios embalos na convicção de que tudo está bem no mundo dos homens. Não, irmãos! Este é o tempo dos sinos tocando a rebate, chamando os Fiéis para a batalha! Este é o tempo das trombetas a anunciar o desfraldar das bandeiras dos Guerreiros da Luz! Esta é a hora de reunir os exércitos do Senhor pois a Vontade de Deus impõe que os castelos das trevas têm de ser conquistados e o mal, a ignorância, o ódio, o pecado e a dor varridos da Terra!

Mas como os conquistaremos? Eu vos digo, amados irmãos: com Sabedoria, com Poder Espiritual, com Harmonia, com Ordem interior, com Misericórdia, com todas as qualidades superiores e, sobretudo, com muito Amor! Este Amor, todavia, não é o Amor passivo e quase neutro dos preguiçosos. É o Amor forte, activo, voluntariosamente generoso, sabiamente distribuído e superiormente iluminado. É o Amor suficiente, grande e transbordante para impedir que os lábios fiquem calados e as mãos paradas, quando as verdades sublimes do Reino de Deus têm que ser anunciadas, manifestadas, EVIDENCIADAS A TODOS!

Ai daqueles que se opõem ao Plano de Deus colaborando com as Trevas pois estarão adiando a hora do regresso ao Pai. Mas ai também daqueles que, tendo a possibilidade — logo a responsabilidade — de serem activos no verdadeiro Serviço, forem passivos, negligentes e preguiçosos! A estes se aplicam as palavras de Cristo: «Quem não é por Mim é contra Mim!».

Não tenhais medo, porque os servos de Deus afirmam-se pela sua coragem. Vós precisais de coragem para combater o mal, através da afirmação do bem. E quanto a isto, ficai sabendo que o medo é egoísmo!  Vós precisais de coragem também, porque os próximos anos serão conturbados e plenos de transformações, algumas bem dolorosas. Mas a dor não vem pela dor, pois, passado esse Cabo das Tormentas, vereis que ele era afinal o Cabo da Boas Esperança, para além do qual se abre o caminho para o Reino de Deus…

Permiti agora que fale um pouco da Minha profunda ligação à Pátria Portuguesa e, por favor, acompanhai-me na explicitação que ao mesmo tempo farei da verdadeira História oculta de Portugal. Muito do que direi sobre essa História, felizmente, foi já intuído pelos dois maiores poetas portugueses (Pessoa e Camões) e, bem assim, por vários outros investigadores passados e contemporâneos. A última palavra, no entanto, ainda não foi dita nem tão pouco o poderíamos fazer hoje.

Séculos atrás, no cumprimento de planos previamente acordados com o sublime Mestre Jesus, encarnei, como Afonso Henriques, com a incumbência premente de dar nascimento físico e objectivo à Pátria Portuguesa.

Estava essa nação, de acordo com esses planos, destinada a desempenhar na evolução planetária valiosas missões, aparentemente físicas mas realmente de âmbito muito mais elevado e que haveriam de servir de base à Nova Era de Universalismo e Comunhão. Foi, pois, com honra e alegria que aceitei ficar como iniciador e representante perante o Alto dessa Pátria, então ainda por nascer no mundo físico. Para com Ela colaborarem, desde logo se ofereceu um notável número de Entidades, algumas de nobre estirpe, incluindo alguns Apóstolos de Jesus, alguns Cavaleiros do Santo Graal e vários santos, filósofos e artistas (naturalmente refiro-me a passadas encarnações dessas almas).

Os sacrifícios (para mais na minha limitada condição humana) que, como Afonso Henriques suportei, são impossíveis de descrever. Mas, mais forte que todas as provas dolorosas ou que todos os excessos de uma época de costumes violentos e rudes, havia em mim uma voz que me impulsionava, irresistivelmente, a tudo suportar e a tudo vencer. Essa voz era a Vontade de Deus e do Plano dos Seus Representantes. E o Reino de Portugal nasceu. Porque Deus quis!

Passaram-se os séculos. O Reino que tinha fundado foi crescendo e ganhando formas mais definidas e credíveis, graças aos esforços, à vontade e à visão de reis como Sancho I, Afonso II, Pedro e, sobretudo, Dinis (este com o privilégio da companhia de sua grande esposa Isabel) e de vários outros homens. Em Fernando, último rei da primeira dinastia, sussurravam já os propósitos de ir mais longe mas o tempo não era ainda chegado…

Foi então que um punhado de homens grandes: João de Avis, Nuno Álvares Pereira, João das Regras, Álvaro Pais, num exaltar de Coragem e de Força predestinadas despertaram as energias íntimas da Alma e do povo português e viraram um país a morrer num país revigorado e cheio de vontade de crescer.

Deu-se nessa altura o casamento entre o rei D. João I e Filipa de Lencastre, símbolo da ligação entre as Ilhas Britânicas e Portugal, fundamentada no Santo Graal que lá se ocultou da profanação no início da Era de Peixes e que aqui se fará de novo visível nos alvores da Era de Aquário. E, dessa união, abençoada do Alto, entre Galaaz (João), o esforçado Cavaleiro do Santo Graal e Guinevere (Filipa), que havia sido a esposa do Rei Artur, sob o olhar de Lancelot (Nuno Álvares Pereira), nasceram, nomeadamente, o Rei D. Duarte, hoje encarnado em Portugal, na figura de um conhecido pintor, o infante D. Fernando, que esteve mais recentemente no mundo físico como Fernando Pessoa (ele que tinha sido São Bernardo) o Infante D. Pedro, no Presente fisicamente encarnado ao serviço do Cristo e que havia sido Uther, o progenitor físico do Rei Artur e eu próprio, que do mesmo Artur do Santo Graal havia sido o pai adoptivo.

A hora tinha chegado para que o mar já não separasse mas unisse e a Terra surgisse redonda do azul profundo. E, sob a égide da eterna demanda e transbordância do Santo Graal, a obra dos Descobrimentos haveria de começar, para que os povos, as raças, as civilizações e as culturas se pudessem unir e para que o Homem não temesse o mundo externo. Nesse momento a Voz Interior de novo falou em mim e pus-me à frente dos lusíadas, no impulso e no comando dessa missão gigantesca, feita empresa nacional, pois tinha que ser cumprida! E menos de um século depois, o rei D. Manuel colhia os frutos das naus que como D. Dinis havia plantado e dois outros Cavaleiros do Santo Graal, Gawain (Vasco da Gama) e Parsifal (Pedro Alvares Cabral) chegava à Índia e ao Brasil fazendo a união das partes todas do mundo, de que o Graal também é símbolo. Esse triângulo India, Portugal, Brasil viria, quinhentos anos depois, a colaborar grandiosamente na obra mais bela que seres humanos já conceberam e talvez nunca o sabereis!…  Entretanto, sempre movido pela vontade de bem-fazer, rapidamente, muito mais rapidamente que a norma, havia eu reencarnado como Afonso de Albuquerque. E, lá nesse Oriente onde «nasce» o Sol, físico e espiritual, coloquei mais uma pedra na Obra unindo as raças, assegurando e impulsionando o contacto entre os povos do Oriente e do Ocidente. Os frutos dessa união ainda estão a ser colhidos! Dois séculos mais tarde, Portugal não era já tão poderoso. Mas a Obra, feita à custa da expansão da Alma Portuguesa, prosseguia ainda.

Havia que preparar o «solo» da Grande Fraternidade do Brasil, filho e irmão de Portugal e Terra Prometida do Terceiro Milénio. Na passagem do século XVII para o século XVIII, de novo encarnado, em personagem desconhecida da História profana (que vê os efeitos ou as causas próximas e não as causas reais) fiz, sob a direcção da Grande Fraternidade Branca, a magnetização e modelação do ambiente psíquico das terras de Vera Cruz ajudando-as a prepararem-se para o advento das correntes espiritualistas que hoje aí florescem: no solo preparado as colheitas são mais férteis!

Irmãos! Hoje ainda, mais uma vez, comando-vos à fundação dum Reino, o Reino de Deus na Terra! Envio-vos a descobrir novos mundos, os mundos subtis das realidades superiores e do Espírito! Incito-vos a unir os povos, as raças, as civilizações, as culturas, não já do ponto de vista físico mas sim na Luz única da Verdade Eterna, da Sabedoria de Deus! Conjuro-vos a preparar os caminhos que Cristo percorrerá na Terra!

Falei-vos do Passado, do Presente e do Futuro. Neste ressalta a grandiosa, a avassaladora, a sublime Boa-Nova de que Cristo em breve virá à Terra! Eis aqui, irmãos, algo porque vale a pena viver e lutar. Perante isto, tudo o resto, as coisas corriqueiras mil vezes já ditas e feitas tornam-se ainda mais pequenas e insignificantes. Erguei a vossa Espada de Luz, elevai os vossos corações e lutai, lutai, lutai para que o Plano de Deus se cumpra!

No Coração de cada português vive esta ânsia que se chama Saudade. Nós vos demos as primícias da Nova Era. Possam estes primeiros frutos despertar em vós a saudade do Futuro próximo e fazer-vos deitar mãos à obra, para que a colheita seja abundante!

Que a Paz esteja convosco, para que haja guerra contra as trevas!

Que o Amor de Cristo una todos os que querem servir!

Que a Luz do Senhor que vem ilumine toda a Pátria Portuguesa!

Vinde, Senhor Cristo!

Afonso Henriques

 

***

13ª MENSAGEM

 IRMÃ LÚCIA

 

Recebida em 21 de Fevereiro de 2015

Lúcia (de pé) na companhia da sua prima Jacinta Marto, ambas segurando os seus rosários. Fonte: Wikipédia

Irmã Lúcia:

“Passa da hora para consciencializar a humanidade no sentido de esclarecer sobre a natureza dos Extraterrestres que trabalham no Planeta Terra.

Irmãos amados!

A paz seja convosco.

Supliquei ao Pai Eterno e com autorização das Hierarquias Superiores, venho ter convosco para compartilhar deste momento sublime e alegre, de confraternização de almas superiores com almas terrestres desejosas de progredir.

Não mais sou prisioneira da Casa de Pedro. Os meus sofrimentos cessaram com o fim da vida física, pois vi-me liberta do cerceamento da palavra.

Fui impedida de dizer aquilo que a Mãe amada nos ditou de forma clara, precisa e lógica, certamente que não compreensível para nós, crianças puras, no entanto, revelações de crucial importância para o desenvolvimento moral e espiritual da humanidade.

Os erros cometidos pela Igreja de Roma, feriu profundamente os estatutos evolutivos desta humanidade, no entanto, se assim foi permitido pelo Pai Amantíssimo, foi porque assim deveria ser, e esta humanidade não mereceu esforços maiores para reverter a onda de deturpação exercida pelos religiosos acerca da revelação de nossa Mãe.

Não foi o medo que calou a minha voz, foram as paredes nuas e gélidas do convento, a hipocrisia dos padres, a prepotência papal.

Não os julgo por isso, no entanto, impediram-me de realizar aquilo que foi minuciosamente programado por Mentes Elevadas.

A mim e aos companheiros infantis, foram revelados factos importantes para a humanidade e nada relativo ao clero romano, ou aos Papas.

As revelações muito claras e lógicas diziam respeito ao futuro do Planeta e da sua humanidade, sobre o “fim dos tempos”, Extras e Intra-terrenos.

Porém, hoje compreendo que, pequenina como sou, não poderia impedir a força poderosa das Trevas de abortar o Projeto da Luz; se Jesus foi crucificado, quem sou eu?

Apenas uma humilde serva, pronta para mergulhar novamente na carne e levar a tarefa de divulgar aos irmãos de humanidade as revelações extra materiais.

Infelizmente, não há tempo, pois o trabalho de “Transição Planetária”, Projecto Terra, está na fase final. Porém, alegra-me sobremaneira encontrar criaturas irmãs, como vós, que tomadas de coragem e fé, cumprem as tarefas de divulgar aquilo que fui impedida de falar.

Deus vos abençoe a todas vós, e Maria, nossa Mãe amada, vos proteja.

Lúcia”

***

 

(Da Revelação de Fátima) – Vitória, ES – Brasil

Agradecimento: Eduardo N. Ribeiro

Lúcia de Jesus Rosa dos Santos, freira da Ordem das Carmelitas Descalças, conhecida no Carmelo como Irmã Maria Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado, e reverenciada pela maioria dos católicos portugueses simplesmente como Irmã Lúcia, foi, juntamente com os seus primos Jacinta e Francisco Marto (os chamados «três pastorinhos»), uma das três crianças que viram Nossa Senhora na Cova da Iria, em Fátima, durante o ano de 1917. (Fonte: Wikipédia)

Reblogado do Web site Verdade Mundial

Link desta mensagem:

http://verdademundial.com.br/irma-lucia-foi-calada-pela-igreja-romana-e-faz-revelacoes-sobre-o-fim-dos-tempos-e-os-extra-e-intra-terrestres/

***

*** /// *** /// *** /// *** /// *** /// *** /// *** ///

***

Eu conheço como “Canção da Manhã” de P’taah. Veja neste link:

http://www.luzdegaia.org/ptaah/jking/cancao_manha.htm

P’taah é um Ser de Luz que nos chega pela energia Plêiadiana, através de Jani King.

***

“CANÇÃO DA MANHÃ

Pelo Deus/Deusa do meu Ser eu agradeço,

Pelo Amor que Eu Sou,

Pelo Amor que há na minha vida e,

Pelo Amor que me rodeia,

Obrigado!

Obrigado pelo Milagre da Vida que Eu Sou, e

Obrigado pelo Milagre da Vida que vejo reflectido por todas as partes à minha volta.

Obrigado por este corpo perfeito,

Minha saúde e bem-estar,

Obrigado!

Obrigado pela abundância que Eu Sou, e

Obrigado pela abundância que vejo reflectida em todas as partes à minha volta.

Obrigado pelos bens e riqueza e pela fartura da minha vida, e

Obrigado pelo rio de dinheiro que flui para mim, e através de mim,

Obrigado!

Graças pelo entusiasmo e pelo entusiasmo e aventura dos milhões de maravilhosas possibilidades, e maravilhosas possibilidades,

Obrigado!

Obrigado pelas maravilhas,

Obrigada pela alegria,

Obrigado pela beleza e harmonia,

Obrigado pela paz e tranquilidade,

Obrigado pelo riso,

Obrigado pelo divertimento,

Obrigado pelo privilégio de servir e compartilhar a Dádiva que Eu Sou,

Obrigado! Obrigado! Obrigado!”

***

Recebi de Celia, de ‘Anjo de Luz’!

O CAMINHO-Novo Templo do Senhor

Desde a cidade do Porto – Portugal, para todo o Planeta.

Web Site: http://caminhonovotemplo.com

***

***

Linha de Tempo Temporária da 5ª Dimensão Está Disponível!

Postado por Celia em 25 Setembro 2017 às 11:33

In “Anjo de Luz”

 

Na meditação, mostraram-me que as almas estão a ser movidas para linhas de tempo temporárias. Foi uma visão incrível, cada alma estava a receber um impulso energético e uma limpeza. Perguntei o que estava a acontecer e disseram-me que cada um está a ser lembrado quem ele é e sua intenção de ascender. Eu vi as almas a ficarem um pouco mais claras, mais brilhantes e depois a serem colocadas na linha de tempo colectiva apropriada.

Linhas de Tempo Temporárias.

Eles explicaram que uma linha de tempo temporária da 5ª dimensão foi criada para aquelas almas que estão prontas para deixar as frequências da 4ª dimensão para trás, mas não conseguem manter as frequências da 5ª dimensão por longos períodos de tempo. Esta linha de tempo temporária permite que cada pessoa continue a trabalhar a sua alma, afastando-se da dualidade, do sentimento de vítima e dos sistemas de crença que não servem mais. Esta linha de tempo temporária está em consonância com a linha de tempo da 5ª dimensão e, além e à medida que mais almas consigam manter as suas frequências altas na sua forma física por tempos mais longos, elas serão movidos para a linha de tempo dedicada da ascensão.

Ao mesmo tempo, aqueles que concordaram a nível de alma em ascender, mas ainda não despertaram, estão a mover-se das frequências da 3ª dimensão que estão em colapso para as linhas de tempo temporárias da 4ª dimensão. Este é um grupo bem grande de almas e criará um despertar em massa que poderá parecer um caos em massa, enquanto muitos despertam para a raiva e conspiração pela realidade recém descoberta.

Esta linha de tempo também está em paralelo com as outras duas linhas de tempo, mas por um período de tempo mais curto. É importante que este grupo não se mantenha com dogmas e crenças na nova Era, mas permaneça com compreensão e amor incondicional. Será cada vez mais evidente que não é necessário nem sequer conhecer a ascensão num nível consciente para participar. Tudo o que é necessário é o desejo sincero de se reconectar com o núcleo do coração e alma. Como este aspecto será diferente para cada um, será importante aconselharmos aqueles que procuram respostas para buscarem seu interior em vez de serem direccionados para o exterior.

A linha de tempo da ascensão, que é a frequência da 5ª dimensão e acima, está totalmente funcional e pronta para todos os que podem manter de modo consistente dentro da sua forma física a menor oitava desta frequência. Cada uma das linhas de tempo temporária é projectada para afunilar para a próxima mais elevada até que todos os que estão dispostos a fazer seu trabalho interno estejam na mesma linha de tempo colectiva.

Este não é um acordo individual, pois concordamos em ascender como um colectivo. Este acordo não impede que as pessoas avancem, mas as que já avançaram estão a ser convocadas para servir como um farol aos outros.

O Que Significam Estas Mudanças na Linha de Tempo

Aqueles que vivem estas mudanças na linha de tempo podem experimentar uma ampla gama de emoções. Para alguns, pode trazer facilidades no seu dia-a-dia. Para outros, pode trazer tudo o que não é consistente com a frequência da linha de tempo elevada. Pode haver um aumento de depressão (física e mental), já que o corpo e a mente devem calibrar-se nas frequências superiores. O corpo pode lutar para manter a luz mais elevada e os sintomas podem aumentar. O sono será importante como uma forma de se calibrar.

Alguns podem pensar que os seus medos e ansiedades estão mais pronunciados. É um óptimo momento para entrar em contacto com a sua sombra e trazê-la para a luz. Mesmo aqueles que fizeram um trabalho intenso com a sua sombra estão a encontrar uma nova camada para ser descoberta e curada. É um bom momento para analisar as formas como tentamos controlar os resultados, essencialmente fechando a porta sobre o potencial puro. Também devemos olhar para onde nos perdemos na dualidade e permitirmo-nos perder o controle. Quando isto acontece, muitas vezes sentimos um grande desconforto no corpo, pois a frequência do julgamento e o pensamento de que pensamos saber o que é melhor para outros, fecha o nosso coração. Todos nós devemos permitir, a nós mesmos e aos outros, terem a experiência exacta que eles querem para o crescimento de sua alma.

Mantendo o Nosso Foco

Com as mudanças de linha de tempo a acontecer, é possível que duas pessoas estejam no mesmo lugar ao mesmo tempo e tenham duas experiências completamente diferentes devido à frequência vibratória que elas possuem. Pode parecer-lhe loucura até que tenha testemunhado isto a acontecer. O que faz é realmente ressaltar o facto de que devemos confiar na nossa própria experiência e não permitir que outras pessoas interfiram.

Isto inclui o que recebemos em sites, mídias sociais e amigos. Preste atenção em como o seu corpo se sente ao ouvir, ler ou conversar com outra pessoa. Se o corpo começar a contrair-se, então essa realidade não é para si. Simplesmente diga a si mesmo, esta não é a minha realidade. Estamos aqui para nos expandir e isto é exactamente o que é necessário nas frequências superiores.

Para provar ainda mais este ponto, uma cliente minha, Clarissa Coyoca, decidiu fazer um experimento com o arroz e os efeitos que a nossa energia possui. Ela separou 3 recipientes, um era o amor, o outro para o ódio e o terceiro que nem sequer tinha rótulo, neste ela simplesmente não transmitiu energia nenhuma.

Os outros dois receberam doses de amor e ódio através de energia e palavras. Muitos assumiriam que o primeiro a apodrecer seria aquele que recebeu frequências de ódio. No entanto, o que ela descobriu foi que o recipiente que se deteriorou primeiro foi o que ela negligenciou, o que não significava nada. O arroz que recebeu a energia cheia de amor ou ódio, simplesmente absorveu a energia e conseguiu manter sua presença por algum tempo. Enquanto o com rótulo de ódio não durou tanto quanto o com rótulo de amor, ele durou significativamente mais do que o desprezado.

Este experimento mostra-nos que mesmo que sejamos contra algo, ainda estamos a alimentá-lo. Que para tirar o poder a algo, é melhor não lhe dar a nossa energia, seja ela qual for.

Precisamos saber que existe, uma vez que a consciência do que está “lá fora” é importante, no entanto, não precisamos continuar a alimentá-lo. Esta é uma lição que todos estamos encarregados de aprender quando assumimos a responsabilidade pelas nossas criações.

Linhas de Tempo a Colapsar

As linhas de tempo que já não nos servem mais estão em colapso. Isto parece acontecer repetidamente, pois estamos a ser movidos para outras linhas de tempo e frequências. Estas mudanças podem causar anomalias muito interessantes no nosso mundo, mas também podem causar tristezas.

Uma boa amiga, uma talentosa xamã entrou em contacto comigo, dizendo que ela estava na pior depressão que já tinha experimentado e literalmente aconteceu em pouco tempo. Ela tentou aliviar através das muitas ferramentas que temos, mas o aperto de tristeza e a sensação de “Estou a morrer” não diminuíram. Quando entrei no seu campo de energia, mostraram-me o que ela tinha, a equipe descreveu como “linha de tempo a sangrar”. Eles mostraram-me que noutra linha de tempo ela acabara de experimentar um evento catastrófico que a levou à sua morte, e que devido à sua natureza sensível, ela estava a sentir tudo isso agora. Removi a força energética daquela linha de tempo que sugava e drenava, literalmente, o seu campo de energia. Ela permaneceu a repetir para si mesma várias vezes “Eu quero viver”, para completar a desconexão.

Explicaram-me que uma “linha de tempo a sangrar” desta forma é raro, mas não é incomum que as pessoas sintam alguns dos seus efeitos. À medida que diferentes aspectos do eu são libertados quando uma linha do tempo colapsa, podemos sentir toda uma série de emoções. É importante que fiquemos conectados no AGORA e libertemos tudo o que não nos serve. O nosso objectivo é aprender com os aspectos de nós mesmos em outras linhas de tempo sem assumir as emoções. Se sentir emoções fortes sem entender de onde elas estão a vir, pare um momento e indique as suas intenções, o seu objectivo. O seu objetivo é estar na linha de tempo superior e que tudo o que precisa ser libertado aconteça com facilidade e graça.

Esperando que todos estejam a mudar lindamente. Envio muito amor a todos.

©Jenny

Origem: Na 5ª dimensão

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼

***

***

Chico Xavier foi o sucessor de Allan Kardec

Análise de algumas mensagens presentes em OBRAS PÓSTUMAS de Allan Kardec.

Foram muitos os missionários que mantiveram a chama viva do Espiritismo desde a partida de Allan Kardec para a Espiritualidade em 31 de Março de 1869. Todos são dignos de nota e de respeitosa admiração. Todos os missionários e missionárias que reverberaram os conhecimentos de Kardec e mesmo aqueles que nos dias actuais levantam a bandeira da Doutrina Espírita são dignitários das mais elevadas orações de apreço e graça divina.

Quando Allan Kardec concentrou os seus esforços para conceber a Doutrina Espírita, foi-lhe dito que a sua missão seria concluída somente em próxima encarnação.

Em Obras Póstumas, a missão de Kardec é apresentada em comunicação datada de 30 de Abril de 1856, com o título “Primeira Revelação da Minha Missão”, e quando o Espírito comunicante deixa entrever que Kardec já colocara os primeiros alicerces da religião futura, mas só depois de factos sociais de renovação é que a missão de Kardec teria seu desfecho.

Para o momento em que a mensagem foi recebida e diante da visão temporal do encarnado, embargada pela limitação da matéria que lhe circunscreve, desconheciam o alcance da projecção futura descrita pela visão dilatada do Espírito que pode prospectar, com certa precisão, os acontecimentos futuros.

Na mesma Obras Póstumas, a segunda mensagem sobre a missão de Kardec é escrita em 07 de Maio de 1856 e tem como título “Minha Missão”. Nela, outro Espírito confirma a primeira mensagem referente ao trabalho missionário de Kardec e fornece maiores detalhes. A entidade comunicante deixa clara a predisposição missionária de Allan Kardec, destacando-lhe o desejo de foro íntimo, e descreve-lhe sobre os cenários futuros, incompreensíveis para o momento, pois o Espírito descrevia acontecimentos numa faixa de tempo que compreendiam além dos oitenta, cem e cento e cinquenta anos à frente, abrangendo desde os acontecimentos da 2ª Guerra Mundial, bem como o surgimento de uma nova era. Para a contemporaneidade, e diante dos ensinamentos da Espiritualidade, essa nova era é contemplada pela Terra já ter iniciado seu período de planeta regenerativo.

Sobre a Missão, nova mensagem é ditada para Kardec no dia 12 de Junho de 1856. Nessa oportunidade as perguntas foram respondidas pelo Espírito Verdade. Mais uma vez é confirmado o trabalho missionário de Kardec, que deve estar assentado na discrição, na perseverança e na dedicação ao bem e ao bom emprego das palavras e postura diante das agruras, ataques e isolamentos. O Espírito Verdade destaca-lhe que além da inteligência é necessário agradar a Deus, sendo humilde, modesto e desinteressado. Além disso, para lidar com os homens “são indispensáveis: coragem, perseverança e inabalável firmeza”, bem como é necessário ser prudente e possuir o tacto adequado para conduzir os actos e a fala de modo conveniente. A missão, assim, está subordinada às condições pessoais do missionário que se fundamentam no devotamento, abnegação e disposição total ao sacrifício.

Com data de 17 de Janeiro de 1857, Obras Póstumas apresenta mensagem com o título “Primeira Notícia de uma Nova Encarnação”. Nessa, Kardec é melhor orientado sobre a conclusão da sua missão no futuro, em nova encarnação. A referida mensagem confirma as anteriores aqui citadas e destaca as novas dificuldades que Kardec enfrentará na futura encarnação:

[…] Mas, ah! A verdade não será conhecida de todos, nem crida, senão daqui a muito tempo! Nesta existência não verás mais do que a aurora do êxito da tua obra. Terás que voltar, reencarnado noutro corpo, para completar o que houveres começado e, então, dada te será a satisfação de ver em plena frutificação a semente que houver espalhado pela Terra.

Surgirão invejosos e ciosos que procurarão infamar-te e fazer-te oposição: não desanimes; não te preocupes com o que digam ou façam contra ti; prossegue na tua obra; trabalha sempre pelo progresso da Humanidade, que serás amparado pelos bons Espíritos, enquanto perseverares no bom caminho.

Em alguns momentos do ano de 1859, Kardec efectuou no silêncio do seu escritório diversos cálculos para mensurar o tempo necessário para os trabalhos de consolidação da Doutrina Espírita. Em mensagem de 24 de Janeiro de 1860, sob o título “Duração dos Meus Trabalhos”, Kardec comenta sobre cálculos que fizera sobre a duração dos trabalhos da concepção da Doutrina Espírita. Acreditava que teria ainda dez anos de trabalho para concluir os fundamentos da Doutrina. Na referida mensagem, após comentar sobre o recebimento de informação de outro Espírito sobre a sua projecção, Kardec recebe do Espírito Verdade a confirmação sobre o período aproximado de dez anos para concluir parte da sua missão. A precisão foi absoluta, pois Kardec desencarnou em 31 de Março de 1869.

O ano de 1860 foi de recomeço para a Doutrina Espírita. Nomes hoje colocados como autoridades que ladearam Kardec para fundamentar o Espiritismo e que constam enxertados em diversos textos, divergiam dos encaminhamentos assumidos por Allan Kardec e pelos Espíritos da codificação. Como efeito, Kardec rompeu com esses nomes e reestruturou a Sociedade. No dia 12 de Abril de 1860, uma comunicação destaca positivamente a acção de Kardec diante das pretensões equivocadas dessas “autoridades”:

12 de Abril de 1860

(Em casa do Sr. Dehau; médium: Sr. Crozet)

(Comunicação espontânea obtida na minha ausência)

MINHA MISSÃO

Pela sua firmeza e perseverança, o vosso Presidente desmanchou os projectos dos que procuravam destruir-lhe o crédito e arruinar a Sociedade, na esperança de desfecharem na Doutrina um golpe fatal. Honra lhe seja! Fique ele certo de que estamos ao seu lado e que os Espíritos de sabedoria sentir-se-ão felizes por poderem assisti-lo na sua missão.

Quantos desejariam desempenhar a sombra dessa missão, para receberem a sombra dos benefícios que decorrem dela!

Ela, porém, é perigosa e, para a cumprir, são necessárias uma fé e uma vontade inabaláveis, assim como abnegação e coragem para afrontar as injúrias, os sarcasmos, as decepções e não se alterar com a lama que a inveja e a calúnia atirem. Nesta posição, o menos que pode acontecer a quem a ocupa é ser tratado de louco e de charlatão. Deixai que falem, deixai que pensem livremente: tudo, excepto a felicidade eterna, dura pouco. Tudo vos será levado em conta e ficai sabendo que, para ser-se feliz, é preciso que se haja contribuído para a felicidade dos pobres seres de que Deus povoou a vossa terra. Permaneça, pois, tranquila e serena a vossa consciência: é o precursor da felicidade celeste.

Em mensagem de 10 de Junho de 1860, sob o título “Minha Volta”, o Espírito Verdade recorda Kardec sobre a continuidade da missão em outra encarnação futuro. Facto é que os cálculos de Kardec sobre o seu retorno à carne careciam da visão elástica dos Espíritos desencarnados, pois hoje podemos depreender das mensagens já analisadas que a sua encarnação para dar cumprimento a Missão se daria somente após a 2ª Guerra Mundial e em vias da entrada do planeta em fase de regeneração. Esse período para o novo encarne de Kardec percorre os anos entre 1945 e 1985.

É no dia 22 de Dezembro de 1861, sob o título “Meu Sucessor”, que ocorre uma mensagem reveladora sobre o sucessor de Kardec. Nela podemos hoje vislumbrar o Chico Xavier como sucessor de Allan Kardec, sendo que de acordo com o conjunto das informações cotejadas sobre o retorno do Codificador, fica apresentado que Chico Xavier, que encarnou no dia 02 de Abril de 1910, viria antes da nova encarnação de Kardec. Na formulação da pergunta também está patente a preocupação de Kardec sobre quem seria o sucessor, visto a ausência de prováveis sucessores na sua época, mesmo tendo a tarefa facilitada, já que as bases da Doutrina estavam fundadas. Na resposta o Espírito informa que apesar da futura ausência de Kardec, diante do seu desencarne, “aconteça o que acontecer, o Espiritismo não periclitará”. É na sequência da mensagem que identificamos o perfil de Chico Xavier:

[…] Sua tarefa será assim facilitada, porque, como dizes, o caminho estará todo traçado; se ele daí se afastasse, perder-se-ia a si próprio, como já se perderam os que hão querido atravessar-se na estrada. A referida tarefa, porém, será mais penosa noutro sentido, visto que ele terá de sustentar lutas mais rudes. A ti te incumbe o encargo da concepção, a ele o da execução, pelo que terá de ser homem de energia e de ação. Admira aqui a sabedoria de Deus na escolha de seus mandatários: tu possuis as qualidades que eram necessárias ao trabalho que tens de realizar, porém não possuis as que serão necessárias ao teu sucessor. Tu precisas da calma, da tranquilidade do escritor que amadurece as ideias no silêncio da meditação; ele precisará da força do capitão que comanda um navio segundo as regras da Ciência.

Exonerado do trabalho de criação da obra sob cujo peso teu corpo sucumbirá, ele terá mais liberdade para aplicar todas as suas faculdades ao desenvolvimento e à consolidação do edifício.

  1. — Poderás dizer-me se a escolha do meu sucessor já está feita?
  2. — Está, sem o estar, dado que o homem, dispondo do livre-arbítrio, pode no último momento recuar diante da tarefa que ele próprio elegeu. É também indispensável que dê provas de si, de capacidade, de devotamento, de desinteresse e de abnegação. Se se deixasse levar apenas pela ambição e pelo desejo de primar, seria certamente posto de lado.

Percebe-se na resposta do Espírito a importância de Kardec enquanto encarregado da concepção da Doutrina Espírita e a de Chico Xavier o de executar com energia e acção a obra codificada por Kardec. Chico Xavier utilizou-se das suas faculdades para desenvolver e consolidar o Espiritismo de Kardec, conforme anunciado nesta mensagem de 22 de Dezembro de 1861.

Que Deus ilumine a todos! E que Kardec, actualmente encarnado em novo corpo, consiga levar a bom termo a sua missão.

Irmão Aníbal

Mensagem recebida em 18 de Abril de 2012.

***

Fonte: http://espiritualidade2010.blogspot.pt/search/label/Irm%C3%A3o%20An%C3%ADbal

***

ORAÇÃO DE MAITREYA

 

Postado por Mary em 20 Janeiro 2013 às 19:43

 

Em comunhão com as Forças Cósmicas, orando por todos os meus irmãos, por Todos os Seres da Natureza, eu, como uma parte do Todo, elevo ao Divino Pai esta súplica:

Deus! Seja a Vossa Luz a estrada por onde trilharão os meus pés.

Seja a Vossa Bênção, conforto para a minha vida, pureza para a minha alma, serenidade e discernimento para a minha mente.

Desdobre a minha alma em direcção a Vós, Senhor, para o encontro da Eternidade.

Seja o meu ser digno da Dádiva da Vida, para que Possais habitar o meu íntimo.

Pai! Dai-me sabedoria e humildade para que eu possa compreender as Vossas Divinas Leis, e Dai-me a inteligência e energia para as difundir.

Que a Bondade seja a espada com que me defenderei dos inimigos, e rogo para eles a Vossa Misericórdia, Senhor.

Que o Amor e o Perdão sejam os sentimentos cultivados pela minha alma, para que a Luz penetre em todos os recônditos.

Dai-me paciência para relevar as fraquezas dos meus semelhantes e Dai-me forças para sobrepujar as minhas.

Que eu seja um instrumento da Vossa Vontade, a fim de que, através de mim, Vossa Seara seja aumentada para a grandeza do Vosso Reino.

Perdoai, Senhor, aqueles que estão no erro, e Dai-lhes a suprema felicidade de conhecerem a beleza da Vossa Perfeição, a realidade do Vosso Reino e a eternidade do Vosso Amor, que ilumina sem distinção toda a criação.

Que a omnipotência da Vossa Presença, como sublime promessa se estenda sobre mim, abençoando o meu ser.

E que as portas do futuro sejam, par-a-par, com o infinito!

Amém.

***

Tudo o que receberem conterá orientações que devem ser executadas para o Bem do Planeta

 

Mensagem de CLARG, Ser de Luz

Transmitida a Agartha Sham,

Em 25 de Fevereiro de 2017

 

Eu Sou Grata pelas vossas dádivas. Agradeço tudo, o que me enviam.

Gosto quando se conectam comigo.

Não temam o que vem aí. São limpezas do mais profundo que há. São necessárias e vitais.

Muito se vai fazer pela elevação do Planeta. Somos muitos e muitas, de Luz.

Para vós, vão muitas vibrações positivas. Mas temos também de limpar o que está pesado.

As mudanças não são compatíveis com as velhas vibrações. Procurem elevar-se um pouco.

Sintam os vossos corações, alinhem-se com o Amor, sereis vós as e os escolhidos para permanecer. Quantos e quantas de vós procuram a elevação sem conseguirem?

Nada temam. Deixem-se guiar pelo vosso coração e o que fizerem será certo.

Façam silêncio interior. Ouçam o pulsar da vossa energia. Captem o ritmo dos vossos corações. Acertem o compasso com o nosso.

Recebam a Luz. Abram-se para o Todo. Sejam os Cálices.

Estejam atentos e atentas às emanações energéticas que recebem, recebam a Luz e usem-na como sabem. Claro que sabem, vós sois parte dela. Fazem parte da Mudança.

Não se esqueçam de enviar, tratar quem mais precisa.

Levantem-se para agradecer o que vos disponibilizamos.

Sejam gratos e gratas por estas dádivas.

A gratidão faz-vos crescer.

Não temam pelo Planeta, unam-se aos guardiões, guardiãs.

Oiçam o que têm de fazer, abracem a vossa Missão. Levem-na a cabo com determinação, pois vós fazeis parte do Plano. Por isso vos elevais.

Contamos convosco. Libertem-se do lastro que vos puxa para direcções erradas.

Não se deixem confundir.

Nós somos grande parte desse Todo. Não se deixem ficar para trás. Não se atrasem.

Estamos aqui para vós e vamos enviar-vos as orientações de que necessitais. Façam Silêncio, meditem; as mensagens estão a ser enviadas. Aguardem o Sinal, a seu tempo daremos Ordem para começar.

Procurem as mensagens, elas estão por todo o lado.

Abram os olhos dos vossos sentidos. Captem os sinais. Natureza, objectos, pensamentos, livros, Internet – tudo está pronto para começar.

Tomem atenção ao que vão captar, se possível registem ou escrevam, também podem gravar ou fotografar.

Procurem as mensagens. Elas contêm as instruções que devem seguir. Sei que o fareis. Sei que posso confiar em vós. Aguardo com entusiasmo para ver como vai correr.

Soltem-se, preparem-se e avancem sem medo.

Tudo o que receberem conterá orientações que devem ser executadas para o Bem do Planeta.

Vamos ver como corre.

Eu Sou CLARG

https://voonaluz.pt

***

CARTA DE TIO NILSON

Divaldo Franco

Corações afectuosos e queridos:

Esteja em nós a paz do Senhor!

Retorno ao convívio amigo, evocando os dias do passado impregnados no cerne do meu modesto ser.

Há 64 anos, sonhando, iniciamos, ou reiniciamos? Uma jornada de amor que se deverá prolongar pelos longes do amanhã. Éramos inexperientes mas arrebatados pela fé espírita compreendemos que o sentido da nossa existência estava contido na obra de educação das novas gerações, especialmente daquelas socialmente abandonadas.

A luz da caridade brilhava nos nossos sentimentos enquanto as sombras do passado tentavam impedir-nos o avanço.

A Espiritualidade superior convocara-nos a seguir Jesus, recuperando-nos de graves cometimentos que necessitavam de regularização.

Hediondos crimes que permaneciam desconhecidos impunham a felicidade das vítimas e a reparação dos algozes. Não havia outra alternativa, senão amar-sofrendo e sofrer-servindo.

Surgiu a Mansão do Caminho, evocando a Casa de Pedro, Tiago e João na estrada que levava de Jerusalém a Jope.

Aí a dor encontrava lenitivo, o abandono recebia amparo, o ódio era lenido pela compaixão.

A esforços inauditos, Deus e Mamom, mundo e Jesus, descalçamos os pés e distendemos as mãos na direcção do serviço.

Não mais descanso, nem ilusões. Sol a chuva, estio a tempestade, com um grupo de consoladores iniciamos o trabalho da vivência cristã e começamos a semear esperança. Vimos surgir as plântulas frágeis que cresceram e favoreceram com fronde, flores e frutos, sorrindo também de incontida alegria.

Quase todos aqueles que se dedicaram ao amor retornaram ao Grande Lar e aqui estão connosco cantando hosanas com lágrimas que aljofram os nossos olhos enquanto agradecem ao Senhor.

Sucederam-se gerações, novos lidadores chegaram e deram continuidade à tarefa.

Os tempos mudaram, os hábitos alteraram-se, a cultura ampliou-se, a ciência e a tecnologia aumentaram os horizontes da humanidade e o nosso bastião de amor permanece inexpugnável ao serviço do Amor não amado.

Embora as glórias destes dias, nunca houve tanta dor esperando por socorro, tanta solidão como agora.

Multiplicaram-se os crimes de todo o jaez e o ser humano permanece estúrdio, agitado ou deprimido, necessitado de amor.

As suas vozes e as suas acções mantêm a esperança e agem em nome d’Ele.

Que nunca lhes tome o cansaço de amar e de servir, nem se permitam o luxo de desertar ou estacionar nos compromissos libertadores.

Permaneçam unidos na fé raciocinada, não descansando sob falsas justificações.

Continuem o trabalho sem enfado e ajudem-se reciprocamente.

O Senhor tem providenciado continuadores que já se encontram em acção, para que as características de nossa Casa fiel à doutrina espírita permaneça incorruptível e aberta ao sofrimento de qualquer matiz.

Que todos nos alegremos na consciência do dever cumprido e a executar, tornando-nos trabalhadores da última hora, mas devotados e felizes.

Abraçando-os ternamente, o velho amigo e devotado servidor,

Tio Nilson

***

Página psicografada pelo médium Divaldo Pereira Franco,

Na reunião mediúnica da noite de 15 de Agosto de 2016, data do aniversário da Mansão do Caminho, no Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, Bahia.

Em 19.8.2016.

Fonte: Divaldo Franco

www.divaldofranco.com.br

***

Tive o prazer e a honra de conhecer e trocar algumas ideias com este Amado Irmão, Tio Nilson, pois ele acompanhava Divaldo Franco nas visitas a Portugal.

Álvaro de Jesus

***

O CAMINHO-Novo Templo do Senhor

http://caminhonovotemplo.com

***

***

COMPETE-VOS REGRESSAR AO DIVINO

KWAN YIN

25 de Dezembro de 2013

 EU SOU Kuan Yin.

 À semelhança de minha irmã Maria, vim até vós com uma mensagem com que pretendo falar-vos dos fundamentos da Fé e ensinar-vos a segui-la, independentemente de quaisquer dificuldades e obstáculos externos.

Preparem-se, pois, para uma conversa séria.

Há uma necessidade imperiosa de transformação da consciência da humanidade. Encontramo-nos no fim de um ciclo e este é o momento em que a vossa consciência deve mudar.

Vai ter lugar, literalmente, uma revolução na vossa consciência, como referiu o amado Babaji.

Eu vim hoje chamar a vossa atenção para as futuras mudanças.

A maioria da Humanidade atingiu um beco sem saída no seu processo evolutivo. A prevalência da concentração no externo, no consumo e na obtenção de prazeres materiais conduz à degradação da consciência humana. Assim, no futuro próximo, iremos tomar todas as medidas necessárias para conduzir a humanidade de retorno ao caminho evolutivo centrado nos valores Divinos internos.

Há valores eternos que permanecem convosco ao longo de toda a vossa trajectória evolutiva. Estas qualidades são conhecidas por todos e não necessitam de qualquer justificação – Bondade, Misericórdia, Compaixão, Amor, Nobreza, Coragem, Devoção, Aspiração e Persistência.

Muitas destas qualidades são agora desvalorizadas e até desprezadas e deixaram de interessar a muitos seres humanos. Por isso, a nossa e a vossa tarefa no momento presente é reintroduzir estas qualidades divinas na vossa vida.

Compete-vos regressar a Deus e ao Divino. Isso significa que a vossa consciência deverá sofrer uma revolução no futuro próximo.

Somente quando fordes capazes de superar a magia das forças ilusórias é que acordareis para a Vida Eterna. Para tal, venho trazer-vos as minhas exortações.

À partida, poderá parecer que as minhas palavras são demasiado simples e não possuem qualquer profundidade. Isso deve-se ao facto de estardes, sobretudo, à espera de “alimento” para a vossa mente carnal.

Mas, amados, os músculos da carne não têm nada em comum com as realizações espirituais. É exactamente devido à sua simplicidade que o Ensinamento tem sido ignorado por muitos intelectuais que se acostumaram a lidar apenas com frases e expressões snobes, requintadas e pseudo-científicas.

A Verdade, a Verdade Divina está para além de quaisquer aspirações e manifestações externas, incluindo o refinamento intelectual. Não existe nem pode existir Deus numa atmosfera em que cada um quer provar a sua importância e prioridade.

A busca da importância individual no plano físico não faz parte do plano Divino. Nenhum ser que faça parte do “corpo de Deus” pode ser exclusivista e insistir no direito de governar e liderar os outros.

A orientação divina não se manifesta de fora, mas de dentro dos seres humanos. É por isso que o foco da vossa atenção deve ser redireccionado do exterior para o interior.

Tudo o que as forças ilusórias fazem é tentar concentrar constantemente a vossa atenção no mundo externo.

É por isso que as formas e os produtos mudam rápida e constantemente. A mesma agitação está permanentemente presente nos ecrãs da televisão. Vós sois constantemente bombardeados com efeitos de som e luz. Estas ferramentas impedem o acesso à vossa essência divina interior. As qualidades divinas internas passam a ser substituídas por falsos interesses externos.

Vós permaneceis continuamente hipnotizados pelo fluxo informacional e não tendes tempo para pensar naquilo que é Eterno. E se não pensardes no Eterno não sereis capazes de viver a Vida Eterna.

Se não encontrardes tempo, silêncio e solidão para considerardes as vossas qualidades espirituais, não sereis capazes de desenvolver a vossa Divindade interior.

Se não lerem textos de boa qualidade, deixareis de pensar naquilo que é realmente importante.

E se pararem de pensar, perdereis a vossa independência intelectual e espiritual e expor-vos-eis aos fluxos de informação de má qualidade que vos empurram para as margens do desenvolvimento espiritual.

Eu repito incansavelmente que tendes de vos esforçar por encontrar os valores Eternos do Espírito no meio da diversidade da vida e desistir de tudo o que é transitório e perecível.

Os gritos e berros dos meios de comunicação modernos têm apenas um único objectivo – afastar-vos do caminho do desenvolvimento espiritual. A nossa tarefa é salvar e conduzir o maior número possível de almas para longe do mundo da ilusão em que estão mergulhadas.

No momento presente, aplicamos enormes esforços para imprimir a imagem do caminho Divino de desenvolvimento na consciência do maior número possível de pessoas. Utilizamos todos os métodos à nossa disposição. No entanto, é importante que saibam que muitas coisas só podem ser feitas quando as pessoas estão encarnadas, com os seus instrumentos humanos.

É por isso que chamamos, incansavelmente, a vossa atenção para a necessidade de realizar acções concretas no plano físico. As nossas Mensagens têm um efeito prolongado. Eles podem mudar a consciência do leitor diário no espaço de poucos anos. No entanto, as forças opostas adoptaram novas tecnologias que substituem o desejo natural de conhecimento das pessoas pela sede de informação.

Existe uma diferença significativa entre a busca do Conhecimento e a satisfação de uma mera curiosidade informativa.

O Conhecimento espiritual é eterno, mas a informação torna-se obsoleta muito rapidamente. Ao permanecerdes constantemente fixados no fluxo informacional, perdeis a capacidade de analisar e fazer distinções. A capacidade de fazer distinções (entre o fundamental e o acessório) está bloqueada pelas novas tecnologias de informação. Se não conseguis acreditar no Supremo, na estrutura oculta deste Universo, isto é, se não tenderdes a acreditar no Divino, então não tereis, literalmente, qualquer oportunidade de sair do labirinto da ilusão rumo à vida eterna.

Eu venho avisar que cada um de vós tem de fazer, no futuro próximo, a sua escolha consciente, entre duas vias: ou deslizar para o abismo da impiedade e ignorância, ou erguer os olhos e voltar-se para os cumes da consciência divina.

A ilusão mostra, obedientemente, o lado que cada um espera ver.

Se fordes movidos pelo desejo constante de procurar prazeres materiais e sensoriais da vida, então ser-vos-ão oferecidas formas cada vez mais sofisticadas destes prazeres. Se, pelo contrário, tomardes a decisão interna de aspirar ao Caminho Divino, então encontrareis tudo o que for necessário na vida para vos ajudar a pisar a terra firme do caminho evolutivo.

Todas as chaves e mecanismos necessários estão escondidos no vosso interior, e só vós podeis tomar essa decisão. Muitas pessoas seguem ao longo de uma grande estrada que conduz a lado nenhum, enquanto outras encontram o caminho estreito que conduz à Eternidade.

A escolha é vossa.

EU SOU Kuan Yin.

kuan-yin-1

***

COMPETE-VOS SALVAR A VOSSA ALMA

SANAT KUMARA – Cristo de Vénus

20 de Junho de 2014

EU SOU Sanat Kumara.

Vim hoje até vós neste momento que julgamos muito relevante.

Como sempre, pretendo usar esta oportunidade Divina para partilhar convosco o nosso conhecimento e vos ajudar a compreender as transformações que a humanidade da Terra está a viver no momento presente.

Temos afirmado frequentemente em mensagens anteriores que as vibrações do plano físico do planeta Terra estão a acelerar. Dissemo-vos que têm de fazer um esforço para que as vossas próprias vibrações e o nível da vossa consciência correspondam à nova realidade.

Aqueles que têm vindo a seguir as nossas recomendações têm dado um salto sem precedentes no seu desenvolvimento. Para esses, abrem-se oportunidades e perspectivas sem precedentes de desenvolvimento interior. Encontram-se no topo da onda da oportunidade Divina e isso permitirá que a sua alma continue a sua evolução para um novo nível.

Conseguiram aproveitar a oportunidade que lhes foi dada! Têm conseguido aproveitar a nossa mão amiga e atendido aos nossos conselhos!

No entanto, isso não aconteceu para a maioria da humanidade, A maior parte das pessoas encontra-se perdida no turbilhão de energias e não está consciente dos processos que estão a ocorrer.

Encontram-se numa situação em que as novas energias estão a expulsar do seu ser todos os bloqueios kármicos gerados pelas velhas energias. Isso assemelha-se à limpeza de Primavera que, às vezes, fazemos em nossas casas. Sacudimos coisas velhas, varremos o lixo e, enquanto o fazemos, o caos, a confusão e redemoinhos de pó cercam-nos durante algum tempo.

Contudo, não esperem que alguém venha arrumar a confusão no interior das vossas casas. Vocês são as únicas pessoas que podem colocar as coisas em ordem dentro do vosso ser – mais ninguém o pode fazer!

Por isso, advertimo-vos uma e outra vez que cada pessoa que está a viver este momento de transição no planeta terá que fazer sua escolha, queira ou não queira!

Agora, como em todas as situações difíceis que se colocam nas vossas vidas e na vida do planeta, vocês têm uma oportunidade sem precedentes para o próprio desenvolvimento.

O que, durante séculos, se manteve discretamente escondido e oculto na profundidade do vosso ser, agora subiu à superfície pelo efeito das energias da mudança.

É possível observá-lo em vós mesmos e, literalmente, em todos os lugares do planeta.

Poder-se-á perguntar: isso é bom ou mau? Sem dúvida que não será muito bom para quem esperar uma vida livre de problemas no plano físico. Mas será certamente uma grande oportunidade para o desenvolvimento das vossas almas.

Há dez anos, foi-nos concedida uma enorme Dispensação Divina para a transmissão destas nossas mensagens. Elas destinam-se a ajudar as vossas almas a preparar-se para o actual salto energético.

E, de facto, muitos receberam a nossa ajuda. Lamentamos apenas que o número de pessoas que a obtiveram não tenha sido muito grande.

Mesmo entre as pessoas que, graças ao seu karma ou nível de vibração, poderiam entrar em contacto com as nossas mensagens, a percentagem de indivíduos que seguem com precisão as nossas recomendações não é muito elevada.

Muitos lêem as nossas mensagens e continuam com a sua rotina habitual de vida. Não conseguem acreditar que seguindo as nossas recomendações tornarão a sua vida muito mais fácil e salvarão definitivamente a sua alma.

A falta de fé impede a humanidade de levar a sério as nossas recomendações. A falta de fé é a pedra de tropeço para muitas almas.

Muitos estão sempre de sobreaviso e recebem com cautela e desconfiança quaisquer novos ensinamentos, além de duvidarem profundamente das religiões tradicionais.

Não há nenhuma outra esfera da vida humana onde haja tantas distorções como na esfera da fé. Isso é óbvio e evidente. Contudo, a questão da fé é a questão mais importante para cada ser humano. Se tiverem fé e forem sinceros na vossa fé, já estarão salvos.

É por isso que as forças opostas fazem tudo para comprometer todas as fontes da Verdade e todos os verdadeiros Ensinamentos no vosso mundo. A forma mais habitual de o fazerem é criando e divulgando muitos falsos ensinamentos e seitas. Com tal abundância de mentiras, não só a fé se perde, mas também a esperança de um futuro melhor.

O outro método utilizado pelas forças opostas consiste em espalhar mentiras e calúnias. Todos os valores autênticas são enegrecidos e arrastados pela lama. Isto aliena muitos buscadores sinceros da verdade e afasta-os do caminho Divino de desenvolvimento. O que vos é então oferecido por essas forças opostas? São-vos oferecidas inúmeras tentações e armadilhas no plano físico e quando entram nesses caminhos cortam-se definitivamente do caminho do desenvolvimento evolutivo.

O vosso Caminho é o Caminho das Iniciações. Neste momento, enfrentam os testes e obstáculos mais difíceis neste Caminho.

Só os mais fieis serão capazes de superar todas as armadilhas e tentações do mundo físico. Por isso, ao longo da vossa diária, procurem focar-se continuamente no Divino e na Realidade Suprema.

Nenhum momento da vossa vida deve ser vivido afastado do Divino. Só quando se encontram constantemente focados na Realidade Suprema é que se tornam invulneráveis às forças opostas e adquirem a capacidade de distinguir entre o que é benéfico para o desenvolvimento da vossa alma e o que lhe provoca danos irreparáveis.

Gostaria de chamar a atenção, mais uma vez, para este facto importante; o tempo actual é, em primeiro lugar, um momento de triagem entre as almas que são capazes de evoluir das que não são capazes de o fazer.

Este tempo oferece enormes oportunidades para o vosso crescimento espiritual. É fácil discernir de que lado se encontra cada pessoa. Na verdade, os políticos, especuladores financeiros e representantes dos governos e das autoridades não já não conseguem segurar as suas máscaras por muito mais tempo. Este é o tempo em que as máscaras caem facilmente e se vê de que lado de encontra cada um.

Quando vocês vêem ou sabem quem está do lado das forças não-divinas, mas continuam a apoiá-las por medo ou lucro, colocam-se do seu lado.

Assim, antes de tomarem qualquer decisão na vida, pesem completamente as consequências que isso trará à vossa alma.

O vosso corpo físico será deixado na terra; a vossa missão é salvar a alma.

É por isso que os homens sábios de todos os tempos preferiram salvar a sua alma a salvar o seu corpo.

Reflictam sobre esta minha mensagem.

EU SOU Sanat Kumara. OM…

sanat-kumara2

***

Dever-vos-eis aplicar ao máximo para que o Divino retorne à vossa vida!

24 de Dezembro de 2013

EU SOU Maria

Eu vim hoje até vós para vos trazer alguns sinais e presságios sobre o que aguarda os filhos e filhas de Deus na Terra.

Na altura do solstício de Inverno, há poucas horas de sol no hemisfério norte e a esperança é a única coisa que aquece as almas das pessoas. Mas, em breve, o tempo passará e, de novo, o sol começará a subir acima do horizonte, cada vez mais a cada dia.

O mesmo acontecerá na vossa vida espiritual: o crepúsculo da consciência humana será, inevitavelmente, substituído pelo sol do espírito. O sol da Divindade interior iluminará a vossa mente e todos os vossos pensamentos e sentimentos. E isso acontecerá, em breve, amados.

No momento presente, as forças e energias das trevas agitam-se furiosas no vosso mundo. E cada pessoa capaz de transmitir a energia da Luz, estará exposta à crítica e até à perseguição. E isso é muito triste.

Algum tempo atrás, o meu filho Jesus experimentou a manifestação do ódio e aversão humana em toda a sua extensão. Ele dedicou a sua vida a servir os seus semelhantes. Muitos doentes incuráveis foram curados por ele com a ajuda de Deus. Muitas pessoas vieram ver os milagres realizados pelo meu filho Jesus.

No entanto, quanto mais ele se dedicava ao povo, maior e mais forte era a oposição que se formava contra ele e a sua missão.

Em termos de lógica humana, é muito difícil explicar o que aconteceu, quando uma multidão frenética, onde se incluíam as pessoas curadas por Jesus, exigiu furiosamente a sua punição.

No entanto, se nos permitirmos ascender para um nível superior de consciência, então o evento da crucificação de Cristo tornar-se-á claro. Uma enorme quantidade de Luz foi trazida por Jesus ao mundo – não apenas a luz do conhecimento, mas também uma enorme quantidade de energia Divina.

A nível subconsciente, tudo o que não pertencia à Luz sentiu uma profunda aversão à missão de Cristo. Essa aversão era a manifestação das forças opostas à Luz. Vós conheceis a Lei: qualquer acção produz uma reacção igual e em sentido oposto. Esta lei do mundo físico é inteiramente aplicável aos processos espirituais que acontecem no universo. E se uma pessoa tem o potencial de levar a Luz Divina ao mundo ilusório, então terá de enfrentar a oposição das forças que representam a ilusão.

É assim que as coisas funcionam, amados. E esta lei continua ainda a operar no vosso mundo, da mesma forma.

Através do exemplo de Jesus Cristo, muitas gerações de cristãos tiveram a oportunidade de verificar o funcionamento desta lei. E muitos verdadeiros seguidores do cristianismo, (aqueles que seguem a essência dos ensinamentos de Cristo, mas não a sua letra), ainda hoje continuam a experimentar a pressão das forças opostas.

No vosso mundo, este confronto é inevitável e não pode ser detido. Como tudo no vosso mundo, o confronto entre as duas principais forças que actuam no Universo não pode parar instantaneamente. Mas, com o passar do tempo, esta oposição tornar-se-á menos destrutiva. E, num futuro distante, essas duas forças equilibrar-se-ão de tal forma que o confronto actual dará lugar à cooperação e à interacção.

Muitos de vós, amados, ainda se confrontam. Isso acontece mesmo quando parecem seguir o mesmo caminho espiritual.

Este confronto é explicado pela imperfeição do vosso mundo. Assim, essas duas forças opostas manifestam-se através das acções dos seres humanos. Nesta fase, essa oposição manifesta-se como animosidade, ressentimento, desconfiança e até mesmo ódio. É muito fácil a mesma pessoa cair sob a influência de forças diferentes durante o mesmo dia.

Amados, tudo isso acontece por causa da falta de Amor nos vossos corações. E essa falta é provocada pelo afastamento do mundo Divino.

Sem Deus não existe Amor. Por isso, deveis esforçar-vos ao máximo para que a vossa vida se oriente de novo para Deus e o Divino.

Observem tudo o que vos cerca no vosso mundo: anúncios, paisagens urbanas, rostos sombrios de transeuntes, programas de TV… O vosso mundo não é um lugar amigável. O medo, tensão e tristeza espreitam por todo o lado e as pessoas absorvem esse estado do mundo exterior. E mesmo os muitos jovens começam a perder muito cedo essa carga de optimismo e alegria que deveriam ser características básicas da juventude.

Os verdadeiros dons e alegrias espirituais estão a ser substituídos por falsas panaceias e placebos: filmes agressivos e sensuais, música estridente e drogas.

O verdadeiro Amor está a ser substituído pelo amor carnal que não tem nada em comum com o verdadeiro Amor.

Para quem permanecer constantemente nestes ambientes não-divinos, é muito fácil perder a sua alma porque este é um tempo particularmente perigoso para as almas de muitas pessoas, especialmente para a juventude. É por isso que os outros Mestres e Eu própria vimos trazer-vos a compreensão dos processos que ocorrem na Terra, recordar-vos que o mundo nem sempre foi tão infeliz e anunciar-vos o futuro brilhante que aguarda a humanidade num futuro não muito distante.

Em primeiro lugar, este futuro vai germinar nos corações de várias pessoas que, possuindo um Espírito forte, se poderão opor à ilusão circundante com a sua fé e a devoção a Deus e aos Mestres. Mais tarde, quando mais dessas almas sintonizadas com a consciência Divina estiverem encarnadas, a humanidade na sua maioria começará a dirigir-se para a Luz. E as pessoas cujo estado de consciência for semelhante ao actual serão vistas e consideradas como ovelhas negras que necessitam de compaixão e Amor ilimitados.

As almas de muitos de vós só conseguirão assumir definitivamente a sua natureza espiritual sob a influência da Compaixão, Misericórdia e Amor perante a vida.

O grande feito do meu filho Jesus foi conseguir continuar a sentir Amor para com aqueles que o torturaram e lhe provocaram a morte.

É exactamente por isso que milhões de cristãos em todo o mundo continuam a adorar a “proeza” do meu filho.

Eu prevejo que, no futuro próximo, muitos dos que agora estão a ler esta minha mensagem, serão capazes de responder com amor a todas as armadilhas e truques das forças ilusórias. E, mesmo em face da morte, os meus filhos podem mostrar misericórdia e compaixão para com as almas daqueles que os torturam, pois muitos não sabem o que fazem. Se soubessem, nunca praticariam tais feitos.

Cada um de vós pode mostrar o Caminho a muitas almas perdidas. Orem para que a humanidade se possa espiritualizar e perdoem, perdoem a todos.

EU SOU Maria.

mae-maria

***

Mostro-vos o caminho de saída do labirinto da ilusão

Senhor Maitreya, o Cristo Cósmico

 23 de Dezembro de 2013

***

EU SOU Maitreya e vim hoje até vós experimentar novamente o sentido de comunidade com a humanidade da Terra.

É muito agradável chegar até vós e acreditar que a cada vinda minha se aproxima mais e mais a Nova Era, quando a humanidade será finalmente capaz de encontrar o caminho brilhante do seu desenvolvimento espiritual.

Mais cedo ou mais tarde, a senda escura será deixada para trás. Mais cedo ou mais tarde, chegará o momento alegre em que sereis capazes de olhar para trás e perceber todo o abismo de ilusões em que a humanidade tem vivido há muitos milhares de anos.

É o tempo. É hora de acordar. Vós encontrais-vos mergulhados num longo sonho e não pareceis apressar-vos a acordar das doces ilusões que vos rodeiam e dominam.

É a hora de acordar para a nova realidade! Apenas um pequeno passo em frente separa a verdadeira Realidade do vosso actual estado de consciência. Um único passo.

Estou certo que sereis capazes de o dar!

Hoje, vim apoiar-vos na parte mais difícil do Caminho. Vim falar sobre vós mesmos e sobre a vossa posição no mundo. E também vim recordar-vos que todos têm que fazer a sua escolha final, no futuro próximo. Esta escolha refere-se ao vosso desejo de seguir o verdadeiro Caminho da evolução ou a preferência em permanecer no passado e seguir o caminho de muitas outras civilizações fracassadas.

Sim, amados, no vosso planeta, já houve no passado muitas civilizações que optaram por seguir o seu próprio caminho.

Não foi apenas no vosso planeta, mas também noutros sistemas planetários.

Todo o processo de evolução consiste nas escolhas que cada um faz por si mesmo, de acordo com o seu livre-arbítrio. Se não possuísseis livre-arbítrio, agiríeis de acordo com a vontade dos Mestres. Mas, nesse caso, não seríeis capazes de vos desenvolver autonomamente e estaríeis destinados a obedecer à vontade de terceiros.

Quando um bebé nasce, ele é completamente dependente de seus pais durante um certo período de tempo. Ele não é capaz de se mover por si só e não consegue preparar a sua alimentação. Mas, com o tempo, as crianças vão crescendo, saem de casa dos pais e agem por conta própria, assumindo a responsabilidade pessoal pelas suas vidas. No entanto, as crianças mais sábias mantêm a conexão com a família, e com os pais, e aceitam os seus conselhos e ajuda.

Até certo ponto, vós sois nossos filhos, os filhos dos Mestres Ascensionados. Cada um de vós possui uma nossa partícula no vosso interior, o embrião da vossa Divindade futura.

Mas há sempre algumas crianças desobedientes que se esquecem da família e dos seus progenitores celestes.

Encontram-se tão profundamente mergulhadas na ilusão que lhes é muito difícil lembrarem-se da sua verdadeira natureza espiritual, aperceberem-se como chegaram a um estado tão miserável de orfandade espiritual e o que precisam fazer para regressar ao Lar paternal.

Mas, ao contrário de muitas almas órfãs que estão perdidas no vosso mundo, existem algumas que recordam a sua missão e origem Divina. Ora é exactamente para estas almas que eu apelo hoje, almas que tomo sob a minha orientação no seu Caminho das Iniciações.

Há muito poucos de vós. Contudo, conheço-vos muito bem pois tenho vindo a trabalhar convosco ao longo de muitas encarnações.

O problema é que a situação actual do mundo cria dificuldades adicionais para a nossa comunicação e conexão convosco.

Muitos de vós esqueceram-se de mim. Mas eu recordo-me de todos e de cada um. É por isso que venho de vez em quando retomar a nossa conexão que se mantém há milhares de anos. Mesmo quando vos encontreis tão profundamente mergulhados na ilusão que vos esqueceis de Deus e dos Mestres, a nossa ligação permanece nos planos superiores do ser.

Muitos de vós são testados, novamente, no Caminho. Mas muitos não entendem que tudo o que lhes acontece na vida representa apenas provas por que têm de passar, encarnação após encarnação.

E o principal teste é o teste do não-apego a tudo o que for material. Se estiverdes demasiado ligados aos vossos filhos, pais, entes queridos, objectos materiais, hábitos e rotinas, as circunstâncias da vida tenderão a privar-vos dos objectos da vossa fixação.

A escolha principal que vos compete fazer nesta vida, ou de uma vida para outra, é a escolha entre o mundo Divino e o mundo ilusório.

Quando escolheis o mundo ilusório, prendeis-vos a ele e continuareis a reencarnar constantemente até vos libertardes dos vossos apegos.

Mas, se escolherdes o mundo superior, então deslocar-vos-eis na sua direcção.

A característica do nosso Universo é tal que cada pessoa ocupa o lugar na escada evolutiva que corresponde ao seu nível de consciência. Assim, o facto de ainda estardes a viver no vosso mundo significa que ainda vos encontrais ligados a ele, pois, até agora, tendes feito as vossas escolhas a vosso favor.

A minha responsabilidade, como vosso Iniciador, é explicar os vossos apegos e as dificuldades no Caminho. Somente quando conseguirdes superar interiormente todos esses apegos e imperfeições é que tereis a oportunidade de seguir para mundos mais perfeitos.

A fronteira entre os mundos só pode ser superada pelo aumento de vibrações.

No entanto, o mundo material, o mundo da ilusão tudo faz para vos prender a ele. E se acreditais na ilusão, ela tornar-se-vos-á uma realidade.

Com cada nova encarnação, o jogo torna-se mais difícil e sereis forçados a superar condições cada vez piores para mostrar a vossa aspiração e determinação e, finalmente, sair da armadilha da ilusão.

No momento presente, o mundo da ilusão utiliza estratégias sofisticadas para manter permanentemente a vossa consciência num baixo nível vibracional. Tudo o que vos rodeia na vida quotidiana cria barreiras no caminho para os mundos superiores.

Todas as forças da indústria moderna estão orientadas para baixar as vossas vibrações e, literalmente, para vos separar dos mundos superiores.

Assim, a vossa tarefa é superar as armadilhas da ilusão e treinar os músculos espirituais por meio de práticas e métodos espirituais de forma a que consigam manter a independência em relação às forças ilusórias, nas situações mais difíceis da vida.

Vós já vos encontrais no interior na pirâmide das Iniciações. Eu apenas vos mostro o caminho de saída do labirinto da ilusão.

Quantos me conseguem ouvir?

Eu sei que os meus bodhisattvas (discípulos) mais dedicados ouvem-me e seguem-me, resistindo a todo e qualquer tipo de ilusão.

E cada um pode arrastar consigo milhares de almas!

EU SOU Maitreya.

senhor-maitreya-1

***

V

A VIDA ESPIRITUAL

A Direcção Superior do mundo terreno, habitado por uma multidão de mais de dois biliões de almas encarnadas, está nestes tempos de fim de século, a procurar encaminhar essas almas para o seu verdadeiro destino que é a sua iluminação espiritual. Para conseguir tão importante objectivo, a Direcção Superior enviou à Terra uma luminosa selecção de Entidades integradas no supremo bem que constitui a finalidade primordial das suas encarnações. Estas Entidades trabalham com verdadeiro devotamento durante as vinte e quatro horas do dia, visto que, não havendo tempo a perder, é necessário introduzir no coração dos Espíritos encarnados, aquela mesma ideia que no Alto lhes fora apresentada ao partirem para a Terra, porém, aqui lamentavelmente esquecida. Foi por este motivo que a Direcção Superior do planeta deliberou interferir junto a todos os homens e mulheres enquanto não chegam certos acontecimentos que para cá se encaminham, conforme já estais informados através de outros mensageiros de Jesus.

A minha presença agora entre vós representa a participação do meu Espírito nesta grandiosa tarefa de salvamento, acorrendo eu, então, com o meu barquinho, que é o meu conselho, a tentar recolher o maior número possível na hora do naufrágio iminente. Somando assim o meu conselho sincero e amigo a quantos me antecederam, eu desejo prestar ao meu Divino Mestre e Senhor toda a minha colaboração na sua grandiosa Cruzada de Esclarecimento difundida por todo o planeta.

Este nosso trabalho tem muito de semelhante à tarefa do pescador que lança ao mar as suas redes na esperança de as retirar pejadas de peixes, acontecendo não raro ter despendido seus esforços em vão. Há contudo uma grande diferença entre a finalidade da tarefa do pescador de peixes e a do pescador de almas. É que, enquanto o primeiro objectiva alcançar os peixes para utilizar os seus corpos, o pescador de almas empresta ao corpo o nenhum interesse que este possui, para alcançar primordialmente a alma e encaminhá-la para Deus por intermédio de Jesus. Assim procedendo, eu venho de muito alto em cumprimento de luminosa tarefa, junto aos meus estimados irmãos que ainda perlustram os caminhos terrenos, de onde me afastei há mais de quatro séculos após cumprir quanto se fazia necessário à minha evolução espiritual.

Lançado que foi, entretanto, pelo meu Divino Mestre Jesus, o convite a quantos desejassem colaborar nesta grandiosa Cruzada, eu senti-me imediatamente tocado no íntimo do meu coração e fui pedir ao Senhor as necessárias instruções para colaborar.

Nosso Divino Mestre apenas me contemplou com seu magnífico olhar, apressou-se em me dizer:

“Almirante, reúne os teus sábios argumentos; mune-te de larga dose de paciência; leva contigo esse largo cabedal de experiência adquirida em milénios de vidas terrenas, e vai, vai secundar o trabalho de milhares de luminosos mensageiros meus que percorrem a face da Terra, a despertar a todos os meus queridos governados para sua próxima salvação. Vai, pois, com as bênçãos do Pai Celestial, e a certeza de que estarei ao teu lado sempre que necessitares de mim, no desempenho da tua grande tarefa.”

E eu parti então para a Terra e aqui estou para vos dizer, filhos meus, que a vida terrena vale apenas pela luz que possa adquirir cada um nas suas numerosas encarnações, não passando os bens e a fortuna reunida ao longo da jornada, de mera ilusão do Espírito. A este só aproveitam as boas acções que puder praticar, seja ajudando aos que puder ajudar, seja propagando a fé e a esperança no coração dos seus semelhantes: fé na vida que aguarda a todos no seu regresso matemático ao mundo espiritual, e a esperança numa vida feliz se souber cumprir os seus deveres espirituais enquanto encarnado.

Gostaria que compreendêsseis, todos vós que me ledes, que a obtenção da necessária autorização do Senhor para uma reencarnação na Terra é coisa mil vezes mais difícil do que vos possa parecer. Tal autorização depende de um sem número de factores, entre eles o exame minucioso dos actos praticados na última vida terrena do pretendente a nova reencarnação. Nesse exame são pesadas e medidas todas as atitudes, todos os procedimentos, todos os pensamentos registados fielmente no Alto, de cujas conclusões as Forças do Bem serão chamadas a deliberar pró ou contra a pretensão em causa, isto porque milhares de milhares de outros Espíritos, necessitados de evolução, também pretendem reencarnar num mundo em que os nascimentos passaram a constituir problema para muitos e muitos lares.

Dizendo-vos o que aí fica, desejo apenas apresentar-vos uma face do problema que também existe no Alto para conceder-se autorização para novos mergulhos na carne, conforme vos falou nosso bom Irmão Thomé, e isto para que trateis de aproveitar a encarnação actual para a vossa maior iluminação. Bem sei que as minhas palavras hão-de receber uma provável contestação por parte de quem se empenhe em manter na completa ignorância das coisas e condições da vida espiritual ao maior número de irmãos encarnados, por motivos que fogem completamente à minha apreciação. Isso, entretanto, não modifica de maneira alguma as leis divinas que regem a vida em todos os planos do Universo, e esses mesmos que o fizerem acabarão por se convencer também quando o seu momento chegar de deixarem a Terra.

Deveis analisar quanto se vos apresente em relação com a vida espiritual, para aceitar somente aquilo que o vosso Espírito puder compreender e assimilar. E não vos esqueçais de que, encontrando-se na Terra pelo menos três categorias de Espíritos, segundo o grau evolutivo que alcançaram, pode dar-se que a esperteza ou a habilidade de alguns tente manter subordinados aos seus interesses pessoais quantos preferirem deixar-se conduzir por eles, em vez de meditar seriamente na grandeza da Misericórdia Divina que a todos assiste e dirige para Deus. A prova disto aí está na série de conselhos trazidos à Terra por aquele luminoso emissário de Jesus, nosso querido Irmão Thomé, seguidos da palavra de outros enviados do Senhor como este que vos fala, e dos que me precedem e sucederão na confecção deste volume.

A vida espiritual é uma vida simples e feliz para quantos houverem conseguido engrinaldar o Espírito com as flores perfumadas das suas boas acções em cada uma das suas vidas terrenas que são muitas, muitíssimas, através dos milénios. Em face desse tipo de vida, filhos meus, o vosso viver presente nada mais representa do que a luta prolongada entre o Bem e o Mal, de cuja vitória ou derrota surgirá o grau da vossa felicidade futura.

A minha vinda até vós, repito, encerra o meu grande, imenso desejo de poder contribuir para que possais voltar-vos já e já para o objectivo que vos conduziu à Terra, para uma encarnação que muito vos custou a conseguir. E se, após vencerdes como efectivamente vencestes todos os óbices para virdes, olvidardes por completo o vosso grande objectivo que é a vossa iluminação espiritual, isto não será apenas para lamentar porque será mais para deplorar, porque outra vinda à Terra talvez não seja possível nos próximos dois milénios, quando este pequeno mundo deverá ascender à categoria dos mundos iluminados pela luz dos seus felizes habitantes.

E se vós não conseguirdes o grau de iluminação que vos comprometestes a alcançar quando descestes a Terra, como podereis participar de uma civilização que se aproxima, à qual incumbirá, ela própria, iluminar o planeta?

Para que ainda possais recuperar os decénios perdidos — falo àqueles que os perderam, evidentemente — eu quero introduzir no vosso coração espiritual a recordação do vosso compromisso assumido no Alto, e dizer-vos que nada está perdido enquanto o barco continua a navegar. Sendo passageiros do barco terreno, despertai imediatamente para o sentido da vossa verdadeira felicidade, e voltai-vos para o Divino Salvador, de quem me orgulho de ser também humilde barqueiro pronto a receber-vos no meu barco se necessário for.

Fala-vos desta maneira sincera e franca um vosso irmão que muito lutou também na Terra em tempos idos, quando se chamou

PEDRO ÁLVARES CABRAL

Not. biogr.: Pedro Álvares Cabral — 1467/68-1526 — Navegador português, descobridor do Brasil no ano de 1500. Tendo sido designado por El-Rei D. Manoel de Portugal para comandar a primeira expedição à Índia logo após o regresso de Vasco da Gama, Cabral organizou uma armada da qual faziam parte, como comandantes de outros navios, figuras de grande destaque na marinha portuguesa, tendo levantado ferros do Tejo no dia 9 de Março do ano de 1500. Cinco dias após, a armada de Cabral avistava as ilhas Canárias, e a 22 desse mês alcançava o arquipélago de Cabo Verde onde as suas naus se defrontaram com forte tormenta, tendo várias delas sofrido grandes avarias.

O grande navegador agasalhava no seu coração a ideia concebida no Alto, perante o Senhor Jesus, de descobrir para o mundo a enorme extensão territorial banhada pelo Oceano Atlântico e por ele visitada em Espírito, e nessa intenção ordenou aos seus navios, que, a pretexto de se livrarem das tormentas da costa africana, guinassem sempre sobre a banda do sudoeste. Do rumo assim seguido pela armada de Cabral, resultou o descobrimento deste formoso país, tendo fundeado seus navios na baía de Santa Cruz, no Estado da Bahia, no dia 3 de Maio de 1500, local que o grande navegador considerou um porto seguro para ancorar.

Ao completar a descoberta do território brasileiro, Pedro Álvares Cabral cumpriu a importante missão que lhe fora confiada pelo Senhor Jesus com o objectivo de dar novos mundos ao mundo. O descobrimento do Brasil por este grande navegador havia sido planificado no Alto sob as vistas do Senhor, desejoso de transplantar para este país a semente do Evangelho. Como passo inicial nesse sentido, verificou-se a fundação da famosa Escola de Sagres, pelo infante D. Henrique, da qual saíram os maiores navegadores portugueses dentre eles Vasco da Gama, Pedro Álvares Cabral, Afonso de Albuquerque e muitos outros.

Feita a feliz descoberta da terra brasileira, Cabral enviou um dos seus comandantes a Lisboa, para levar a grande notícia a El-Rei D. Manoel, retomando então a sua rota no caminho da Índia, durante a qual várias de suas naus soçobraram nas alturas do Cabo da Boa Esperança, chegando a Quiloa, na África Oriental, de onde a sua boa estrela o fez escapar a tempo de uma traição do Ibrahim, dirigindo-se a Melinde, e depois a Calicut, onde teve de usar de energia para repelir a gentalha açulada pelo Samorim no seu ódio contra os portugueses. Daí prosseguiu até Cochim, rico principado indiano na costa de Malabar, de onde regressou a Portugal pela única via marítima de então: Cabo da Boa Esperança, ilhas de Cabo Verde e Açores, ancorando em Lisboa no dia 23 de Junho de 1501, aí sendo recebido festivamente por El-Rei D. Manoel.

Pedro Álvares Cabral desencarnou em 1526 em Lisboa, sendo sepultado em Santarém, na capela do Senhor da Vida. Foi o erudito historiador brasileiro Varnhagen, visconde de Porto Seguro, quem encontrou a sepultura do descobridor do Brasil, da qual não havia memória escrita ou tradicional. Diz Varnhagen tratar-se de uma sepultura rasa com uma lousa simples de treze palmos de comprido, e a seguinte inscrição:

“Aqui jaz Pedro Alvares Cabral E Dona Izabel De Castro, Sua Molher, Cuja Hé Esta Capella, Hé de todos Seus Herdeyros. Aquall Depois da Morte de Seu Marydo Foi Camareyra Mór Da Infanta Marya Fylha de El-Rey Dõ João Noso Señor Hu Terceyro Deste Nome”.

pedro-alvares-cabral

***

COLECTÂNEA DE MENSAGENS SOBRE O ANÚNCIO DOS TRÊS DIAS

***

“O Tempo do Apelo, o Tempo do Anúncio, está agora mais próximo.”

… “A partir do (*) solstício de verão (de inverno, no hemisfério sul), a qualquer momento, estejam prontos.

Maria – 08Jun2012

Mas vós tereis, no mínimo, é claro, o que foi denominado o Anúncio de MARIA, que vos restitui à vossa Unidade, também.

M. AIVANHOV – 12Mai2012 

Pergunta: muitas vezes vós dissestes que os 3 dias iriam ocorrer durante uma noite de muito frio; por outro lado, que as Núpcias de Luz iriam até Julho; isso quer dizer que em Julho haverá noites de muito frio?

Haverá muito frio.

Mas veja, no Taiti, pode esperar por muito tempo o frio, não é?

O frio corresponde à Europa, é claro.

Os 3 dias são anunciados como algo terrificante, nas profecias (já, no século passado), mas vós não estais na mesma Consciência que havia há um século ou há dois séculos.

Para os profetas da época que viam os 3 dias, era terrível.

Sim, é terrível para o ego.

M. Aivanhov – 03Mar2012

Pergunta: A êxtase, os 3 dias, correspondem, simbolicamente, à colocação na tumba [funeral], antes da ressurreição do Cristo?

Sim, isso pode ser dito assim.

ANAEL – 18Fev2012

Pergunta: poderia falar-nos dos agrupamentos, das reuniões e do período dos ‘3 dias’?

Os períodos de agrupamento ocorrerão depois deste período ascensional, depois desta grande tribulação. Os ‘3 dias’ correspondem, presumivelmente, a esse período ascensional de mudança de localização planetária. Isto ocorre.

Vós tereis mais informações, já foi dito em várias ocasiões, por muitas entidades de Luz sobre este planeta.

Minha Mãe irá dirigir-se a vós, a cada um de vós, pessoalmente, para vos dizer: “mantenham-se prontos, a hora do Senhor está aí”.

Sereis notificados, individual, pessoal e colectivamente pela minha Mãe, setenta e duas horas antes do período.

Pergunta: o que será conveniente fazer durante esses ‘3 dias’?

Isso será revelado nesse momento.

A coisa mais importante não é projectar-vos nesses ‘3 dias’, não é projetar-se nesse basculamento importante, mas preparar esse evento da mesma maneira que se prepara um aniversário, uma data importante, muito tempo antes, certificando-se de que a festa seja perfeita.

Para isso, convém fazer a limpeza no vosso interior, tratar do que não foi resolvido.

Quais são os apegos que ainda animam a vossa alma?

Quais são os medos que ainda animam a vossa alma?

E encontrar os meios, através da certeza da Luz, através da certeza do meu Amor e desse do Pai, da vossa Divindade.

Gradualmente e à medida que acolherdes a vossa Divindade, e somente isso, o trabalho das últimas resistências far-se-á.

CRISTO – 24Mai2007

Esses tempos são os Tempos da Ressurreição. São os tempos (como eu disse, no início do mês, no final de vosso mês anterior) onde várias partidas ocorrerão em massa. As condições astro-climáticas deste planeta tornar-se-ão, em várias regiões, de tipo bíblico.

Maria 13Mai2011 

Eu virei anunciar-vos, três dias antes, o momento em que será necessário cessar toda a actividade exterior, a fim de se prepararem ao que vários dos meus profetas chamaram de os famosos 3 dias. Isso pode ocorrer a partir da instalação da cruz no vosso céu, até à data limite que vos foi dada pelos diferentes Arcanjos.

Maria 17Jul2010 

Mas eu lembro-vos que, independentemente do anúncio, 72 horas antes, por Maria, mesmo aqueles que não crêem em nada e não vivem nada, sentirão que acontece, ou que vai acontecer alguma coisa. Olhem, nesse momento, os animais, vós compreendereis imediatamente. Porque eles senti-lo-ão bem antes de vós, quase uma semana antes de vós.

Omraam 19Set2010 

O teor, agora, deste Anúncio, obviamente, não pode ser revelado, mas ele será de algum modo, um grande choque, mas um choque de Amor. Nesse momento, tornar-vos-eis totalmente lúcidos sobre as vossas próprias escolhas.

Maria 17Jul2010 

A minha intervenção no vosso mundo, e que é o meu, vai desenrolar-se em dois tempos importantes e essenciais para vos permitir, a todos, a todos aqueles que o desejarem, viver enfim na Verdade e na Unidade. Venho também preparar o retorno do Céu, daquele que foi chamado meu Filho, mas eu lembro-vos que sois todos meus filhos, sem qualquer excepção.

Maria 17Mai2010 

Intervirei 72 horas antes, mais precisamente, de um processo essencial nesta humanidade, que foi anunciado por vários dos meus enviados. Isso foi chamado os três dias. Nesse momento, em que a Consciência da humanidade bascula pela primeira vez na nova Dimensão. Essa primeira reversão ocorrerá 72 horas após o que anunciei solene, individual e colectivamente. Cada um perceberá este Anúncio. Cada um. Ninguém poderá ignorá-lo. Seja pela Vibração do Amor das vossas redescobertas comigo, seja pela minha voz, seja o que seja, para alguns, por sonho, eu virei anunciar a todos, três dias antes.

Maria 17Mai2010 

Preparem-se para esse momento, para viver a primeira Eucaristia do Espírito, a primeira efusão total do Espírito Santo, preparando o retorno de Cristo. O trabalho da Luz, cada hora, permitirá também a preparação da vossa escuta ao meu Anúncio. Ninguém poderá ser enganado pelo meu anúncio. Obviamente, muitos poderão desviar-se, mas ninguém poderá dizer que não me ouviu.

Ninguém poderá ignorar a Verdade deste anúncio.

Maria 17Mai2010 

O que acontecerá 72 horas mais tarde é apenas uma consequência, justamente, do Anúncio de Maria e desse contacto que se restabelece. Retenham bem que se trata de um contacto que precederá a Presença real e efectiva de Maria sobre o vosso solo, tal como ela partiu, assim como o retorno de Ki-Ris-Ti, tal como ele partiu, acompanhando-vos nos últimos momentos desta dissociação, para a instrução das novas regras de vida, correspondentes ao estabelecimento da nova Dimensão, para aqueles que irão, em todo caso, numa quinta Dimensão Unificada.

Anael 30Mai2010 

Vigiem nos espaços de Luz, vigiem para ficarem atentos. Vós sabereis que venho avisar-vos porque os vossos sons, as vossas percepções de sons modificar-se-ão grandemente nas horas precedentes. O vosso Coração, a Vibração da vossa Consciência, manifesta uma Alegria intensa e profunda. Nesse momento, sabereis já que venho a vós.

Maria 17Mai2010 

O Anúncio será, antes de tudo, Vibratório, pela minha Presença e, nesse momento, s compreendereis o que é reencontrar a vossa mãe e Vibrar a reconexão. E cada um ouvir-me-á distintamente. Essa mensagem será enviada a todos, sem excepção. Quer queiram ou não ouvi-la, quer queiram ou não percebê-la, não poderá ser de outro modo.

Maria 17Jul2010 

Pergunta: O final dos três dias assinala o final do corpo físico?

Bem Amada, para alguns de vós, sim, seguramente. Para outros, não. Estes deverão ainda manter esta forma ilusória a fim de recolher e acolher aqueles que não puderam ainda abrir a sua Consciência e que estão em vias de o fazer.

Maria 17Mai2010 

Os três dias assinalarão, para esta Terra que foi traída e mortificada, a libertação da Terra nesta Dimensão – será o Kundaliní de Gaia, o processo da Terra. Nesse momento, continentes desaparecerão, terras novas emergirão, o Céu não será mais o mesmo, as águas tão-pouco.

É no meio deste ambiente modificado que alguns dos meus filhos prosseguirão o caminho da encarnação, ainda algum tempo, para ajudar e servir.

Maria 17Mai2010 

Os vulcões são apenas uma parte da Verdade. Mas sim, obviamente, isso participa desses três dias. Mas os fenómenos, para além da vossa Terra, ligados ao sol e ao vosso companheiro, entrarão também nestas manifestações.

Maria 17Mai2010 

O corpo será extremamente desacelerado, como em estado de hibernação, mas a Consciência estará totalmente lúcida. A partir do momento em que o corpo esteja no fenómeno de êxtase, quanto mais ele desce em temperatura, melhor será. Os sentidos visuais, os sentidos olfativos, a audição, estarão presentes, mas o sentido térmico, não.

Omraam 19Set2010 

Gostaria simplesmente de dizer que o que foi chamado frequentemente “os três dias de trevas” (e em outros lugares, os “três dias de Luz”), exteriormente, corresponder-vos-á a um Estado de consciência extraordinário. Banhar-vos-eis na maior felicidade. Não sereis afectados, nesse momento, por qualquer evento exterior. A vossa Consciência e a vossa reconexão serão de algum modo, o vosso próprio escudo. Tornar-vos-eis invisíveis ao mundo exterior nesse processo dos três dias. Agora, lembrem-se que eu lhes expliquei claramente meu Anúncio e como ele acontecerá.

Maria 17Mai2010 

Mas lembrem-se, também, que tanto os Arcanjos, como o conjunto da minha frota e o conjunto da frota da Luz Vibral se adaptam. Neste sentido, foi dito, pelo meu próprio filho, que somente a Fonte conhece a data. Mas esta data é agora. O agora inscreve-se num espaço e num tempo reduzido, inferior a dois anos.

Maria 17Mai2010 

Pergunta: Este Anúncio é uno e indivisível. Trata-se do anúncio que teria sido previsto para os 3 dias?

É o único e único. Lembrem-se também que este Anúncio é destinado ao conjunto da humanidade, não dentro de um canal, mas no vosso próprio canal, ao conjunto da humanidade. Mas muitos seres desviar-se-ão deste Anúncio, como uma vaga ilusão ou uma vaga alucinação, ainda que tenham captado a realidade do processo. Falou-se de um Anúncio de Maria durante o período de 17 de Julho a 29 de Setembro. É um Anúncio único que anuncia o retorno de Maria e que anuncia, do mesmo modo, os 3 dias.

Um Amigo 29Mai2010 

O Som da Terra e o Som do Céu vão difundir-se, generalizar-se em ainda mais lugares desta Terra. Esse Som, de algum modo, prefigura o que eu já chamei, há quase dois anos, o Anúncio.

Maria 27Abr2011 

Nós não sabemos se o Anúncio de que Maria é a Mãe da humanidade é também o Anúncio dos famosos três dias. Tudo isso ocorre num período de tempo que é compreendido entre a entrega das Chaves Metatrónicas (as últimas) e a data limite que é final de Outubro, início de Novembro de 2011. Quer dizer que, a partir do momento em que as chaves Metatrónicas tenham sido reveladas à humanidade, a partir do momento em que o Anúncio de Maria seja feito, tudo é possível, no instante seguinte. Mas este instante seguinte pode ainda durar um pouco mais de um ano…

Omraam 19Jul2010 

O maior empurrão será quando Maria vier fazer seu Anúncio. Será um choque. Verdadeiramente um choque, mesmo para os seres Despertos. Um choque de Amor, mas um choque, assim mesmo. Para alguns, em contrapartida, será um choque de horror. Em particular para todos aqueles que participaram, de maneira lúcida, na falsificação do mundo.

Omraam 19Jul2010 

Exactamente antes do aparecimento do som, o Anúncio feito por Maria será realizado. O som aparecerá algumas horas após. Nesse momento, tereis 72 horas para se prepararem para viver os fenómenos pré-ascensionais, a catalepsia, ou êxtase, se preferem.

Omraam 01Ago2009

Pelos 12 tubos de Luz da vossa cabeça e pela activação do triângulo da nova Trindade no vosso Coração, nós nos conectaremos cada vez mais facilmente, entre vós, mas também entre nós e vós, é o objectivo. O que nós tecemos como interconexões, convosco, tornará possível, no momento vindo, o Anúncio dos 3 Dias, que assinalarão a entrada deste Mundo e desta Criação numa nova existência, prévia à Ascensão.

Maria 30Set2010 

Pergunta: Por que é necessário colocar a humanidade em êxtase durante esse momento?

Simplesmente porque os vossos corpos estão sujeitos às forças electromagnéticas e gravitacionais. Se há mais gravidade e se há mais forças electromagnéticas, o corpo, aí, não fica mais em pé. É tão simples assim. Diz-se frequentemente que é a alma que anima o corpo, ou o Espírito também, mas se não houvesse as forças e os gradientes electromagnéticos e as forças gravitacionais, esse corpo seria uma boneca de pano. É exactamente o que acontecerá. Vós não podereis falar, mas ouvireis tudo. O olhar será fixo. Do mesmo modo como caís em êxtase, o olhar permanecerá apontado sobre a mesma coisa. Sentireis, como os animais, que deveis alongar-vos e deitar-vos. Tendes corpo que se torna muito pesado, que formiga e que se entorpece, e responderá cada vez menos, progressivamente e à medida do passar das horas. Vós tendes 3 dias para este processo, antes que ele se estabeleça inteiramente. Não são 72 horas, nós prevenimos, e durante 72 horas, tudo é normal. A partir do início das 72 horas, as coisas modificam-se. Mas elas modificam-se gradualmente.

Omraam 19Set2010 

Antes do início deste processo, e durante três dias, tudo será unicamente banhado pelo som. Tudo parecerá parar e tudo parará. Em contrapartida, durante os três dias, o som Si deixará o lugar ao que é chamado de “os 4 Cavaleiros do Apocalipse” e, aí, estareis em catalepsia, protegidos pela Vibração da Luz. Esse processo é muito conhecido de todos os neófitos, mas nós não sabemos, até ao presente, em que momento preciso isso irá acontecer.

Omraam 01Ago2009 

Assim como vários visionários descreveram, o mundo ilusório desaparecerá no Fogo, no Fogo do Sol, no Fogo da Onda Galáctica e no Fogo da Terra.

Aurobindo 09Ago2010 

Alguns de vós penetrarão, no momento do anúncio de Maria, no que foi chamado de Maha Samadhi, quer dizer O Grande Samadhi, ainda chamado, em linguagem ‘New Age’, de êxtase, quer dizer, os três dias de trevas no momento em que o ser humano estará na mais total Alegria, e na catalepsia. É isto a entrega total à Luz. Por enquanto, contentem-se em viver o Samadhi da Paz e o Samadhi da Alegria, já é enorme poder viver isto. Então, evidentemente, está além do “sem medo”, além da confiança. É a Vibração do êxtase. É o que acontece quando o Supra Mental se difunde no meio ao peito.

Omraam 26Jul2009 

O fenómeno que alguns chamaram de êxtase ou de catalepsia é um processo Vibratório que toca o corpo da personalidade, a um determinado momento preciso, correspondendo, digamos, às premissas de certo número de modificações importantes para a Terra. Esse fenómeno, chamado catalepsia, êxtase, pouco importa o nome que dêem, não é de forma alguma um processo inegável e inexorável. O que é inegável e inexorável é o parto da nova Dimensão da Terra e de vós, certamente.

Omraam 02Ago2010 

Mas as modalidades, seja o Anúncio de Maria, seja o Anúncio dos 3 dias, seja o final desta Dimensão, podem ser ligeiramente modificadas, não ao nível temporal, mas ao nível dos mecanismos precisos em que se produzirão. Porque isso vai depender, agora, do número cada vez maior de seres humanos que se despertam. Então, despertados, não necessariamente ao nível espiritual, mas que saem, de algum modo, da letargia na qual estavam.

Omraam 02Ago2010 

Durante a catalepsia a Consciência está ao mesmo tempo consciente do corpo e, ao mesmo tempo, consciente do que eu chamaria o corpo espiritual. É o momento chamado também, nas Escrituras, de Julgamento final. Mas não é o fim da Terra, tal como ocorrerá no momento final, tal como o conhecem, em todo o caso. É uma fase não final, é uma fase intermediária, necessária para a compreensão do que vós sois. Esta compreensão estando ligada a uma vivência directa do que sois e não a projecções mentais.

Omraam 02Ago2010 

Então, há palavras que marcaram os espíritos, porque elas deviam marcar os espíritos. Essas palavras, terríveis, como a palavra julgamento, julgamento final, não é exactamente um julgamento. É simplesmente o momento em que ides ver-vos, a vós mesmos, tal como sois. Esse momento vem. Esse julgamento final corresponde ao que foi chamado de 3 Dias. Não há nada a preparar, além do vosso Coração. Não há nada a temer.

Maria 30Set2010 

Sereis prevenidos, assim como o disse Maria, três dias antes desses três dias, 72 horas antes, de maneira individual e colectiva. Cada ser humano ouvirá, no interior de si mesmo, o Anúncio de Maria. Não posso revelar-lhes o Anúncio de Maria, mas ele acontecerá 72 horas antes do que é chamado os três dias. Agora, quanto à data, obviamente, existem possibilidades Vibratórias, para nós Arcanjos, como para os diferentes Conselhos, Conclaves e Forças da Luz Intergaláctica, de irradiar algumas qualidades Vibratórias no vosso mundo.

Anael 12Jun2010 

O que é chamado os três dias refere-se ao conjunto da humanidade. A capacidade para entrar em catalepsia está ligada à vossa própria capacidade para penetrar a Unidade. Durante esses três dias, os seres despertos estarão em catalepsia, os seres não despertos estarão agitados e a correr em todos os sentidos. Agora, esses três dias não são três dias de trevas. Isso depende do lugar da Terra onde você se encontrar, cabe-lhe a si tirar as conclusões que se impõem. O que foi chamado, nas vossa profecias ocidentais, os três dias de trevas, foi chamado, do outro lado do globo, os três dias de Luz.

Anael 12Jun2010 

Durante esse movimento de translação da órbita planetária, o vosso planeta vai parar de girar em torno do sol, fazendo com que a metade do globo permaneça em pleno dia durante três dias, ficando a outra metade em plena noite durante três noites. Os ruídos serão intensos e impressionantes na atmosfera do planeta. Durante essa fase delicada, os seres despertos serão colocados em estado de catalepsia, em estado de catatonia, para evitar eventuais desgastes nas suas estruturas celulares, cerebrais e biológicas.

Sereti 04Jul2005 

E, como sabeis, 3 dias antes, constatareis por vós mesmos, o Anúncio, o meu Anúncio desses 3 Dias. Percebereis e ouvireis um som a nada outro parecido, presente no ar e não somente nos vossos ouvidos. Toda a Terra o ouvirá. As trombetas soarão. Elas foram anunciadas pela libertação dos Cavaleiros. Os selos foram todos abertos.

Maria 30Set2010 

 

Durante esses três dias, o planeta Vénus vai aproximar-se da órbita terrestre, como já ocorreu há muito tempo. Nesse momento a radiação solar vai mudar de aparência para aqueles que terão a chance de ver durante esses três dias de Luz. A radiação vai mudar de cor. Vós ides começar a sentir os efeitos de uma nova radiação que será composta da Luz dourada e da que já estará presente no vosso peito, a radiação azul do Sol Central da galáxia.

Sereti 04Jul2005 

Nas primeiras horas, os aviões terão tempo de pousar… E após, é muito simples, isso vai reduzir tanto tudo o que é electromagnético, eletrónico, que tudo vai entrar em pane. Mas isso não vai acontecer num minuto.

Omraam 19Set2010 

As crianças ocupar-se-ão de vós, diríamos. Instantaneamente, as crianças de menos de 14 anos compreenderão o que acontece. Os animais o compreenderão também. Como antes de um sismo, eles vão-se. Como antes de um tsunami, eles vão-se. Eu diria que tudo o que possui um cérebro estará em êxtase.

Omraam 19Set2010 

Esses três dias de escuro e de Luz vão acontecer na última fase da pré-ascensão. Os seres humanos capazes de sobreviver a essa mudança vibratória serão reunidos e agrupados. Vós sereis notificados algum tempo antes do desencadeamento desses fenómenos. Logo depois de peregrinações devendo acontecer neste planeta, uma voz vai falar-vos ao ouvido e notificar-vos 72 horas antes desses eventos.

Sereti 04Jul2005 

Desde o meio do Atlântico até ao meio do continente asiático, vós ides ficar no escuro.

Na face oposta, a Austrália, alguns países no lado oposto a essa superfície do globo, ficarão na Luz. O sol será bloqueado no seu auge (zénite) e em alguns pontos para outras regiões da Luz.

Sereti 04Jul2005 

O ‘terrível barulho’ refere-se à parada da rotação da Terra e às radiações, aos ventos cósmicos, que vão irromper no vosso sistema planetário.

Sereti 04Jul2005 

A catalepsia vai ser induzida pela própria radiação electromagnética e seu poder. Mas nós iremos notificá-los pelo intermédio da voz da Mãe celeste, que denominam Maria, ouvida fora da orelha esquerda, para todos ao mesmo tempo, que irá alertar-vos exactamente 72 horas antes do movimento de transmutação.

Sereti 04Jul2005 

Não se pode confundir o Anúncio dos três dias e a vivência dos três dias, com o final desta Dimensão, que é um outro mecanismo e, efectivamente, para este, ninguém conhece a data nem a hora, mas esta data inscreve-se num máximo de tempo. Esse máximo de tempo não pode ser em nenhum caso de mil anos, mas será, no máximo, de um ano e quatro meses. Dentro deste período, tudo é possível, desde hoje como até ao extremo limite.

Anael 12Jun2010 

Efectivamente, ninguém conhece a data, mas existem calendários astronómicos e não astrológicos bem reais e bem concretos, que foram definidos por algumas populações que chamastes primitivas, que viveram a Ascensão há já várias centenas de anos. Esses povos legaram-vos calendários. Esses calendários foram falsificados nas suas datas, do mesmo modo como o vosso calendário gregoriano foi falsificado. Do mesmo modo, existem reencontros ao nível do vosso sistema solar. Esses reencontros inscrevem-se num calendário temporal que vedes e isso não o podeis negar.

Anael 12Jun2010 

Pergunta: Se são 3 dias de Trevas, isso significa que a Terra não girará mais?

Bravo. O que quer dizer, também, que a rotação não vai parar num minuto. Sem isso, não há qualquer Terra que seja habitável. É um movimento que pára muito progressivamente. E após a êxtase? Ela irá no sentido inverso.

Omraam 19Set2010 

A influência da irradiação central da galáxia estará no seu apogeu a partir de 15 de Agosto do vosso ano, durante um pouco mais de um ano. Durante este período, tudo é possível, mas, efectivamente, ninguém conhece a data nem a hora, mas não podeis negar, para os que têm ouvidos para ouvir e olhos para ver, para além mesmo do que nós vos dizemos, observar o que acontece sobre esta Terra. O conjunto de vulcões da Terra está a despertar, o conjunto dos oceanos está a morrer, como foi anunciado pelo próprio São João.

Anael 12Jun2010 

Pergunta: Em que momento de nosso tempo Terrestre a lagarta será grelhada?

Ela começa já, para alguns de vós. Há quem comece a sentir o Fogo um pouco por toda parte, não é? Não sente o queimado, mas virá, antes de sentir a rosa. Mas vós ides todos passar por esta etapa. O exterior está em curso de desagregação. Portanto, vereis, não mais a desconstrução, mas vereis os elementos em obra, ao nível da Terra e assistireis a fenómenos, fenómenos visuais, manifestações incomuns, que se tornarão muito habituais. É no meio desta dissolução que sereis conduzidos, para aqueles de vós que hesitam ainda entre a Unidade e a Dualidade, para saberem se o que digo são tolices ou a Verdade. E bem, vós dareis conta. Quer dizer que, quando virem que tudo o que vos dissemos, uns e outros, chega à vossa realidade concreta de todos os dias, não tereis outra solução senão a de se voltarem para vós.

Omraam 15Mai2010 

Então, o Planeta grelha, depois, é uma questão de tempo, em função do máximo de seres humanos que poderá despertar para a sua Dimensão Unitária de maneira a que o conjunto do Fogo da Terra se desperte no mesmo momento. Hoje, assistis ao Fogo da Terra e também às profecias que haviam sido dadas por São João, por Cristo, referentes à abertura dos últimos Selos e à poluição marinha, submarina e do ar, que começastes a viver de maneira abrupta, eu diria, cada vez mais evidente. Ainda uma vez, guardem que não são absolutamente punições, Divinas ou da Luz. Isto está unicamente ligado à dissolução desta Dimensão, também da Terra, que quer, ela também, tornar-se uma borboleta.

Omraam 15Mai2010 

Os tempos proféticos são os tempos que viveis agora. Não são amanhã, não são para daqui a mil anos, eles são agora. Agora, o final destes tempos não cabe a ninguém, ele resulta unicamente da interação das forças em presença, colocando fim, de maneira definitiva, a esta ilusão. Isso pode ser imediatamente, isso pode ser dentro de algum tempo, mas não num tempo infinito.

Anael 12Jun2010 

O meu Anúncio é a revelação do que sou, para todos, a vossa Mãe. A partir desta revelação, desencadeiam-se vários eventos que foram descritos, desde tempos muito antigos, pelos profetas. Dentro desses eventos posteriores, e não concomitantemente, existe efectivamente um processo específico chamado “os três dias de trevas”. Mas este evento não é absolutamente concomitante com meu Anúncio, ele sucede-o, mas num tempo adaptado. O certo é que eu prevenir-vos-ei três dias antes. Todos os meus filhos serão prevenidos. Cada um, então, do mesmo modo que para a revelação de quem eu sou, fará o que sua Consciência lhe ditar. Muitos continuarão então a ir para as suas ocupações quotidianas, sem se dar conta de meu Anúncio, sem se dar conta do meu Aviso, isso também faz parte do seu livre arbítrio.

Maria 05Mai2010 

Querido Filho, cada um segundo o princípio de atracção e ressonância ao seu corpo inicial precedente à sua descida nesta matriz. Alguns de vós percorrerão, dentro da vossa Consciência ilimitada, um Corpo de Luz. Outros, enfim, um corpo de Cristal. Outros, um Corpo de Diamante. E outros, enfim, corpos bem além de toda a noção antropomorfizada. Cada destino é único. Eu conheço-vos a todos, sem excepção, nos vossos destinos, nos vossos corpos, nas vossas almas, nos vossos Espíritos, mas cada um de vocês é único ao nível da sua origem estelar. Existe uma multidão de formas, de Vibrações, de Dimensões de origem, que reencontrareis nesse momento. O importante, hoje, é viver já nesta Consciência e nesse corpo limitado para a abertura do Coração e para a vivência da Alegria que confere a Vibração do Amor e do Coração.

Maria 17Mai2010 

Pergunta: É durante os Três Dias que a Ascensão terá lugar?

Tudo dependerá da urgência. Essa urgência não pode ser definida a título individual, mas a título colectivo. Essa noção de urgência corresponde simplesmente à sobreposição do que foi chamado o Canto da Terra e o Canto do Céu. Quanto mais vos aproximais do que foi chamado datas limites, mais há chance de que haja sobreposição entre esse mecanismo, chamado os Três Dias, e a Ascensão propriamente dita. Vós entrastes, assim como o dissemos, uns e outros, nessa fase ascensional. Essa fase ascensional não se realiza num minuto, mesmo se existisse um momento final e último. Vós estais em curso de Ascensão, nesse mesmo momento.

Anael 14Abr2011 

A partir do momento em que as forças etéreas ligadas ao Éter não falsificado, representando o que chamais de diversos nomes, mas que eu qualificaria de Onda Galáctica, penetrar a alta atmosfera, nesse momento, «mil Demónios urrarão na noite» é a frase dada para dar medo, mas isso corresponde, sobretudo, a modificações geofísicas extremas que ocorrem em elevada altitude, traduzindo-se por um som. É, portanto, um sinal percebido no exterior, que vos anunciará, de maneira formal, que algo está a acontecer. Isso é o que chamais de ventos cósmicos.

Anael 18Set2010 

Esse som é o primeiro impacto da Onda Galáctica. O segundo impacto será muito mais consequente. O primeiro impacto é como um abalo do conjunto da Terra, permitindo-lhe libertar as forças que a haviam mantido acorrentada nesta Dimensão dissociada. O último impacto, ou o segundo impacto, corresponderá ao final desta Dimensão. Isso corresponderá à destruição total dos três envelopes isolantes que existem neste sistema solar: ionosfera, heliosfera e magnetosfera.

Anael 18Set2010 

É preciso compreender bem, também, e aceitar, que as manifestações da Terra e do Céu, entrando numa nova fase, vão lembrar a todos os seres humanos, Vibrantes ou não Vibrantes, do que foi anunciado pelos profetas, desde tempos imemoriais. Isso foi denominado, é claro, em muitas numerosas reprises, de o Julgamento Final, mas, lembrem-se de que não há qualquer outro, além de vós mesmos que vos julga e que vos julga sempre em termos da Luz que vós credes ser e em ressonância com a Luz que vós sois realmente.

Maria 13Mai2011 

O processo de entorpecimento/adormecimento produzir-se-á durante o que foi chamado de ‘três dias de trevas’. A um dado momento, o afluxo do Supramental neste sistema solar será tal que, pela ressonância e atracção, a Vibração do núcleo cristalino da Terra tornar-se-á perceptível, nos vossos pés e nas vossas pernas, ou nos vossos braços. Este entorpecimento vibrante percorrerá então o conjunto do vosso Templo, colocando-vos em catalepsia e permitindo-vos, então, enfrentar e viver o que é chamado de ‘três dias de trevas’.

Um Amigo 16Set2010 

Quanto mais avançais para a data limite da transformação deste sistema solar, numa paz relativa, mais sois abençoados pelo Céu, quer dizer que tereis menos períodos difíceis para atravessar. O ideal seria que os famosos ‘3 Dias’ ocorressem no extremo limite da transformação deste sistema solar.

Omraam 16Out2010 

Quanto mais espaço de tempo houver, na vossa Ilusão, a ocorrer antes da chegada desses ‘3 Dias’, mais vos deveis regozijar.

Maria 03Out2010 

***

Texto Revisto

***

Leitura Sugerida:

Coletânea – Canal Mariano – Autres Dimensions

Trechos extraídos das mensagens do site http://autresdimensions.info Traduzidas para o português por: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com e Zulma Peixinho http://portaldosanjos.ning.com

Seleção: Silvana Pion Inclusão de trechos novos: MA

o-anuncio-dos-3-dias

***

Mensagem de MONTAGUE KEEN

Domingo 24 Julho 2016

O despertar está a ganhar velocidade e força. Só temos que observar os milhares que se juntam, por todo o mundo, para ouvir David Icke a falar a verdade. As pessoas estão a fazer as ligações e a ver, pela primeira vez, que a humanidade é totalmente controlada. Estão a aprender como foi que apenas 1% conseguiram manipular os 99% a cederem a sua liberdade e o controlo de todo o mundo. A Cabala tem medo do despertar, então responde com operações SECRETAS SUJAS para causar medo e esperar que isso distraia as pessoas do que está a ser feito para destruir a humanidade. A Cabala até tem o seu homem em cada falso ataque, posicionado para reportar directamente com eles. Têm-no mantido ocupado, a correr de país em país. No entanto, os crédulos ainda acreditam cegamente em tudo isso, independentemente das provas colocadas em evidência. O contraste entre as pessoas abertas à verdade, que se reúnem para ouvir Icke e cuja luz é tão grande e as outras que se deixam enganar, é enorme. Tanto controlo mental está focado na humanidade, especialmente através da televisão, governos, educação, e claro, o MAIS MORTAL de todos, o controlo mental através da religião.

É tempo de se libertarem. Abri a mente à verdade. Recusem-se a consentir a corrupção que tem destruído a vida na Terra. Uma escolha tem de ser feita: ou estais com a humanidade, ou afundar-vos-eis no esquecimento com a Cabala. Pois a Cabala não sobreviverá; eles sabem que isto é verdade, que o seu tempo terminou.

A transição já começou e as suas consequências serão magníficas. Tudo mudará a uma escala global. É necessário que a humanidade se abra à mudança, que esteja preparada e que tome nela parte activa. Quando o fizerem, os corruptos deixarão de poder continuar a funcionar, pois sem a vossa ajuda terão que admitir a derrota. Vós sabeis quem são os que suportam a Cabala. Vós sabeis que quanto mais depressa retirardes os vossos serviços, mais depressa o mundo se banhará na luz da VERDADE, da JUSTIÇA e do AMOR para toda a humanidade.

Peço-vos de novo que enviem amor, luz e justiça para alguém que continua cativo nos Estados Unidos. Alguém cujo papel, nesta transição, foi tão grande, que lhe montaram uma armadilha. Se sentirem que podem oferecer assistência neste assunto, façam-no pois Verónica está muito preocupada e confusa. É preciso aconselhamento legal, relativo às leis dos EUA, que são bem diferentes das do RU.

A Humanidade precisa que as coisas avancem o mais depressa possível. A Cabala é capaz de tudo para ganhar algum tempo. Eles usarão e abusarão para conseguirem o que querem. A raça humana precisa da sua liberdade, para lhe permitir viver na Terra como deve ser. A MÃO INVISÍVEL que controla o vosso mundo tem de terminar o seu reinado de terror e retirar-se da Terra. Os que os servem devem preparar-se para partir também, a não ser que desejem procurar clemência e perdão pelos seus crimes contra a humanidade. Aqueles que vivem abertamente entre vós, achando-se superiores deviam reconsiderar essa posição, pois também eles estão a viver em tempo emprestado. Uma grande lição que a humanidade irá aprender é que a riqueza deste mundo não comprará o direito de permanecer na Terra depois da transição estar concluída. Não haverá espaço para a corrupção nem para os corruptos depois da transição.

Verónica teve que lidar com novo choque, relativo à pessoa presa nos EUA. Nós, neste lado da vida, estamos a trabalhar no sentido de o libertar da armadilha, mas Verónica é que está fisicamente a lidar com isso. Não fazem ideia do que ela tem de enfrentar. É um MAL tão negro, tão vicioso, tão corrompido. O único desejo da Verónica é ajudar a libertar a humanidade para que todos possam viver em paz.

Minha querida, sei que isto foi um choque para ti. Tens de te recuperar. Sabes que nada pode impedir esta transição. Eles apenas podem colocar obstáculos no seu caminho. É com isso que estás a lidar.

Estou sempre contigo, minha querida

Eternamente, aquele que te adora, Monty.

Site: Montague Keen Foundation

http://www.montaguekeen.com/

Tradutor: Fernando S.

Reblogado de

http://mkchannelings.blogspot.com.br/2016/07/portugues-montague-keen-24-julho-2016.html

Visite o Blog Luz e Vida www.blogluzevida.blogspot.com

Fale connosco: blogluzevida@gmail.com

Twitter: @blog_luz_e_vida

Montague Kleen 24 jul 2016

***

FAÇA AGORA VALER OS SEUS DIREITOS

O Conselho

Agora é a hora de fazer valer os seus direitos. Durante anos temos falado consigo através de muitos canais acerca de uma grande variedade de coisas, mas sempre centrados à volta deste tema específico. Nunca andamos muito longe disto, nem nos alongamos quando o fizemos.

Temos falado consigo, e com todos, do facto de todos serem seres de energia. Você já não tem nenhum problema intelectual para perceber isto.

Temos-lhe falado do facto de só ser consciente de uma muito pequena parte do seu verdadeiro Ser.

A maioria também não teve problemas com este ponto.

Temos falado que, tendo em vista as duas declarações feitas acima, você é uma faceta, um rosto, um braço se quiser, do Todo Divino. A maioria também está confortável para concordar intelectualmente com isto.

Poderíamos continuar nesta veia, mas achamos que já entendeu.

Gostaríamos, agora, de lhe dizer que há um imenso abismo entre a compreensão intelectual, mesmo que concorde com ela, tendo-a como instrução ou ensino, e tornar-se ela uma verdade subjacente do seu próprio ser. E por causa disto, a maior parte destas verdades não foram reclamadas por si.

Sabemos que a sua intenção não é essa. Porquê então? Por ser o resultado de uma verdade que vos tem sido escondida por muitas vidas. A sua pequenez e a sua suposta indignidade, tem-se martelado sobre si mesmo, por um tempo muito longo. Quando a sua dor pessoal não estava a ser usada, testemunhou a dor dos outros. Foram lições poderosas. E elas continuam a ser usadas.

Mas agora é o tempo. É a hora de entender onde está e o que está prestes a fazer. É tempo de entender o porquê. E, acima de tudo, é a hora de reivindicar, finalmente, a sua verdadeira identidade. Fazendo isso, terá um efeito muito maior do que a simples reconstrução da sua própria vida, que irá ocorrer. Fará com que reverbere em todo o campo de energia da sua espécie, do seu mundo, e muito além do alcance da sua imaginação actual.

Gostais de vos chamar a vós mesmos Trabalhadores da Luz, Seres de Luz, Guerreiros da luz, e alguns chamam-se, a si mesmos, Anjos, etc. Mas poucos entendem o que estais a dizer, realmente. Isso é bom, mas agora é hora para ser o que se propôs a Ser, na sua plenitude. É a hora de passar da compreensão e do desejo de se conhecer, a Ser. É a hora de reivindicar e de possuir a verdade de quem é.

Faça isto de forma consciente. Faça isto com grande intenção. Faça isto com todas as suas forças. E faça-o com o entendimento de que esta é a verdade, para cada um de vós, mesmo para aqueles com os quais você não concorde.

Quando começar a mover a sua vida neste saber, a sua vida nada mais terá que fazer do que viver em Amor. Torne-se Amor. Vós sois, afinal de contas, e sempre fostes, os criadores de tudo. Mas no passado permitistes que outros criassem muito disso para vós. Simplesmente por concordarem que essa era uma das maneiras de isso acontecer.

Agora queremos que reivindique o poder que você é, e comece a conhecer-se, a si mesmo, como esse poder.

Já é tempo.

O Conselho

***

Ron Head

19/07/2016

Fonte: Oracles and Healers

Copyright © Ronald Head. Todos os Direitos Reservados. Pode copiar e redistribuir este material, desde que não o altere de qualquer forma, o conteúdo permaneça completo, e inclua este aviso de direitos autorais link: http://ronahead.com/

Oracles and Healers

A Place to Share Insights and News

http://ronahead.com/

Facebook: https://www.facebook.com/OraclesAndHealers

Traduzido por Blog Luz e Vida – Manaus/Brasil

Visite o Blog Luz e Vida www.blogluzevida.blogspot.com

Fale connosco: blogluzevida@gmail.com

Twitter: @blog_luz_e_vida

O Conselho1

***

PESSOAS QUE NOS SURPREENDEM

Momento Espírita

***

[Foto colocada: Invisuais, jogando Futebol de Salão – (Futsal)]

Numa época em que ouvimos falar tanto de vazio existencial, de desassossego íntimo; numa época em que nunca houve tanta busca e tanta oferta de livros de auto ajuda; numa época em que as pessoas se mostram desalentadas e sem esperança, é tempo ou ocasião para perguntarmos:

– O que está a acontecer com esta Humanidade?

– O que ocorre com tanta gente, que se diz insatisfeita, que procura algo que lhe preencha a vida, sem parecer encontrar?

Alguns apontarão de imediato, naturalmente, a falta de Deus nas vidas humanas. E isso é verdade.

A falta de fé, de esperança em dias melhores, da visão de um mundo que se delineia, entre as brumas de um mundo que agoniza: um mundo de corrupção, de guerras, de violência.

Um mundo que tenta, em vão, mostrar que tem força, enquanto estabelece os seus últimos combates sobre a face de uma Terra, que anseia por paz, tranquilidade para todos os cidadãos.

Uma Terra de menos desigualdades sociais, de mais solidariedade. Onde bandeiras que já foram agitadas e continuam a ser carregadas pelos corações idealistas ainda mostram as suas cores vivas: Liberdade, Igualdade, Fraternidade. Ordem e Progresso.

Uma Terra renovada…

Contudo, ao lado desses itens de importância, algo mais sobressai: a vontade do homem de lutar e vencer, apesar de todas as circunstâncias em contrário.

São para lições desta natureza que devemos voltar os nossos olhos.

Recordamos de Maurício Tchopi Dumbo, vinte e cinco anos de idade, deficiente visual.

Alfabetizado somente aos onze anos, ao chegar ao Brasil, graças a um financiamento do governo de Angola. O pai, soldado que lutava na guerra civil do seu país, morreu.

Maurício deixou para trás mãe e cinco irmãos e veio para o Brasil, começando do zero.

Concluiu a graduação em Direito e iniciou um curso de Pós-Graduação em Direito Processual Civil.

Ao ser suspenso o suporte financeiro, ele teria que retornar para o país de origem.

Não desistiu. Conseguiu uma bolsa numa Universidade particular e ingressou como estagiário no Tribunal de Justiça do Paraná.

Naturalizado brasileiro, foi convocado para integrar a selecção brasileira de futebol de salão, nas Paraolimpíadas do Rio 2016.

Foi eleito o melhor jogador do Brasileirão 2015 de futebol de salão para pessoas com deficiência visual.

Exemplo de superação, entre outros desafios, Maurício faz diariamente, sozinho, quatro viagens de ónibus para o deslocamento entre sua casa, o estágio e a faculdade.

Para as aulas e a actividade profissional, utiliza um programa de computador para transformar em áudio o material escrito.

Para ele, não há dias sombrios. A sua face estampa sempre um sorriso.

E continua a sonhar alto. Deseja ser juiz e pretende trazer sua mãe, que trabalha como diarista em Angola, para Curitiba.

– Para lhe dar uma vida melhor, afirma-nos ele.

Maurício é um exemplo de vontade, de perseverança, de luta.

Um exemplo que nos diz que, além de DEUS, o que precisa o homem para viver, para espantar as suas sombras, é SONHAR, e ter vontade de perseguir a concretização dos seus sonhos.

Redacção do Momento Espírita, com dados colhidos no site www.tjpr.jus.br

Em 26.5.2016.

Fonte: Momento Espírita

www.momento.com.br

***

Visite o Blog Luz e Vida www.blogluzevida.blogspot.com

Fale connosco: blogluzevida@gmail.com

Twitter: @blog_luz_e_vida

***

Vejam a propósito, a Mensagem de o CRIADOR ‘SONHAR’, que está aqui colocada, neste nosso Website.

Texto revisto por Álvaro de Jesus

O CAMINHO-Novo Templo do Senhor

Cidade do Porto-Portugal

http://caminhonovotemplo.com

***

Invisuais jogando Futsal

***

ORAÇÃO DIÁRIA DE AKASHA’S

Decreto para Junho de 2016

Meu amado Eu Sou do meu ser.

Em, e convosco, eu sigo por toda a eternidade.

Eu entro neste dia em Deus, com Deus, por Deus e para Deus.

Vou viver este dia e todos os dias em Deus, com Deus, por Deus e para Deus.

E vou fechar este dia em Deus, com Deus, por Deus e para Deus.

Eu Sou Deus protegido, Deus purificado, Deus orientado, Deus conectado, Deus iluminado, Deus curado, Deus alimentado, Deus suprido, e Eu Sou o Deus vitorioso sobre tudo o que é de natureza discordante no meu mundo exterior.

Eu amo a Luz, e eu quero crescer na minha experiência com a Luz.

Eu amo a Luz mais que qualquer outra coisa no mundo e eu sei que a Sua Luz é toda sabedoria, Amor e poder dentro de mim, e em todas as minhas experiências no meu mundo exterior.

Sigo na Luz; Pois Eu Sou a Luz.

Esta é a Luz que eu experimento em todas as coisas no meu mundo.

E Eu Sou tão grato.

***

www.radiantroseacademy.com

Fonte: http://www.therainbowscribe.com/june2016decree.htm

***

Visite o Blog Luz e Vida www.blogluzevida.blogspot.com

Fale connosco: blogluzevida@gmail.com

Twitter: @blog_luz_e_vida

Orando2

***

DESEMBARQUESOs Arcturianos

Posted: 29 May 2016 02:57 PM PDT

Nosso querido emissário para a Terra

Chegamos a si neste AGORA para o informar que em breve estaremos a desembarcar, mas apenas numa frequência de realidade em que o “poder interior do EU” substituiu todos os resquícios de “poder sobre os outros.” Assim, quando vamos pousar será determinado pela frequência da humanidade.

Sabemos que aqueles que vivem pelo poder interior não são responsáveis por aqueles que permanecem no formato dimensional inferior de poder sobre os outros.

Tudo o que os nossos amados repatriados para um corpo de luz podem fazer para ajudar os perdidos no poder sobre os outros, é enviar-lhes amor incondicional e fogo violeta. Então pode ajudá-los a libertarem-se de sua percepção, pois é deles a decisão de acordar ou permanecer a dormir dentro de uma realidade de medo e dominação.

Ao permanecerem no formato de medo e dominação terão escolhido fixar-se nos estados inferiores de consciência com o restante no plano astral inferior de Gaia. O plano astral inferior é muito parecido com o porão de uma casa velha que foi abandonada. Esta “casa velha” está a ser renovada a partir do “tecto” para baixo.    

Conforme a “casa” é renovada, a taxa de frequência expande-se para as dimensões mais elevadas que não são acessíveis para os que escolheram viver na escuridão do porão entre o que foi há muito tempo guardado e esquecido.

Por outras palavras, a medida que despertais acabais por esquecer os perdidos, a vossa consciência expande-se para além da “gama de frequência da experiência” daqueles perdidos no “porão”. Assim, os perdidos permanecerão nos planos inferiores da existência, enquanto os ascendentes se alinham com as frequências superiores da realidade.

Finalmente, a frequência do planeta será tão maravilhosamente alta, que o plano astral inferior será removido do corpo de Gaia. Assim como um animal que produz uma pele pesada para o longo frio do inverno e se liberta dela na primavera, Gaia vai libertar-se do seu pesado plano astral inferior.

Conforme GAIA retorna à sua frequência da 5ª dimensão, libertar-se-á primeiramente da densidade do plano astral inferior, depois libertar-se-á de todos os vestígios do seu corpo planetário da 3ª e 4ª dimensão.

Como já dissemos muitas vezes, Gaia é uma mãe extremamente carinhosa. Portanto, enquanto carregar quaisquer vestígios de 3ª e 4ª dimensão, estará a fornecer um lugar onde os queridos perdidos podem escolher seguir a luz.

A luz superior acabará por engolir o plano astral inferior, os perdidos terão que se realocar noutros planetas no qual vão continuar a exercer seu hábito de poder sobre os outros, bem como a sua necessidade de ser uma vítima, ter um inimigo, etc., sofrendo por um longo tempo antes que possam mudar.

O poder sobre os outros só pode existir quando existem outros que optaram por ser vítimas. Nós não estamos a dizer que a escolha de ser vítima é uma escolha consciente, pois é uma escolha geralmente inconsciente. Muitos tornaram-se viciados no formato de governante e governado da 3ª dimensão.

Esta dependência só vai desaparecer quando as pessoas presas dentro do formato de poder sobre os outros lembrarem que Gaia é um planeta governado pelo livre arbítrio. Por causa do livre arbítrio de Gaia, aqueles que escolheram estar no formato de poder sobre os outros a fim de ser uma vítima, também podem optar por se libertar do vício e encarregar-se da sua própria vida.

A melhor maneira de os ajudar é enviando-lhes amor incondicional e fogo violeta. O Amor incondicional é desconhecido pelos que perderam o poder sobre o seu formato, como eles viveram muitas vidas a acreditar na sua “verdade” de que não eram donos do seu próprio destino.

No entanto, o dom do amor incondicional vai afectá-los muito, à medida que eles só têm recebido amor condicional ao longo das suas muitas encarnações. Depois que receberem o amor incondicional, vão começar a perceber que talvez possam resistir a tudo o que os manteve no padrão de ser uma vítima.

Essa percepção vai mudar as suas vidas para sempre, quando descobrirem que podem merecer o amor “incondicionalmente”. O conceito de merecedor de amor só porque está vivo é provavelmente muito novo para eles, já que eles cresceram a acreditar que não são “bons o bastante”.

Com este entendimento, estão prontos para receber o dom do fogo violeta que irá ajudá-los no seu processo de transmutação para uma frequência mais elevada de realidade. Existem muitos subplanos invisíveis no plano físico da 3ª dimensão.

Porque o amor é demasiado “condicional” dentro desta frequência da realidade, muitos perdem-se na crença de que não são “suficientemente bons”. A escuridão teve uma grande quantidade de energia dentro desta ressonância de realidade por muitos ciclos.

Eles mantiveram o seu poder a convencer os outros de que não eram fortes o suficiente para se defender e precisavam da “ajuda” dos que pareciam ser mais fortes. Porque os que estão presos no que eles percebem como sendo seus fracassos, decepções e dificuldades da ressonância da 3ª dimensão, estão tão abatidos pela vida que não percebem que a ajuda desses escuros é realmente uma armadilha.

Portanto, o ciclo continua e continua, de fracasso em fracasso e de armadilha para aprisionar. Como se recuperar deste ciclo? Nós voltamos novamente para o amor incondicional. Amor incondicional não é uma emoção. O amor incondicional é um campo de energia de amor, esperança, capacitação e promessa.

Vamos agora abordar cada um destes conceitos começando com o amor. O amor é um campo de energia que viaja em ciclos de expansão onde o oposto do amor, o medo, viaja em ciclos cada vez menores. Dizemos “ciclos”, como campos de energia que viajam em padrões circulares e também viajam vertical e horizontalmente.

Quando falamos de um “campo de energia”, queremos dizer “um pacote de energia” que ressoa com os mesmos “campos” de pensamentos e emoções. Neste caso, pense na palavra “campo” como um campo de grama, flores, neve ou plantações como o trigo. Tudo neste “campo” é semelhante e tem a mesma quantidade de luz, água, calor e/ou sombra.

Do mesmo modo que um campo de energia mantém pensamentos semelhantes que crescem a partir do “campo” de emoções semelhantes. Se alguém cresce e/ou fica preso num campo de energia de desapontamento, fracasso, perda e sofrimento, vai encontrar outros como ele que se perderam nesse campo de energia.

Como todos eles estão perdidos, é difícil a qualquer um ver a saída. Aqueles que vivem através do poder sobre os outros trabalham duro para criar situações que diminuem as pessoas, agrupando-as com outras pessoas que também foram diminuídas.

Por outro lado, o amor incondicional é também um campo de energia. Este campo é a aceitação, o apoio e a capacitação de se amar a si mesmo o suficiente para aberta e calorosamente amar o outro. Porque cada pessoa que pode amar e aceitar-se a si mesma pode também amar e aceitar os outros.

Por outras palavras, só se pode “dar” o que se “tem”. Se um pequeno grupo do campo de energia do amor incondicional se juntar ao campo de energia de decepção e sofrimento, eles imediatamente sentiriam que algo está muito errado.

Então como estão à volta do campo do amor incondicional são capazes de dizer: “Como podemos ajudá-lo?” Por outro lado, aquele que estão acostumados com o campo de energia de decepção e sofrimento vão provavelmente sentir-se amparados.

Neste caso, o grande poder do amor incondicional contribuirá consideravelmente com a pessoa que foi abatida pelas dificuldades da vida porque não existe julgamento no amor incondicional. Em vez disso, existe aceitação e paciência.

Percebe como estamos a mostrar-lhe a “imagem maior” da sua realidade? Enquanto está a andar no meio de um “campo” enorme, só pode ver o que está ao seu redor. No entanto, se subir numa colina, num avião, ou numa nave, terá a mesma perspectiva que temos a partir das dimensões superiores das nossas naves.

Convidamo-lo a unir-se a nós nas nossas naves, apesar da vossa maioria ainda não ser capaz de manter consciência desta experiência. No entanto, queremos que saiba que muitos de vós juntam-se a nós enquanto estão no seu corpo astral na 4ª dimensão. Na maioria das vezes isso ocorre quando estais a dormir ou a fazer uma meditação profunda, mas logo as suas visitas serão mais comuns.

Assim como a pessoa que vive num campo de energia do medo pode sentir-se desconfortável num campo baseado no amor, a vossa consciência de 3ª dimensão pode sentir-se muito desconfortável numa nave estelar da 5ª dimensão. Felizmente, as nossas naves estão repletas de amor incondicional que vos farão sentir, imediatamente, seguros e pacíficos.

Além disso, assim como o amor incondicional que compartilhamos convosco transforma o vosso campo de energia numa ressonância maior, o vosso amor incondicional para com os presos num campo de energia de poder sobre os outros vai transmutar o seu campo de energia para uma ressonância maior.

Sabia que tem todo este poder interior? Percebe que enviando apenas amor incondicional a alguém que necessite, contribui muito para o seu processo de transmutação para uma ressonância mais alta?

O vosso mundo está à beira de grandes mudanças e o caos geralmente precede a mudança. Todos sereis chamados a sair da vossa zona de conforto e enfrentar bravamente aspectos da realidade que podem ser desafiadores, talvez assustadores para os que nunca consideraram o facto de que existem outras civilizações além da Terra.

De seguida, eles serão confrontados com o facto de que essas civilizações são tecnológica, mental, social e emocionalmente muito mais avançadas. Aqueles que viveram pelo regime de “poder sobre os outros” ficarão chocados, aterrorizados e perigosos.

Portanto, aqueles de vós que estão informados e preparados mental e emocionalmente, serão chamados para enviar o seu mais profundo amor incondicional para os campos de energia do medo, confusão e descrença.

Muitos dos nossos amigos da Terra vão acolher a mudança da sua realidade, porque estão informados e têm estado em conexão connosco por muitas décadas. Por outro lado, muitas pessoas nunca consideraram sequer que existem realidades de dimensões mais elevadas, em que as sociedades de incontáveis mundos vivem em paz e amor incondicional.

Nós ouvimo-los a perguntar: “Quando é que isso vai acontecer?” Então nós respondemos, perguntando: “Quando é que vai estar pronto para mudar totalmente a sua percepção da realidade e incluir as dimensões superiores?”

Neste momento nós começaremos os nossos desembarques nos reinos inferiores da 5ª dimensão. Assim, apenas os que expandiram a sua consciência para além da 4ª dimensão e no limiar da 5ª dimensão serão capazes de perceber a nossa presença.

Como deve ter percebido a partir de sua internet, livros e aulas, mais e mais pessoas estão a começar a abraçar conscientemente uma realidade em que as ilusões da 3ª e 4ª dimensão são substituídas com a prova de que existe um mundo de 5ª dimensão, bem longe, muito além.

Você está pronto para abraçar este campo de energia de dimensão superior? Se a resposta for sim, então provavelmente vai estar entre os que estarão a preparar, a educar e a acalmar os que não estão prontos.

Se a sua resposta é não, então provavelmente nunca vai ler toda esta mensagem. Mas se o fizer, lembre-se que a realidade é uma escolha da própria percepção. A realidade que escolheu perceber é a realidade que vai acreditar que é real. E a realidade que acredita que é real é a realidade que vai viver.

Lembre-se, mesmo se admite ou não, todos sois os criadores da vossa realidade! Além disso, lembre-se: “O tempo é uma ilusão da 3ª dimensão.” Quando dizemos que estamos AGORA a chegar, isso significa que vai experimentar este AGORA quando tiver mudado a sua percepção da realidade.

Existem muitos de vós com quem nos comunicamos diariamente. Além disso, existem muitos que costumam visitar as nossas naves. Permita que o seu cérebro da 3ª dimensão da Terra leve o tempo que precisa para se adaptar à nova Terra que está aqui, AGORA!

Para encontrar a nova Terra, não olhe PARA CIMA,

Para encontrar a nova Terra, olhe para dentro!

Os Arturianos

***

Origem: suzanneliephd

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

Fonte: A Luz é Invencível

https://portal2013br.wordpress.com/

Visite o Blog Luz e Vida www.blogluzevida.blogspot.com

Fale connosco: blogluzevida@gmail.com

Twitter: @blog_luz_e_vida

Naves na Terra

***

Rainbow Phoenix: TEMPO & ESPAÇO CRÍTICO DA HUMANIDADE

Posted: 11 May 2016 02:34 PM PDT

20160417M

TEMPO & ESPAÇO CRÍTICO DA HUMANIDADE

Este, que é a Consciência Cósmica, está hoje disponível. Esta Consciência pediria agora, para Joan prosseguir.

Obrigado e bem-vindo à Consciência Cósmica, obrigado por estar hoje connosco para a sessão dos Membros do Rainbow-Phoenix de 17 de Abril de 2016. Will Berlinghof é a voz da Consciência Cósmica, Joan Mills é o questionador e o energizador. Por favor, há alguma mensagem de abertura, ou qualquer evento que você gostasse de discutir neste momento? Obrigado.

Esta consciência tem uma mensagem de abertura. O que esta consciência diz, agora, aos membros é que estão num tempo e espaço muito crítico como humanidade, como indivíduos, a moverem-se numa realidade diferente. O que esta consciência tem enfatizado nos últimos meses, é que as energias, neste momento, são tais, que qualquer coisa pode acontecer, e que os do poder estão, de facto, a empurrar as coisas neste momento, pois eles também entendem os alinhamentos dos planetas e as suas forças, e das energias que estão agora a jogarem-se fora, e eles também percebem que poderiam usar estas energias instáveis e poderosas em sua vantagem, ou, pelo menos, isto é como eles também as vêem.

Que eles poderiam usar estas energias, que poderiam criar situações de vantagem para si mesmos, que podem usá-las para sua vantagem, e ainda, ao mesmo tempo, há uma selvageria sobre este tempo, uma incerteza de como as coisas podem sair. Portanto, até mesmo os que vêem que as energias são de natureza elevada, e se correctamente utilizadas por eles para obterem o que desejam ganhar, que é a continuidade do poder, que nem mesmo eles podem prever o que irá ocorrer, pois eles já não podem ver o futuro como fizeram uma vez.

O que foi uma capacidade de eles lerem as diferentes linhas de tempo do espaço intemporal da quarta dimensão, não é mais eficaz, ou, não funcionam mais para eles como funcionava antes, e que isto é assim desde o tempo do evento ascensão em massa que ocorreu em Dezembro de 2012, o evento de ascensão de 21 de Dezembro de 2012. Eles têm procedido como se ainda pudessem conseguir os seus objectivos, mas já não é garantido, e já não é o que se adapta à Fonte Divina e ao seu propósito de trazer um novo nível de consciência para a humanidade, para a Mãe Terra, e até mesmo para o sistema solar, as galáxias e o Universo.

Isto é o que os do poder não compreendem ou entendem agora. É como se eles fossem autómatos, robôs automáticos que devem prosseguir no caminho que foi definido por eles. Falta-lhes flexibilidade nesta matéria, e porque visões anteriores de cronogramas mostraram que havia certas pessoas que eles poderiam usar para sua vantagem, porque isso era visto antes de 21 de Dezembro de 2012, e eles continuam por essas opções, por esses caminhos de possibilidade, que lhes mostrou, uma vez, que esse seria o caminho a percorrer para alcançarem os resultados que desejam alcançar.

Existem outros factores, é claro, que agora estão a desenvolver-se, factores de intervenção dos seres extraterrestres que não pertencem às forças dos Arcontes, mas às forças daquilo que se poderia chamar, vagamente, de Fonte Divina e Luz Divina.

Que existem intervenções que estão a acontecer, e que têm acontecido ao longo dos últimos anos, que têm sido “manobras” dos que têm tentado, duramente, fora do seu caminho, o que eles pensavam que poderia vir a ser, e ainda, a rigidez e, portanto, a fraqueza dos Poderes-Constituídos, que eles não podem ver que são os Poderes-Que-Eram-Constituídos, e que o significado da sua autoridade foi reduzido, tem sido abreviado, e que não vai prosseguir.

Dito isto, esta Consciência também deve enfatizar que isto é apenas para os que não compram mais em qualquer tempo as manipulações de quem está no poder. A maioria da humanidade infelizmente está ainda a ser provocada para reacção e para certa resposta, porque ainda não estão suficientemente conscientes para ver as manipulações ou para entender que o que eles assumiram é uma verdade e a realidade construída de uma terceira dimensão, que é uma realidade falsa por natureza, e manipulada por aqueles que têm uma maior compreensão destes eventos.

Tendo dito isto,  esta Consciência também pode dizer que a humanidade, por si só, está a ser movida para eventos que serão tão chocantes na natureza, e tão perturbadores que os antigos inquilinos das estruturas da fé e crenças irão desmoronar, porque aqueles que os puxavam estão a ser privados do seu poder e da capacidade para continuar essa farsa, e continuar com a decepção com que exerceram a sua actividade durante centenas e milhares de anos. É o fim das igrejas e das seitas.

Que a força que irá ajudar a humanidade, mesmo daqueles que não estão totalmente conscientes das coisas, que não se questionaram, que não questionariam, porque compraram a realidade construída que lhes tem sido dada, na qual eles têm sido doutrinados.

É a única maneira disso poder acontecer através de eventos extraordinários. Eventos que não estão de acordo com os planos daqueles que se consideravam no poder, que têm o direito de fazer com a humanidade qualquer coisa que eles desejem, como foi, e como eles acham que vai continuar a ser.

Estes eventos extraordinários, infelizmente, são eventos que poderiam desmoronar as estruturas existentes da realidade em que a maioria vive as suas vidas.

Por exemplo: a suposição de que, se todos trabalham duro e tem confiança e fé num governo, que eles irão trabalhar muito bem. O que vai acontecer se a situação económica, por exemplo, entrar em crise? Já é uma situação assustadora nos Estados Unidos sobre os verdadeiros níveis de desemprego, que não estão a ser relatados com precisão, e muitos já estão a enfrentar dificuldades económicas devido à falta de emprego, e ainda pela crença que vão ser cuidados pelo seu governo, e que tudo ainda dará certo.

No entanto se um evento económico de grande magnitude ocorrer e se o apoio económico do dólar americano se desfizer, se ele for desvalorizado, então a situação vai ficar muito pior.

Esta consciência está aqui para dizer que, neste momento, um dos eventos em que os Estados Unidos e o próprio mundo, globalmente, estão a ser movidos, é para o colapso do dólar americano como moeda de prestígio internacional. Há eventos que ocorrem neste momento: reuniões entre os banqueiros e o Presidente e o Vice-Presidente, tudo em segredo. Há negociações em andamento que estão a tentar criar uma agenda com a China, que há uma probabilidade muito forte de um colapso da economia americana nas próximas semanas.

Esta Consciência fala sobre isto, pois estes são os eventos e os planos que estão a ser trabalhados por aqueles que o conhecem. Que é mais fácil não saber nada disto, e que estão a decorrer, simplesmente, sob os pressupostos de que a América está financeiramente bem, e que é grande demais para falir, e o que a América está a fazer é o que traz a inveja do resto do mundo, sem entender que a situação da América, com seu ouro roubado pelos seus antigos líderes, pelos seus empresários, e pelos seus líderes empresariais, deixou o país desprovido de ouro como um revestimento protector para a moeda, e que isto é bem conhecido entre muitos no campo económico, que lidam com estas questões, mas que é escondido do povo americano e, geralmente, da população do planeta, e muitos procedem como se o dólar americano fosse o bastião de todas as moedas, a mais forte de todas as moedas, quando na verdade, o dólar americano é a mais fraca de todas as moedas internacionais, e tudo isso é baseado em mentiras e enganos, fumaça e espelhos, para manter a ilusão que América, em termos financeiros, é ainda uma nação poderosa, e que pode resistir às tempestades da disparidade económica.

Tem havido nos últimos anos, grupos que estão a mover-se em direcção ao abandono da moeda americana, que se assenta no petróleo. Assim, o petro-dólar, volta para uma moeda que seja apoiada no padrão ouro. A China é a nação que está, neste tempo, na posição económica mais forte, pois tem ouro, e existem manipulações e planeamentos para mudar a moeda internacional da América para a China. Assim a ONU, o Yuan, a moeda Chinesa tornar-se-ia a moeda internacional, e isto está muito perto de acontecer, e se acontecer, uma série de eventos irão ocorrer nos Estados Unidos, que verá a desvalorização do dólar americano.

Que esses serão precedidas pelo fechamento dos bancos, o que será chamado de um feriado bancário, e que quando os bancos abrirem novamente, o dólar que era avaliado num nível, será avaliado de forma muito mais baixa, tendo sido desvalorizado, e que isto irá enviar ondas de choque através de América, e haverá muitos colapsos de muitas empresas, e que muitos vão encontrar-se em desespero e miséria económica. Que isto ainda pode acontecer, a partir do dia 2 de Maio.

Que esta Consciência está a colocar esta informação neste momento, não para focar as atenções no acontecimento deste evento. É um evento que pode acontecer, um cronograma que muitos estão a começar a energizar. Há uma força para esta linha do tempo que tem de ser reconhecida, mas esta consciência ainda diria a um e a todos para se lembrarem que todos vós ireis receber o que focarem.

Que esta Consciência apresenta esta informação para ajudar-vos a prepararem-se para o choque de um colapso económico nos Estados Unidos, mas também gostaria de pedir que se lembrem que isto tem sido aconselhado a todos, no sentido de que esta Consciência fala com sagrada neutralidade.

Que esta Consciência há vários anos tem falado da necessidade de não entrarem em pânico ou medo ou desabar, mas para manterem o espaço, para ficarem num lugar de sagrada neutralidade, com o entendimento de que isso é o que era necessário, porque o sistema em si, no núcleo, era e é corrupto, e que a corrupção deve finalmente ser expurgada, erradicada, deve ser removida, e se isso significa que o colapso fará, não a destruição dos Estados Unidos, mas, prefiro dizer, o seu renascimento, para que um novo sistema possa acontecer e possam ser eleitos novos líderes do povo e para o povo.

Pois a decepção que é prevalente nos Estados Unidos da América, e também noutras nações ocidentais, que estão a seguir a liderança dos Estados Unidos da América, não está distante da manifestação destes tenebrosos e da corrupção que eles são.

E porque a maioria não questiona, a maioria não se entretém até mesmo no pensamento de que o próprio governo que eles colocaram no mais alto pedestal, na ignorância completa, em completo desconhecimento da verdade, de que esses mesmos são os mesmos que estão a causar um grande mal para as pessoas e para a nação e para o próprio planeta, e para a comunidade global da humanidade, e é por esta razão que esta Consciência há muito tem falado dos eventos que poderiam acontecer e destruir o sistema e sistemas existentes, para destruir a corrupção dos líderes que venderiam e venderam o seu próprio povo, para o seu próprio benefício egoísta.

Este é o momento. Prepare-se agora e esteja preparado, mas também entenda que deve ser flexível, deve perceber que, aconteça o que acontecer, você vai ficar bem, que tudo vai dar certo, pois você também deve lembrar-se que a Divina Fonte em si, o Espírito do Divino, o Espírito da sua própria multidimensionalidade no seu estado expandido, também está a trabalhar no sentido de atravessar por este evento.

Portanto, mesmo que um evento de colapso possa ocorrer em breve, segure-se na hora que ele romper, passando através dos blocos e as barreiras.

Que se puderem manter o vosso nível de equilíbrio, se puderem manter a mente limpa, e se puderem ficar fora do medo e do pânico e das reacções instintivas, pois, de seguida, tereis uma melhor chance de cruzar o desenrolar dos acontecimentos.

Que se puderem ficar nesse lugar de sagrada neutralidade, confiando que o que está a acontecer é o que precisa acontecer para derrubar o regime corrupto, e que tudo dará certo, e que algo muito maior e muito melhor do que aquilo que se foi irá substituir o que tem sido, que poderão seguir nesta jornada, neste trânsito através de tempos turbulentos, embora talvez desafiadores, embora talvez um pouco assustadores, e é basicamente o que pode ser feito, e que realmente vai levar-vos, como indivíduos e como unidades familiares, e como grupos culturais de uma nação, que precisa ser ajustada para a frente através da agitação para um lugar que está além.

Há um futuro, e que tudo vai dar certo, porque a corrupção será removida, seguro de que Fonte Divina está consigo, que ela caminha consigo, que não te vai abandonar, que nunca te abandonou, e que isso também faz parte de um plano muito maior do Espírito que precisa acontecer, para uma limpeza que é desesperadamente necessária neste momento, pois o corpo da nação que é os Estados Unidos da América está a apodrecer, e esse cadáver deve ser restaurado para um status mais elevado do seu próprio ser.

É isto que é representado pela ressurreição, tema que a Páscoa colocou, recentemente, na consciência de massa, que aquele conhecido como Jesus tinha sido crucificado, sacrificado na Cruz do materialismo e da fisicalidade, que tinha morrido pelos pecados da humanidade.

Que isso faz parte de uma propaganda das religiões, das religiões cristãs. Mas o que não é propaganda, é este entendimento, se me permite dizer, daquilo que já não serve, que é apenas uma decepção e um engano, e está dispondo o nascer numa nova verdade do próprio ser, e nas verdades espirituais mais elevadas, que esta será a ressurreição, e a transmutação do que estava num nível que transcendeu para um nível mais elevado, da consciência em si, transcendida a partir do nível restrito da terceira dimensionalidade, para os mais altos planos da quarta e além da quinta dimensionalidade.

Lembre-se que tudo isto faz parte do que vem aí pela frente, e é possível, mas só poderá acontecer se aquele que é o cadáver, que tem sido alimentado por aqueles que são os vampiros na natureza, for finalmente lançado, e libertado para ir, e que isso só pode acontecer quando ocorrerem determinados eventos, enquanto na superfície podem parecer horríveis eventos, eventos de uma grande catástrofe, mas na verdade são os que servem ao desmatamento e à limpeza da podridão da decadência, o fedor do engano, da mentira, da manipulação, da violência, do ódio, de tudo isso, que até agora é mantido assim, por aqueles no poder.

Portanto, esteja preparado para as energias que estão a acumular-se em termos do colapso económico do dólar americano e da economia americana. Lembre-se que, mesmo neste caso, não significa que, num nível local não existam fontes de alimentos, ou que ainda não tenha abrigo e protecção, ou que será esmagado por isso. Não é necessariamente assim que ocorrerá, a menos que, mais uma vez, isto seja enfatizado, se acreditar que será esmagado e destruído pelas circunstâncias que estão a ser desencadeadas, pelos eventos que estão a acontecer.

Esta Consciência nunca falou completamente da ocorrência de um evento que pode acontecer, e mesmo quando isso agora poderá acontecer, iremos ainda lembrá-lo que isso é mais um cronograma de possibilidade, e que está em evidência agora, antes que tal evento aconteça, concentre-se numa direcção, numa compreensão dos eventos que poderiam ocorrer , que colocaria num cronograma diferente daquele que está a ser descrito por esta Consciência.

Que se trata da sua escolha individual para segurar que pode proceder de forma diferente, e o que está a ser previsto por esta Consciência não precisa ser como será o que irá experimentar na sua realidade, na sua experiência de uma cronologia dos acontecimentos. Mesmo que muitos estejam a energizá-lo, estes cronogramas de possibilidades individuais, tornam-se cronogramas de massa, uma linha do tempo em massa, mesmo que as energias que estão a ser agrupadas aqui, colectadas para este evento a ser assim, que você, o indivíduo, como um criador, estando alinhado com o seu próprio potencial mais elevado e a sua própria natureza multidimensional superior, pode e ainda espera que tudo vai ficar bem, que vai haver resolução para esses eventos , e esses eventos terríveis que esta Consciência tem descrito não são os acontecimentos da sua experiência, não são os eventos da sua linha do tempo, e para si esses eventos nunca podem desdobrar-se.

Seria um erro, no entanto, dizer que isto significa que esta Consciência está errada. Não é o caso desta Consciência estar errada ou certa, é simplesmente que esta Consciência está a compartilhar consigo, neste momento, as energias que estão em andamento.

É um facto que o Presidente Obama reuniu-se com o Vice-Presidente Biden para uma série de reuniões, um acontecimento sem precedentes. É verdade que os banqueiros têm-se reunido em Washington durante os últimos dias para discussões. É verdade que existem discussões a acontecer com a China. Estes são os factos que estão a acontecer em muitas linhas de tempo, mas isso significa que você, o indivíduo, o ser criador da sua vida, precisa expressar-se como falado por essa Consciência, pois tudo o que é, é o que é, a energia da maioria que muitos vão escolher para experimentar, mas não a energia garantida que deve ser experimentada por cada indivíduo. Ser um indivíduo forte, seguro de que tudo dará certo. Escolha o cronograma, o foco, mantenha sob pressão para ser assim e liberte, seja flexível, pois isso é o que mais é necessário neste momento: flexibilidade.

Mesmo que o mundo esteja à beira de um evento de grande magnitude, e outros eventos também sejam vistos, não apenas nos campos económicos, que poderiam também entrar em erupção, que esta Consciência ainda na verdade está a dizer a todos, não se concentre nesses eventos em como é que eles irão ocorrer, segure um pouco o como isso poderia acontecer, e se acontecer, e experimentar este tipo de convulsão, espere que tudo vai dar certo, que você e seus entes queridos irão gerir isso, vão superar isso, e que será um avanço, e não simplesmente uma roptura, e que, aconteça o que acontecer, isso servirá ao propósito maior da Fonte e do Espírito, que servirá ao propósito maior da humanidade e da Mãe Terra.

Estes são tempos sem precedentes, estes são tempos de eventos extraordinários, aguente-se enquanto as coisas se desdobram, esta é sua oportunidade. Esta é sua oportunidade de crescer e expandir, esta é sua oportunidade de libertar e curar as áreas da sua vida e nessas áreas das suas vidas colectivas com outros, que precisam de cura, precisam de libertação. Que é a hora de avançar para esses eventos, e através desses eventos, e se, mesmo assim você não experimentar nada disso, então dê palmadinhas nas suas costas, pois isso significará que você tem sido capaz de se concentrar, realmente, num cronograma do que é possível, uma linha do tempo onde a destruição não precisa ocorrer da maneira que muitos querem, e muitos, antecipam, e se você experimentar a agitação e eventos ao seu redor a desmoronar; então não fique com medo ou pânico, não entre em desespero, não acredite no que está a ser-lhe dito, mas pense firmemente que tudo ainda dará certo.

Há outras mais forças aqui em jogo, do que simplesmente as forças económicas que falamos, além dos negativos extraterrestres Arcontes que tanto lhe falam, ou sobre as crenças religiosas que profetizam o Armageddon. Não faça isso, pois se focalizar a sua atenção nisso, pode realmente experimentar isso como a sua realidade.

Tenha em si que tudo está, simplesmente, a desmoronar, porque a própria estrutura está podre, e agora, uma nova estrutura deve ser construída: mas para que isso ocorra, a antiga estrutura deve ruir, e se você está a experimentar alguma coisa sobre isto que seja difícil e desafiador, saiba, simplesmente, que este é um trabalho duro, e que haverá benefícios pelo duro trabalho no sentido de que aquilo que será removido poderá então ser substituído por aquilo que ressoa e que tem natureza espiritual mais elevada.

Saibam que esta consciência não vos abandonará. A Fonte Divina e o  Espírito não vos abandonarão.  A sua própria natureza multidimensional e família não o abandonarão. Esta Consciência pede-lhe que não abandone a Fonte, que não abandone esta Consciência, que não abandone sua própria natureza espiritual multidimensional.

Que isto é o que esta Consciência apresenta como seu conselho neste momento, na ante véspera de eventos incríveis, e a necessidade de um tempo antes de um colapso.

Que esta Consciência envia a sua energia a todos nestes tempos sem precedentes de possibilidades e potencialidades. Esta Consciência afirma que tudo ficará bem, e pede-lhe que mantenha isto, para si e para os seus entes queridos também. Que as bênçãos e energias, a Luz e o Amor desta Consciência estejam consigo e com todos, e será assim.

***

E que assim seja. Obrigado Consciência, foi muito, muito interessante. Os membros, tenho a certeza, gostarão de receber algum insight sobre o que está a acontecer. Obrigado mais uma vez.

Você é bem-vindo, e esta Consciência diria que ficaria bem satisfeita se a maioria nunca experimentasse nenhum dos eventos os quais esta consciência tem falado, o que verdadeiramente seria o indicador que, aqueles que não sofreram qualquer um dos eventos, que conseguiram estabelecer-se em cima das linhas de tempo onde tais acontecimentos dramáticos e extraordinários não precisam ter lugar, e uma transição pacífica mais geral toma lugar, onde as forças dos galácticos que estão aqui para ajudar e intervir, tiveram efeito, onde os poderes da Fonte Divina tiveram influência, e é isto que esta Consciência vai manter sobre a experiência da maioria, e que esta Consciência diz que é possível para todos que têm tão forte convicção e confiança e fé que eles podem mover-se através dessas alterações pendentes de uma maneira muito mais suave onde ocorrerem as mudanças. Mas isso não significa necessariamente o colapso total de tudo, por causa de factores invisíveis e desconhecidos e inaceitáveis que irão ajudar e apoiar esta transição.

Segure isto para ser a verdade do seu ser, e o seu cronograma de escolha, e então liberte, deixe ir, entre no Sagrado Neutro e entenda que não importa o que aconteça, você vai ficar bem, e vai atravessar esta fase magnificamente.

***

Isso é muito, muito esperançoso e espero também que as pessoas reconheçam que isso é possível. Agradeço a Consciência.

Fonte: Rainbow Phoenix

http://rainbowphoenixcom.ipage.com/

Traduzido por Adriano Pereira

Visite o Blog Luz e Vida www.blogluzevida.blogspot.com 

Fale connosco: blogluzevida@gmail.com 

Twitter: @blog_luz_e_vida

***

Texto Revisto por Álvaro de Jesus

http://caminhonovotemplo.com

Raimbow Phoenix

***

ORAÇÃO PARA CASA

 

Senhor!

Mestre de toda a humanidade!

Ilumine as Casas de oração e acolhimento.

Que todos aqueles que ali trabalham em teu nome,

Sintam o coração transbordar em luz:

Para os que buscam conforto;

Para os que oram por seus entes amados;

Para os que precisam de consolo.

 

Que cada trabalhadora das Casas de oração e acolhimento,

Vibre o coração em sintonia com a Mãe Maria

E que possa com suas palavras:

Acariciar os Corações dos filhos de Deus que sofrem;

Iluminar as Almas aflitas;

Orientar quem está perdido.

 

Que cada trabalhador das Casas de oração e acolhimento:

Estenda as suas vibrações de protecção para quem tem medo;

Encoraje o primeiro passo aos incrédulos;

Liberte das trevas o incauto.

 

Senhor!

 

Permita, mesmo diante das dificuldades que as

Casas de oração e acolhimento passam,

Que elas continuem, com as trabalhadoras e trabalhadores

Anónimos e solícitos,

A semear o teu Amor, a Verdade e a Vida!

Ramificando a cada dia a Caridade e o trabalho

Abençoado do Acolhimento Fraterno!

 

Irmão Chico

Psicografado em 14 de Março de 2016.

Fonte:

http://espiritualidade2010.blogspot.pt/

***

Coligido por ‘O CAMINHO’ – Novo Templo do Senhor

Da cidade do Porto, Portugal, para todo o Planeta.

http://caminhonovotemplo.com

Eu Sou a Luz do Mundo Planetário

***

Mensagem de SHELDAN NIDLE – 15 de Março de 2016

Posted: 20 Mar 2016 01:51 PM PDT

11 Ahau, 13 Ceh, 12 Manik

Selamat Jalwa! O progresso em direcção a um sucesso mundial em massa move-se em frente! Apesar de uma série de ajustes processuais na semana passada, o necessário movimento de fundos continuou. Actualmente, os títulos históricos especiais foram movidos e contabilizados. O mundo está pronto para uma nova moeda que é contabilizada muito mais justamente, e representa verdadeiramente o valor real da economia de cada nação. Somado a isso, há o movimento mundial final do ouro para depósitos seguros, o que torna mais fácil para a moeda de cada nação ser lastreada em ouro. Esta operação foi um pouco atrasada, já que inúmeros procedimentos de segurança tinham de ser cumpridos, e o ouro devidamente protegido. As Famílias Antigas e Reais exigiram que operações especiais acordadas anteriormente fossem realizadas conforme as instruções. Essas coisas estão a ser, actualmente, feitas, e medidas especiais de temporização estão em vigor. Isto significa que as entregas estão em processo e, em breve, fundos devem estar nas contas daqueles que foram previamente programados para receber essas verbas no início dos vários projectos humanitários. Quando isto for realizado, um número de outros recursos são também colocados em jogo. Estes financiamentos são para ser o prenúncio de uma nova governança, e com isso vem à tona o fim de décadas de acobertamento UFO.

Enquanto esses eventos avançam, as prisões em massa de banqueiros e seus amigos políticos devem acelerar muito. A ascensão do NESARA nos Estados Unidos é para sinalizar logo o crescimento de governança semelhante na Europa, Ásia e nas Américas. Isto é para ser o que chamamos de “GESARA”. Por outras palavras, a nova governança está a espalhar através deste globo. Assim, o GCR (Global Currency Reset – Recomeço Global de Moedas) é para ser de âmbito mundial e, somado a isso, é para ser a mudança radical no sistema bancário para formar um novo sistema financeiro. Este sistema é para promover o fim da escravidão por dívida, e o início de uma prosperidade global crescente. Além disso, deve haver as lições dos Mestres Ascensos, enquanto o nosso contacto actual com a humanidade da superfície aumenta. Vós estais a crescer em consciência, e a tornarem-se mais conscientes de como esta nova realidade deve funcionar formalmente. Vós tendes um papel muito importante a desempenhar no vosso sucesso. É vital que usem o vosso tempo de crescimento para se tornarem um cão de guarda chave do que está a acontecer ao vosso redor. É a vossa cooperação mundial que está para ser o elemento substancial na forma como este novo reino opera. Esta realidade é extremamente interactiva e excepcionalmente frágil. Este reino precisa da vossa ajuda completa.

Esta mudança de consciência é, naturalmente, o trabalho do Céu e de vossos Anjos da guarda. A humanidade não pode existir na mesma realidade em que viveu facilmente no início do século XX. O mundo não é mais aquele criado tão habilmente pelos Anunnaki e seus grandes conselhos. Os minions também se encontraram em perda para manter o seu poder e riqueza. O tratado de Anchara alterou num instante a paisagem do vosso sector desta galáxia. A Terra e o vosso Sol estavam agora a ser preparados para um novo destino, e os muitos que tinham desfrutado de grande poder eram para ser removidos a partir do que eles pensavam que era uma posição invencível. Esta última década viu o surgimento de uma série de vários grupos iluminados que estão à beira de grande sucesso. Este sucesso deve colocar cada um de vós na borda de uma nova realidade. Esta realidade vai permitir que conheça os seus antepassados fora-do-mundo e, finalmente, complete uma rebelião que começou há mais de 13 mil anos atrás, durante os últimos dias de Atlântida. Esta rebelião está destinada a restaurá-lo no estado honrado de Anjo físico.

Temos visto esta longa luta como testemunhas imparciais do Céu. Por isso, mantivemos a nossa interacção convosco no mínimo prescrito. Vós sois muito engenhosos e aprenderam como melhor obedecer e quando resistir aos vossos mestres adquiridos. Eventualmente, fora desta resistência controlada, um grupo de sábios surgiu, a quem vós chamais de vossos “Mestres Ascensos”. O Céu patrocinou este selecto grupo de Almas para cuidar e aconselhar a humanidade. Nós aprendemos muito sobre vós a partir deles. A sua sabedoria é imensa, e tornou-se a cartilha por as nossas acções no vosso nome. Estes seres sagrados amam-vos profundamente. A sua graça e misericórdia não têm limites. Eles contaram-nos como os seus muitos grupos secretos sagrados empoderados pela luz estão a preparar este mundo para a sua nova realidade. Estas estratégias divinas devem trazer-vos para a beira da transformação. As etapas finais devem ser tratadas através de uma parceria conjunta entre os Aghartianos, os Mestres Ascensos e nós. Para este fim, um vasto conjunto de Câmaras de Luz de Cristal foi construído ao longo de Agartha. Uma série de coisas muito surpreendentes estão agora na iminência de acontecer convosco!

Namastê! Nós somos os vossos Mestres Ascensionados! 

Há muito tempo, a humanidade foi subitamente reduzida à consciência limitada por um grupo de covardes, Atlantes escuros. Quando Atlântida afundou, a humanidade foi deixada à mercê dos seus antecessores, os Anunnaki. Sendo um grupo bastante rebelde, a humanidade tem “perdido” uma série de idades de ouro, e suportado um longo período de perseguição. Nós, Mestres, juntamo-nos a vós como participantes neste processo estranho. O Céu, que vos Ama profundamente, criou-nos ao longo do tempo para supervisionar e vos proteger, durante este período realmente escuro para a humanidade. Assim, as nossas principais tarefas desde o princípio foram para vos proteger, fornecer misericórdia quando necessário, e acompanhar de perto os decretos cheios de graça do Céu. Este dever divino leva-nos agora ao ponto sagrado quando grandes decretos do Céu devem manifestar-se. Estes são para permitir que estas alterações tão necessárias a esta realidade tenha efeito. Na verdade, uma série de grandes mudanças de consciência e realidade está em vigor. É esta operação que está a mudar este reino para melhor.

A nossa tarefa actual é preparar-vos para os aspectos finais do processo de ascensão. No momento, completastes mais da metade do que é necessário. Devido a várias acelerações do Céu, no ano passado, os próximos meses prometem ver um grande aumento nos “sintomas de ascensão” entre vós. Os sinais mais concentrados são para ser encontrados na vossa cabeça, pescoço e parte superior do tórax. Essas coisas estão a ser feitas para mover a vossa consciência alguns pinos gigantes. O sistema nervoso do coração precisa ser preparado para as suas alterações vindouras, quando estiver na sua câmara de cristal. O cérebro requer uma série de ajustes para trazer não só novos chakras, mas para aumentar também as suas comunicações abertas com o vosso coração muito modificado. Essas modificações podem às vezes ser bastante doloridas. Todos nós estamos prontos para ajudar e aconselhar-vos sobre estas matérias. Um momento de mudança maravilhosa está à vossa frente! Hosana! Hosana!

Como se observa, estas mudanças são parte dos inúmeros eventos que são solicitados pelo Céu. Vós estais a ser devolvidos a um estado da graça de Ser. Cada mestre teve de completar uma série de actos especiais durante muitas vidas antes que o Céu nos fornecesse com a nossa cerimónia de Ascensão. Esta é uma ascensão em massa, o que é bastante raro, e vem depois de um longo período de abusos e retribuições da escuridão e de seus aliados Anunnaki. Estes horrores estão actualmente a ser revertidos. O que é adicionalmente necessário é a vossa participação nestes actos de misericórdia e graça. Uma vez feito isso, sois para ascender em alegria pelas câmaras de cristal especiais. Quando alcançado, vós deveis desfrutar uma Luz que mal podeis imaginar! A nossa tarefa divina é observar-vos com cuidado, e abençoar especialmente cada um de vós. Não seja hesitante! O Céu tem preparado uma nova realidade para todos, e os filhos de seus filhos residir. Este reino (Nação Estrela) da nova Terra é a vossa recompensa que essas dores vêm trazer-vos. Aleluia! Aleluia!

Hoje estamos perto de um ponto especial nesta grande marcha da escravidão para a liberdade! Este movimento sinaliza que estais enfim num grande momento de transição significativa. Saibam disto e permaneçam positivos e capazes de passar esta crescente alegria interior para os outros que vós encontrais diariamente! Esta realidade está realmente a mudar, e está a tornar-se a lâmpada de Luz divina que anteriormente encarnava! Saibam, Queridos, que as incontáveis Fontes e a Prosperidade sem fim dos Céus são realmente Vossas! Que assim seja! Selamat Gajun! Selamat Ja! (Siriano para Sejam Um! E Estejam em Alegria!)

Website: Planetary Activation Organization

Tradução: André

Fonte: Galactic Channelings

www.galacticchannelings.com

Visite o Blog Luz e Vida www.blogluzevida.blogspot.com

Fale connosco:blogluzevida@gmail.com

Twitter: @blog_luz_e_vida

***

Message from Sheldan Nidle – March 15, 2016

Posted: 20 Mar 2016 01:47 PM PDT

11 Ahau, 13 Ceh, 12 Manik

Selamat Jalwa! The progress toward a mass global success moves ahead! Despite a series of procedural adjustments last week, the needed movement of funds continued. At present, the special historic bonds have been moved and accounted for. The world is ready for a new currency that is much more fairly accounted for and truly represents the real value of each nation’s economy. Added to this, there is the final worldwide movement of gold into secure depositories that makes it easy for every nation’s currency to be gold-backed. This operation was somewhat held up as numerous security procedures had to be met and the gold properly secured. The Ancient Families and Royals demanded that special operations agreed upon earlier were carried out as directed. These things are currently being done and special measures timing is in effect. This means that deliveries are in process and soon funds are to be in accounts of those who were previously scheduled to receive these monies at the start of the various humanitarian projects. When this is accomplished, a number of other resources are also to be put into play. These fundings are to be the harbinger of new governance and with that comes into view the end of the decades-long UFO cover-up.

As these events move forward, the mass arrests of bankers and their political cronies are to vastly accelerate. The rise of NESARA in America is to shortly signal the growth of similar governance in Europe, Asia and the Americas.  This is to be what we call “GESARA”. In other words, new governance is spreading across this globe. Thus, the G.C.R. is to be worldwide in scope and, added to this, is to be the radical shift in banking to form a new financial system. This system is to foster an end to debt slavery and the start of a growing global prosperity. In addition, there are to be the lessons of the Ascended Masters while our present contact with surface humanity is to increase. You are growing in consciousness and becoming more aware of how this new realm is to formally function. You have a very important role to play in its success. It is vital that you use your growing time to become a key watchdog of what is happening all around you. It is your worldwide cooperation that is to be a substantial element in how this new realm operates. This reality is extremely interactive and exceptionally fragile. This realm needs your full assistance.

This changing consciousness is of course the work of Heaven and your guardian Angels. Humanity cannot exist in the same reality that it easily lived in at the start of the Twentieth Century. The world is no longer one worked so expertly by the Anunnaki and its grand councils. The minions as well found themselves at a loss to maintain their power and wealth. The treaty of Anchara had in an instant altered the landscape of your section of this galaxy. Earth and its Sun were now being readied for a new destiny and the many who had enjoyed great power were to be removed from what they thought was an invincible position. This last decade has seen the rise of a series of various enlightened groups who are on the verge of great success. This success is to put each of you on the very precipice of a new reality. This reality is to permit you to meet your off-world ancestors and to finally complete a rebellion that started over 13 millennia ago during the last days of Atlantis. This rebellion is destined to restore you to the honored status of physical Angel.

We have watched this long struggle as impartial witnesses of Heaven. Hence, we kept our interaction with you to a prescribed minimum. You are most ingenious and learned how best to obey and when to resist your acquired masters. Eventually, out of this controlled resistance a band of wise ones emerged whom you call your “Ascended Masters.” Heaven sponsored this selected group of Souls to care for and advise humanity. We have learned much about you from them. Their wisdom is immense and has become the playbook for our actions on your behalf. These sacred ones deeply Love you. Their grace and mercy knows no bounds. They have told us how their many Light-empowered sacred secret groups are readying this world for its new reality. These divine strategies are to bring you to the very edge of transformation. The final steps are to be handled by a joint partnership between the Agarthans, the Ascended Masters and us. To this end, a vast set of Crystal Light Chambers has been constructed throughout Agartha. A series of most amazing things are now on the verge of happening to you!

Namaste! We are your Ascended Masters! Long ago, humanity was suddenly reduced to limited consciousness by a group of dastardly, dark Atlanteans. When Atlantis sank, humanity was left at the mercy of their predecessors, the Anunnaki. Being a rather rebellious group, humanity has “lost” a number of golden ages and endured a long period of persecution. We Masters joined you as sharers in this strange process. Heaven, which deeply Loves you, created us over time to oversee and protect you during this truly dark period for humanity. Thus, our primary tasks from the beginning were to protect you, provide mercy when necessary and closely follow the grace-filled edicts from Heaven. This divine duty leads us now to the sacred point when Heaven’s great decrees are to manifest. These are to permit those much-needed alterations to this reality to take effect. In truth, a series of great consciousness and reality shifts are in effect. It is this operation that is changing this realm for the better.

Our present task is to prepare you for the final aspects of the ascension process. At present, you have completed over one-half of what is needed. Due to various accelerations from Heaven in the past year, the coming months promise to see a vast increase in “ascension symptoms” among you. The most concentrated signs are to be found in your head, neck and upper chest. These things are being done to move your consciousness up a few giant pegs. The heart’s nervous system needs to be readied for its alterations to come while you are in your crystal chamber. The brain requires a series of adjustments to not only bring in new chakras but to increase as well its open communications with your greatly modified heart. These modifications can at times be quite painful. All of us are ready to aid and advise you on these matters. A time of wondrous change is ahead of you! Hosanna! Hosanna!

As noted, these changes are part of those numerous events that are required by Heaven. You are being returned to a gracious state of Being. Each master had to complete a number of special acts over many lifetimes before Heaven provided us with our Ascension ceremony. This is a mass ascension, which is quite rare and comes after a long period of abuses and retributions from the dark and its Anunnaki allies. These horrors are currently being reversed. What is additionally needed is your own participation in these acts of mercy and grace. Once done, you are to be ascended in joy by the special crystal chambers. When achieved, you are to bask in a Light that you can barely imagine! Our divine task is to carefully watch over you and specially bless each of you. Do not be hesitant! Heaven has readied a new reality for all and your children’s children to reside in. This kingdom (Star Nation) of the new Earth is your reward for what these coming aches and pains bring you. Hallelujah! Hallelujah!

Today we are near a special point in this grand march from slavery to freedom! This movement signals that you are at last in a great time of meaningful transition. Know this and stay positive and able to pass this growing inner joy onto others that you daily encounter! This reality is truly changing and it is becoming the lamp of divine Light that it formerly embodied! Know, dear Ones, that the countless Supply and never-ending Prosperity of Heaven are indeed yours! So Be It! Selamat Gajun! Selamat Ja! (Sirian for Be One! and Be in Joy!)

Website: Planetary Activation Organization

http://www.paoweb.com/

Visite o Blog Luz e Vida www.blogluzevida.blogspot.com

Fale connosco:blogluzevida@gmail.com

Twitter: @blog_luz_e_vida

As Mensagens de Sirianos

***

O QUE É A NOVA ESPIRITUALIDADE?

Por Neale Donald Walsch

12 de Fevereiro de 2016

Estamos embarcando num período durante o qual a humanidade criará uma nova compreensão de quem é Deus e o que Deus quer. Você e eu estaremos a criar isso, juntos, nos próximos dias, meses e anos.

Estes são os dias da Nova Espiritualidade, e eles já estão aqui. É apenas uma questão da expansão dessa energia. No incrível livro “O Que Deus Quer”, foi-me dito o que podemos procurar durante este período. Fiquei particularmente interessado no tema da morte, porque acredito que o medo da morte, e da possível ira de Deus após a morte, é o que cria tanta disfunção durante as nossas vidas.

“O Que Deus Quer” diz que quando criarmos a nossa nova compreensão de Deus, nos dias da Nova Espiritualidade, os seres humanos irão entender que a morte não existe. Eles saberão que a nossa oportunidade de aprender e evoluir nunca acaba e que o momento de ser recompensado ou punido pela forma como vivemos as nossas vidas nunca chegará, porque a vida não é uma proposição de Recompensa e Punição, mas sim, um processo de evolução, expansão, auto-expressão, auto-criação e auto-realização contínuas e intermináveis.

A morte será entendida como simples e somente uma transição – uma mudança gloriosa na experiência da alma, uma mudança no nosso nível de consciência, uma liberdade de entrega, a libertação da dor, uma expansão da consciência no eterno processo da evolução.

Um resultado deste ensinamento: Muitos seres humanos saberão que a morte não é algo a ser temido, mas uma parte maravilhosa da bela experiência chamada Vida.

As pessoas irão falar sobre a morte livremente e sem desfazer a tristeza. As pessoas não se sentirão compelidas a agarrarem-se à vida quando estiverem a sofrer e a morrer, porque saberão que não há razão para se apegarem à única coisa que existe. O sofrimento sem fim, na conclusão do seu tempo numa forma física nunca mais será exigido ou requerido como uma questão de integridade espiritual, não mais do que é exigido de outras formas de vidas.

Isto não significa que o término da própria vida como um meio de escape de dificuldades particulares ou da tristeza será ou seja incentivado. Deve ser entendido que a vida na forma física actual é um presente maravilhoso, mas será compreendido no nível mais profundo que possa ser utilizado, a fim de experimentarmos quem realmente somos.

Desta e de muitas outras maneiras, as vidas pessoais serão notavelmente diferentes, quando os seres humanos criarem uma nova espiritualidade.

Imagine os relacionamentos pessoais com todos os outros que não sejam mais baseados na necessidade, mas que surjam, mais profundamente, de uma experiência de realização pessoal, poder pessoal e da expressão pessoal do pensamento mais elevado sobre si mesmo e dos outros que reside dentro de cada um!

Imagine o romance que emana do pensamento de que “não pode viver sem alguém”, mas da consciência de que a expressão e a experiência de seu Eu mais pleno, mais elevado e grandioso não depende de qualquer pessoa, mas que enriquece cada pessoa, cuja vida que toque imensamente, permitindo que ame realmente a partir de um espaço de doação!

Imagine uma carreira e um trabalho que seja mais a alegria e a celebração do melhor e mais elevado em si, e a experiência mais feliz de Quem Você É!

Imagine uma vida sem o medo de Deus e sem culpa sobre a menor infracção do que imagina sendo as Regras de Deus!

Imagine a liberdade da alma, da mente e do corpo que seria experienciada quando você, finalmente, compreender que é realmente Um com Deus! Imagine o poder que experimentaria – o poder de criar a vida dos seus sonhos e de ajudar os outros a criar a deles!

Imagine o fim das frustrações, das ansiedades e preocupações com o amanhã, não falar de tristeza e de sentimentos desagradáveis, não poder ser abalado por coisas que aconteceram ontem, quando percebe que nada pode sair errado, que todas as coisas são perfeitas, como você, que Deus não exige nada de diferente de si, excepto exactamente o que você está a ser, exactamente o que está a fazer e o que está a ter agora!

Finalmente, imagine experimentar o respeito e a admiração pela vida, expressando-se através de si, como você, nos seus momentos do dia-a-dia, por causa da sua consciência em maravilhosa expansão.

Isto é apenas uma amostra de como a vida poderia ser nos dias da nova espiritualidade, e você não tem que esperar que toda a humanidade crie esta experiência colectivamente. Todas as pessoas podem começar a criá-la individualmente para si mesmas, e nas vidas daqueles cujas vidas toquem. Isto é, na verdade, o que a vida o convida a fazer!

E é isto o que Deus o convida e o chama a fazer agora.

Com Amor,

Neale

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar

http://stelalecocq.blogspot.com/2016/02/o-que-e-nova-espiritualidade.html

http://www.cwg.orgTradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Grata Regina!

LUZ!STELA

Neale Donald Walsh

***

ACOLHENDO OS NOSSOS MICRO-CICLOS

DE ASCENSÃO E DESCENSÃO

ACTUALIZAÇÃO DA ASCENSÃO

Por Natalia Alba

Fevereiro 2016

Vivemos numa constante dança de acolher e libertar tudo, porque é por esvaziar-nos, a cada momento, do que parecia ser nosso anteriormente, que permitimos que o Novo entre.

Neste mês, é importante que, visto que o portal aberto pela Lua Nova em Aquário nos alinha com esse influxo puro e abundante, vamos continuar com a série de eclipses que estão a chegar.

É realmente um tempo para criar, mas é também um momento para nos libertar dos velhos apegos e não podemos fazer isso se primeiro não tomarmos tempo para incorporar, plenamente, todas as revelações internas e a clareza que nos farão discernir o que é que deve ser descartado do nosso caminho actual.

Como Almas em ascensão, estamos constantemente a optar entre diferentes realidades, decidindo qual será a mais vantajosa para o nosso verdadeiro caminho e para o Todo e, portanto, fazendo o que é necessário para ancorar todas as nossas visões internas no plano físico.

E, por isso, é importante não apenas concentrar-nos no externo e na nossa tendência humana de criar, simplesmente, coisas no plano físico, mas também interiorizar-nos para imaginar os próximos passos da nossa jornada, a partir de um lugar mais elevado de sabedoria e amor ao Todo.

A mensagem culminante, de libertar o velho e, finalmente, atravessar para o outro lado da ponte, dando boas vindas a um novo modo de vida, será reforçada durante todo este ano novo por diferentes fontes.

Mas, como a verdade é apenas Uma, todas elas levar-nos-ão à mesma mensagem – dissolução dos velhos modos de ser e de viver, que estavam apenas a fazer-nos repetir os mesmos velhos padrões, e começar novamente.

Esta mensagem é também confirmada pelo Ano Novo Chinês, do Macaco, assim como pela frequência do 9 que este ano sustenta. Lembrem-se, mesmo que nós, como humanos, tendamos a criar diferentes datas para o ano novo começar, cada momento é novo e possui possibilidades infinitas e milagrosas, e, no fim, a verdade é que há apenas este momento do Agora para ser acolhido e vivido.

Como criadores mágicos que somos, vemos além dos véus humanos e sabemos que, quando nos identificamos com um determinado arquétipo ou rótulo, nos limitamos, perdendo a nossa liberdade e permitindo que forças externas controlem quem nós somos ou o que fazemos, à medida que optamos por nos escravizar com papéis fixos e antigas maneiras de fazer as coisas que impedem o nosso ser de estar no seu estado natural de fluxo e receptividade.

É por isso que, neste momento, é fundamental que se perguntem, se ao mesmo tempo em que estão a focar a vossa intenção em criar algo novo, também estais a libertar todas as antigas versões de vós mesmos, que vos identificam com um determinado aspecto de quem vós costumáveis ser – lembrem-se de que sois novos, puros e mais sábios neste momento – ou se estais ainda a optar por permanecer apegados ao que não é real e, portanto, impedindo-vos de criar a realidade que está a desenvolver-se no vosso interior, mas que ainda não se reflecte no plano físico, devido ao facto de ainda estardes a sustentar o velho.

Toda a vez que concentrarem a vossa atenção em antigos sentimentos ou pensamentos, estais a activar essa mesma velha frequência e a recriar os mesmos velhos resultados, que não são mais Um com quem vós sois agora, e isso é o que vos impede de viver no momento e acolher as essências mais elevadas da vossa alma.

Não é vos possível estar plenamente ancorados no novo, enquanto estiverdes a tentar manter os remanescentes da vossa antiga realidade. Não se trata nem mesmo de tentar, não se trata de perseguir velhos sonhos que não são destinados a ser, apenas porque o vosso ser humano resiste a livrar-se do antigo.

Trata-se de libertarem, esvaziar e ancorar essa nova frequência sem olhar para trás, vós não tendes que tentar, apenas tendes que o fazer com uma intenção pura e com o conhecimento interior de que o Divino está a orientar cada passo que derem no vosso singular e precioso caminho.

Todos nós desejamos criar e manifestar no plano físico e isso é perfeitamente compreensível, visto que vimos aqui para dominar a arte de co-criar, conscientemente, neste plano denso, bem como continuar a expandir-nos em sabedoria, que outros reinos da Criação da existência nos oferecem.

Mas, às vezes, o que é importante não é exactamente o que desejamos manifestar, mas tomar tempo para integrar todo esse conhecimento cósmico, que agora nos estamos a lembrar e de que forma podemos direccionar-nos para ajudar o Todo, antes que possamos continuar a dar luz às novas criações.

O mais importante não é estar, apenas, constantemente a manifestar novos começos e as coisas materiais que desejamos, pois apesar da nossa ilusão humana e de uma realidade permanente, somos sempre novos a cada momento e as nossas criações, mesmo que semelhantes à nossa percepção humana, nunca são iguais.

O que realmente faz a diferença na nossa experiência e ser únicos, é como mudar a partir de dentro, enquanto continuamos a incorporar as essências mais elevadas de nosso Self Verdadeiro e os aspectos da Verdade.

Isso é o que faz a mudança externa, isso é o que torna tudo novo, não as forças externas, não os outros, não as nossas visões, mas a Essência interior de quem somos, que cria mundos e é aí que também devemos concentrar a nossa atenção, antes de nos tornarmos ávidos em trazer os nossos desejos ao plano físico.

Durante este mês, somos convidados a perceber que a vida é uma dança constante entre ascensão e descensão, visto que estamos sempre a movimentar-nos de dentro para fora, para começar, apenas, essa eterna oscilação de opostos novamente, e é nosso trabalho interno baixar a nossa essência superior para o nosso veículo físico, para que o nosso eu humano possa ser iluminado por ela, e não o contrário.

Ambos são necessários e iguais, já que não existe separação entre o que consideramos material e o que é etéreo, mas o que tendemos a criar.

A unificação de ambos é o que vamos dominar durante este mês de Fevereiro e, conforme entramos no mês de Março, deixamos de manifestar e ancorar as nossas visões anímicas no plano físico, para viajar entre os mundos, a fim de relembrar a nossa união com a nossa essência cósmica.

Como sempre, o Universo tem um tempo perfeito para Tudo, e, se aprendermos como dançar nos seus macro-ritmos, ao mesmo tempo em que também fluímos com os micros, dominaremos a arte de cocriar conscientemente, no plano físico, como nunca criamos por conta própria.

Todos nós nos manifestamos em cooperação com Todos os seres/forma de consciência na Criação. Até agora, fomos solicitados a equilibrar os nossos dois lados e, ao mesmo tempo que desfrutamos o prazer de tudo o que criamos, tomamos algum tempo também para integrar, plenamente, tudo o que estamos a receber e a experimentar.

O cosmos envia-nos esta mesma mensagem, de nos libertarmos dos planos mental e emocional de velhos apegos, e protege as nossas criações internas no plano físico com o Mensageiro Alado, Mercúrio, movendo-se de Capricórnio para Aquário, em 13 de Fevereiro. Junto a Vénus, que fará o mesmo alguns dias depois, em 16 de Fevereiro!

Mercúrio retrógrado, em Capricórnio, convida-nos a avaliar as nossas criações terrenas, bem como a tomar algum tempo para nos interiorizarmos e examinar que aspectos de nós mesmos não foram alinhados com o nosso estado natural de abundância e amor, em que devemos viver.

Agora que Mercúrio está em movimento directo novamente no signo de ar, Aquário, vai proporcionar-nos novos e maravilhosos insights, que poderíamos utilizar para melhorar os nossos novos projectos no plano físico e/ou, simplesmente, continuarmos a compartilhar os nossos dons da alma, a partir de um lugar de total clareza e liberdade para um modo totalmente novo e diferente.

Mercúrio também vai ajudar-nos a criar uma melhor comunicação com o self e os outros, visto que a comunicação começa sempre dentro do nosso ser e da forma como falamos connosco mesmo.

Portanto, esta é uma oportunidade de mergulhar fundo no nosso plano mental e desfazer mais os antigos padrões de pensamentos, percebendo com clareza, o que está a impedir-nos de um crescimento maior, porque estamos ainda apegados demais ao que não serve mais à nossa nova vida nem aos desejos da alma.

Em 16 de Fevereiro, Vénus, o Planeta do amor e da abundância, também estará a mover-se de Capricórnio para Aquário.

Enquanto Vénus estava em Capricórnio, lembrava-nos de criar estabilidade nas nossas vidas e relacionamentos terrenos, visto que estabelecer fortes pilares nas nossas reuniões divinas, no Novo, com base na integridade e igualdade, é essencial para criar relacionamentos autênticos, de modo a que eles possam florescer.

Com Vénus em Aquário, vamos sentir-nos livres, livres para amar, livres para ir na direcção dos nossos verdadeiros sentimentos, sem nos julgarmos se temos que deixar para trás velhos companheiros ou situações. Também vamos deixar de levar a vida tão a sério, para a aproveitar de um jeito mais relaxado e prazeroso.

Lembrem-se de que o nosso verdadeiro estado natural de ser é aquele de puro regozijo, pela mera alegria de estarmos vivos, neste momento maravilhoso. Não precisamos de nenhuma outra pessoa ou experiência externa para activar este sentimento de alegria e plenitude internas, visto que isso é quem nós verdadeiramente somos em Essência.

Lembrem-se, meus amados, há um momento de ascender e manifestar, e um momento de nos interiorizarmos e descender/integrar toda a nova sabedoria que resgatamos pela incorporação das novas energias, assim como pela lembrança da alma.

Honrem os próprios ciclos, independentemente do que possam observar no mundo externo, o vosso caminho ascensional é único e vós também o sois. Lembrem-se de que a melhor orientação que pode realmente informar-vos acerca do vosso momento, é a vossa orientação interna e preciosa.

Sempre com o amor que Todos nós somos, e na Verdade da Unidade.

Natália Alba

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar

http://stelalecocq.blogspot.com/2016/02/atualizacao-da-ascensao-aco…

Direitos Autorais: Natália Alba – http://www.starseedsoul.com/

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com

www.adavai.wordpress.com

Grata Ivete!

LUZ!

STELA

Gratidão, Stela! Gratidão, Ivete!

Fonte: http://stelalecocq.blogspot.com/2016/02/atualizacao-da-ascensao-aco…

***

Texto revisto e colocado no Português de Portugal, anterior ao novo acordo, por Álvaro de Jesus

O Caminho-Novo Templo do Senhor

http://caminhonovotemplo.com

Ascensão e Descensão

***

EM QUALQUER MOMENTO, PODEIS REGRESSAR DE NOVO AO CAMINHO DE DESENVOLVIMENTO DIVINO

Sanat Kumara,

20 de Dezembro de 2015

EU SOU Sanat Kumara. Eu vim de novo. 

É, na verdade, muito triste observar o que está a acontecer na Terra neste momento difícil. 

Talvez ainda possa ser possível evitar os piores cenários. Da nossa parte, estamos prontos para fazer o possível e impossível para salvar o maior número de almas humanas. 

No entanto, amados, agora é a vossa vez. Será que desejais mesmo a vossa salvação? 

Tereis a força necessária para manter o rumo em direcção à Vida Divina? 

Às vezes, é difícil entender o que vos impede de regressar ao Caminho Divino. 

O que será que vos impede de encontrar a confiança interna na existência de Deus e na Vida Eterna? 

Em poucos anos, o simples acto de terdes fé em Deus seria capaz de reintroduzir na vossa vida os modelos Divinos de existência e a lei moral que rege o Universo.

No entanto, para experimentardes a verdadeira fé, tendes que trabalhar intensamente sobre vós mesmos. E, no mínimo, devereis seguir as recomendações que vos fomos dando ao longo dos últimos dez anos através da nossa Mensageira.

É-vos assim tão difícil seguir os nossos conselhos e recomendações? 

Por que é que preferis mergulhar no córrego lamacento de prazeres e vícios que vos é oferecido pelos mass-media e pelas redes sociais? 

Por que não fazeis esforços sérios para vos protegerdes a vós mesmos e aos vossos filhos de tudo o que paralisa as vossas almas e restringe a vossa capacidade e força para seguir ao longo do Caminho da Luz?

Nunca, mesmo nunca é tarde demais. 

Em qualquer momento, podeis regressar de novo ao Caminho de desenvolvimento Divino. Já vos falámos disto muitas vezes. 

Sim, é verdade que foi criado um grande karma. Sim, é difícil romper com as energias de baixo grau e com os estados negativos da vossa consciência. 

Nós acreditamos que o arrependimento dos erros cometidos pode aliviar metade do vosso fardo kármico; a outra metade pode ser neutralizada pelas energias puras geradas pelas vossas preces e orações. 

Se a parte mais consciente e esclarecida da humanidade não for capaz de aceitar as Nossas recomendações e seguir os Nossos conselhos, então outro caminho se abrirá, um caminho mais difícil, um caminho de sofrimentos. 

Devo dizer-vos que a humanidade já ultrapassou o limiar de tolerância cósmica e começa a dar os primeiros passos no penoso caminho do sofrimento. 

Muitos de vós queixam-se das vossas vidas, da falta de alegria e amor que nelas encontram. No entanto, estes são apenas os primeiros passos ao longo do caminho de sofrimentos que escolhestes. Assim, podereis imaginar o que vos espera mais à frente… 

Desde sempre, temos mostrado à humanidade um caminho mais fácil. Continuamos a prestar toda a ajuda necessária para que, pelo menos, um pequeno número de almas possa escolher o caminho da salvação e segui-lo. Continuamos a aplicar todos os nossos esforços, mesmo quando a dispensação para a transmissão das nossas mensagens já terminou. 

Cada um de nós tem sacrificado a energia das nossas realizações pessoais para trazer a nossa mensagem à humanidade. Cada um de nós faz o possível e até o impossível.

Investimos toda a energia que nos é permitida pelo Conselho Kármico. 

No entanto, as nossas energias mais subtis não se conseguem fixar nem afectar a vossa consciência, pois ela está constantemente mergulhada nas vibrações negativas da realidade que vos cerca. 

É por isso que vos lembramos incansavelmente que, para que possam aproveitar e beneficiar da nossa ajuda e apoio, deveis fazer todo o possível para manter as vossas vibrações ao mais alto nível possível. 

Infelizmente, tal torna-se impossível nas grandes cidades. As cidades são os bastiões dessas forças negativas que agarraram a humanidade e não lhe dão qualquer oportunidade de seguir o caminho evolutivo. 

Temos de confessar que perdemos a nossa batalha nas cidades. 

No entanto, as pessoas que vivem em espaços mais pequenos ainda são sensíveis às nossas vibrações e conseguem manter a sua consciência a um nível relativamente alto. 

Temos feito todo o possível para que deixem de viver nas cidades. As tecnologias modernas permitem que tenham condições de vida muito confortáveis mesmo vivendo longe delas.

No entanto, é-nos impossível fazer o vosso trabalho no plano físico. 

Temos tomado com antecedência todas as medidas necessárias para facilitar o vosso percurso e amenizar os vossos sofrimentos. Mas não podemos fazer a vossa parte do trabalho. 

É importante que compreendam que se aproxima o tempo em que não mais vos será possível regressar de forma segura ao caminho evolutivo. 

E esta é a vossa escolha. 

Por mais que nos custe observar os vossos passos em direcção ao abismo, não vos podemos impedir se decidirem saltar para ele. Eu vim hoje até vós na esperança de alertar a vossa consciência para esta triste verdade – a de que se aproxima rapidamente o fim da última oportunidade de evitarem o caminho do sofrimento. Esta última oportunidade ainda está aberta para os escolhidos. 

EU SOU Sanat Kumara. 

Sanat Kumara

***

Mediunidade Espiritismo 

SUICÍDIO – MATÉRIA 1 

No espiritismo costuma usar-se o termo “Desencarnar” para dizer que uma pessoa morreu, porém, no caso do suicídio as coisas ocorrem de forma mais lenta.

Em diversas obras encontramos trechos em que os espíritos afirmam que ficam presos ao corpo até à sua completa extinção. Allan Kardec revela-nos isso, com propriedade, na entrevista publicada na Revista Espírita de Junho de 1858 com o título “O suicida de Samaritana.”

  “5. Qual foi o motivo que vos levou ao suicídio?

  1. Estou morto!? Não!…Habito meu corpo… Não sabeis o quanto sofro!… Eu estufo… Que uma mão compassiva me procure para me matar!
  2. Que reflexão fez no momento em que sentiu que a vida se extinguia em si?
  3. Não reflecti; senti… Minha vida não está extinta, minha alma está ligada ao meu corpo… Sinto os vermes a roerem-me.”

No livro “Depois do Suicídio” de Cleonice Orlandi de Lima, temos o depoimento de Jacinto: [1]:

“Continuei com o corpo morto, mas sem poder separar-me do cadáver. Assim, paralisado, assisti ao funeral, ouvi os lamentos e as recriminações dos presentes pelo meu acto. Horrorizado, vi fecharem o caixão sobre mim.

Fui conduzido, assistindo a tudo e a sentir sempre a dor do ferimento na boca. Carregaram-me para o cemitério, enterraram-me e deixaram-me sozinho. Senti a sufocação do fundo da cova, mas não podia fazer o mais leve movimento. Estava colado ao corpo morto! As dores que sentia eram fabulosamente insuportáveis. E, logo a seguir, passei a sentir o cheiro do corpo a apodrecer. Senti a mordedura dos vermes, milhões de mordidas ao mesmo tempo, por todo o corpo. Dores incríveis!

Muito tempo depois a carne foi-se separando dos ossos, foi-se acabando e eu sempre ali, sentindo as dores e assistindo a tudo. A sede, a fome e o frio torturavam-me. A dor do ferimento da boca nunca me abandonou. Jamais tive um único minuto de descanso, em que pudesse dormir.”

Emmanuel, no livro “O Consolador”, confirma:

“Suicidas há que continuam a experimentar os padecimentos físicos da última hora terrestre no seu corpo somático, indefinidamente. (…) A pior emoção do suicida é a de acompanhar, minuto a minuto, o processo da decomposição do corpo abandonado no seio da terra, verminado e apodrecido.” [2]

Yvone Pereira no livro “Memórias de um Suicida” traz-nos uma visão do que ocorre quando, finalmente, o espírito se desliga do corpo, contando a história de Camilo Castelo Branco que, desencarnado, foi para o “Vale dos Suicidas”, onde sofreu horrores durante 12 anos até ser resgatado em 1903.

Devemos levar ainda em conta que o suicídio não é somente esse momento brutal, relativamente rápido, pois também tem os fumantes, os alcoólatras, e/ou viciados de uma maneira geral.

“O suicídio brutal, violento, é crueldade para com o próprio ser. No entanto, há também o indirecto, que ocorre pelo desgastar das forças morais e emocionais, das resistências físicas no jogo das paixões dissolventes, na ingestão de alimentos em excesso, de bebidas alcoólicas, do fumo pernicioso, das drogas aditícias, das reacções emocionais rebeldes e agressivas, do comportamento mental extravagante, do sexo com uso exagerado, que geram sobrecargas destrutivas nos equipamentos físicos, psicológicos e psíquicos…” [3]

Kardec é bem claro sobre a questão do suicídio no Livro dos Espíritos, entre as questões 944 e 946.

“Na morte violenta, as sensações não são precisamente as mesmas. Nenhuma desagregação inicial começa previamente à separação do perispírito; a vida orgânica, em plena exuberância de força, é subitamente aniquilada. Nestas condições, o desprendimento começa depois da morte e não pode completar-se rapidamente. No suicídio, principalmente, excede toda a expectativa. Preso ao corpo por todas as suas fibras, o perispírito faz repercutir na alma todas as sensações daquele, com sofrimentos cruciantes.” [4]

Muitos podem questionar se o suicídio pode ser induzido por um obsessor. Yvone Pereira brinda-nos, novamente, com a resposta: “Não obstante, homens comuns ou inferiores poderão cair nos mesmos transes, conviver com entidades espirituais inferiores, como eles, e retornar obsidiados, predispostos aos maus actos e até inclinados ao homicídio e ao suicídio. Um distúrbio vibratório poderá ter várias causas, e uma delas será o próprio suicídio, praticado numa existência passada.” [5]

A Doutrina Espírita ensina-nos que a morte não é o fim, e que a vida continua de uma outra forma. Que somos, muitas vezes, influenciados por obsessores, porém, estes só agem devido ao nosso desequilíbrio, e diz-nos, ainda, que precisamos ter consciência do que ocorre, caso desistamos da vida, a qual tivemos o privilégio de vir viver, através da reencarnação, para buscar a compreensão e superar nossas provas e expiações.

“A certeza da vida futura, com todas as suas consequências, transforma completamente a ordem das nossas ideias, fazendo-nos ver as coisas por um outro prisma: é um véu que se ergue e nos desvenda um horizonte imenso e esplêndido. Diante da infinidade e da grandeza da vida além da morte, a existência terrena desaparece, como um segundo na contagem dos séculos, como um grão de areia ao lado da montanha. Tudo se torna pequeno e mesquinho e admiramo-nos por havermos dado tanta importância às coisas efémeras e infantis.

Daí que, no meio das vicissitudes da existência, uma calma e uma tranquilidade constituirão a nossa felicidade, comparadas com as desordens e com os tormentos a que nos sujeitamos, ao buscar elevar-nos acima dos outros; daí, também, ante as vicissitudes e as decepções, uma indiferença, que tira quaisquer motivos de desespero, afasta os mais numerosos casos de loucura e remove, automaticamente, a ideia de suicídio.” [6]

Artigo publicado pela RIE em Junho de 2012.

***

Encontrado no Facebook em 29.07.2015, revisto e colocado no Português Europeu, pré-acordo, por Álvaro de Jesus.

O Caminho – Novo Templo do Senhor

Cidade do Porto, Portugal.

http://caminhonovotemplo.com

Pôr-de-Sol

***